Imprimir artigo
A Batalha dos Populares: Celeron, Pentium Dual Core e Athlon X2
04/07/2008 às 20h26min por Gabriel Torres em Testes
181.038 visualizações
Página 1 de 12

Introdução

Hoje testaremos o desempenho de três processadores na faixa de preço dos US$ 70, nos EUA: Celeron E1400 (2 GHz e dois núcleos), Pentium Dual Core E2160 (1,8 GHz), Pentium Dual Core E2180 (2 GHz) e Athlon X2 4600+ (2,4 GHz). Com esse teste tentaremos responder a uma pergunta simples: qual deles é o processador mais rápido? Nós também incluímos no teste o processador Core 2 Duo E4400 (2 GHz). Nós sabemos que este processador não está na mesma faixa de preço dos demais (e também que ele não é mais vendido nos EUA), mas estávamos curiosos para comparar um Celeron, um Pentium Dual Core e um Core 2 Duo com todos rodando a um mesmo clock (2 GHz, em nosso caso) para ver qual é a diferença de desempenho entre esses processadores da Intel. Quem é o vencedor? Confira!.

Primeiro falaremos sobre as diferenças entre os processadores testados. Para facilitar nossas explicações compilamos a tabela abaixo.

Processador

Núcleos

Clock Interno

Clock Externo

Cache L1

Cache L2

Tecnologia

TDP

Athlon X2 4600+

2

2,4 GHz

*

128 KB x2

512 KB x 2

90 nm

65 W

Celeron E1400

2

2 GHz

800 MHz

64 KB x2

512 KB x 1

65 nm

65 W

Pentium Dual Core E2160

2

1,8 GHz

800 MHz

64 KB x2

1 MB x 1

65 nm

65 W

Pentium Dual Core E2180

2

2 GHz

800 MHz

64 KB x2

1 MB x 1

65 nm

65 W

Core 2 Duo E4400

2

2 GHz

800 MHz

64 KB x2

2 MB x 1

65 nm

65 W

* Clock base de 200 MHz e link do HyperTransport de 1.000 MHz (4.000 MB/s).

Todos os processadores Intel incluídos no teste são baseados no mesmo chip, codinome Conroe. A diferença entre eles fica com conta da quantidade de cache de memória L2 que cada um tem. Em outras palavras, a diferença entre o Celeron E1000, o Pentium Dual Core e o Core 2 Duo é a quantidade de cache de memória L2. Portanto, um segundo objetivo do nosso teste é verificar o impacto no desempenho causado pelo aumento do cache de memória L2, já que os modelos testados estavam rodando com um mesmo clock (2 GHz).

É importante lembrar que Celeron é um nome que tem sido usado em processadores com várias arquiteturas diferentes. Os Celeron da série E1000 são processadores de dois núcleos baseados na mesma arquitetura do Core 2 Duo, como explicamos. Os processadores Celeron de outras séries são completamente diferentes. Por exemplo, os processadores Celeron da série 400 também são baseados na mesma arquitetura tendo, porém, apenas um núcleo de processamento em vez de dois. O Celeron D é um processador com apenas um núcleo baseado na arquitetura do Pentium 4 (“D” significa “Desktop” e não “Dual core”).

Como mencionamos, o Core 2 Duo é um processador que não compete com os outros processadores incluídos nesse teste, mas como tínhamos um modelo de 2 GHz disponível (E4400), nós estávamos curiosos para comparar três processadores com a mesma arquitetura e que rodassem com o mesmo clock, com a única diferença entre eles sendo o tamanho do cache de memória L2. O E4400 não está mais disponível comercialmente no mercado norte-americano e hoje o modelo do Core 2 Duo mais barato disponível é o E4500, que trabalha a 2,2 GHz e é vendido nos EUA por cerca de US$ 125. Lembre-se também que esses processadores Core 2 Duo com clocks menores têm um clock externo de 800 MHz, enquanto que os modelos mais caros têm clock externo de pelo menos 1.066 MHz.

Os processadores da Intel que incluímos nesse teste têm apenas um cache de memória L2, compartilhado entre os dois núcleos do processador. O Athlon X2 usa dois caches de memória L2, um para cada núcleo.

Os processadores da AMD têm o controlador de memória embutido no próprio processador. Nos processadores da Intel o controlador de memória está localizado no chipset (no chip ponte norte, para sermos mais exatos). O Athlon X2 tem um problema onde dependendo do modelo a memória não é acessada com seu clock máximo (clique aqui para uma descrição completa sobre este problema; os modelos afetados são o BE-2300, BE-2350, 3600+, 4000+, 4200+, 4400+, 4800+ com clock de 2,5 GHz, 5000+ e 6000+). Felizmente o Athlon X2 4600+ não sofre deste problema e com este processador as memórias DDR2-800 realmente trabalham a 800 MHz. Por falar nisto, durante o teste nós configuramos as nossas memórias para trabalharem o tempo todo a 800 MHz com as mesmas temporizações (5-5-5-18) independente do processador que estava sendo testado. Este é um ponto muito importante a ser verificado em um teste como este, caso contrário alguns processadores podem obter um desempenho maior do que outro só porque a memória foi configurada de maneira diferente (clock diferente ou temporizações diferentes).

TDP, Thermal Design Power, indica a potência máxima que o processador pode dissipar, isto é, o cooler usado com o processador deve ser capaz de dissipar pelo menos esta quantidade de calor.

Os processadores AMD são baseados no soquete AM2+ enquanto que os processadores Intel são baseados no soquete LGA775.

Como nota final, a AMD recentemente mudou o nome “Athlon 64 X2” para simplesmente “Athlon X2” e durante este teste usaremos o novo nome.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
454.574 usuários cadastrados
2.181 usuários on-line