Imprimir artigo
Setup
29/03/2000 às 4h57min por Gabriel Torres em Tutoriais
505.389 visualizações
Página 2 de 13

Menu Principal

Para entrar no setup você deve pressionar a tecla Del durante a contagem de memória. Em alguns micros "de marca" (como os da IBM), a tecla é outra e você deve prestar atenção às instruções que aparecem na tela do micro durante a contagem de memória para poder ter acesso ao setup.

Dentro do setup, a navegação é normalmente feita utilizando-se as setas de movimentação do teclado, a tecla Enter para selecionar um menu, Esc para retornar ao menu anterior e as teclas Page Up e Page Down para modificar uma opção existente.

É muito importante notar que as alterações feitas enquanto você está dentro do setup não são gravadas automaticamente dentro da memória de configuração (CMOS). Por isso há a necessidade de se gravar as alterações antes de sair do setup, através da opção Save and Exit.

Ao entrar no setup você verá um menu principal com opções para a entrada em outros menus de configuração. Essas opções são basicamente as seguintes (não se preocupe pois iremos estudar detalhadamente cada uma delas no futuro):

  • CPU Setup: Em micros onde a placa-mãe não tem jumpers de configuração você encontrará esse menu, que serve para você configurar o processador: multiplicação de clock, clock externo, etc.  
  • Standard CMOS Setup: Setup básico. Nesse menu configuramos opções básicas do micro, como o tipo de unidade de disquete, a data e hora e os parâmetros do disco rígido (os parâmetros do disco rígido podem ser configurados automaticamente através de uma opção chamada Hdd Auto Detection).
  • Advanced CMOS Setup (ou BIOS Features Setup): Setup avançado. Aqui você encontrará algumas opções de configuração avançada, que em sua maioria inclui opções de customização do seu micro e que podem ser alteradas de acordo com o seu gosto pessoal. Também há aqui algumas opções que podem aumentar o desempenho do micro.
  • Advanced Chipset Setup: Setup avançado do chipset. São opções para a configuração do chipset da placa-mãe. Essas opções incluem configurações que normalmente envolvem o acesso à memória RAM do micro, como wait states. Se você fizer alguma configuração errada nesse menu o micro pode travar. Por isso, não mexa nas opções desse menu a não ser que você tenha certeza do que está fazendo.
  • PCI/Plug and Play Setup: Configura os recursos alocados por dispositivos instalados no micro, tais como placas de som e fax/modems.
  • Power Management Setup: Neste menu você faz toda a configuração do gerenciamento de consumo elétrico, a fim de que o micro economize energia.
  • Peripheral Setup (ou Integrated Peripherals): Configura os dispositivos integrados à placa-mãe (on-board).
  • Auto Configuration With BIOS Defaults: Coloca os valores de fábrica em todas as opções do setup.
  • Auto Configuration With Power-on Defaults: Coloca os valores contidos na memória CMOS nas opções do setup. Em outras palavras, configura o setup da mesma maneira que estava antes de você entrar nele.
  • Change Password: Configura uma senha que será pedida quando você ligar o micro (ou tentar entrar no setup, dependendo da configuração efetuada no setup avançado).
  • Auto Detect Hard Disk (ou HDD Auto Detect ou IDE Setup): Lê os parâmetros dos discos rígidos IDE do micro e configura automaticamente o setup avançado com os valores lidos.
  • Hard Disk Utility (ou HDD Low Level Format): Formata o disco rígido em baixo nível (formatação física). Essa opção não deve nunca ser usada, sob a pena de você danificar permanentemente o seu disco rígido.
  • Write to CMOS and Exit: Salva as alterações efetuadas na memória de configuração (CMOS) e sai do setup.
  • Do Not Write to CMOS and Exit: Sai do setup sem gravar as alterações.
ARTIGOS RELACIONADOS
Backup do BIOS
19/04/2005 às 0h31min por Gabriel Torres em Placas-Mãe
ÚLTIMOS ARTIGOS
445.347 usuários cadastrados
1.752 usuários on-line