Imprimir artigo
3DMark
por em Tutoriais
Última atualização:
38.886 visualizações
Página 1 de 3

Introdução

Neste tutorial ensinaremos a você a usar o 3DMark (versão lançada em 2013; notar que esta versão é chamada apenas “3DMark” e não “3DMark13” ou “3DMark 2013”), um dos programas mais populares para teste de desempenho, sendo mais um programa indispensável para usuários entusiastas e técnicos de montagem e manutenção..

Há vários usos para o 3DMark. Por exemplo, você pode medir o desempenho do seu computador para verificar se ele está oferecendo desempenho compatível com a sua configuração; você pode medir o desempenho antes e depois de ter feito alguma modificação ou overclock do seu computador para verificar o ganho de desempenho; você pode usar este programa para testar se a máquina que você acabou de montar está funcionando de maneira estável; e muito mais.

O 3DMark está disponível em três versões, Basic (grátis), Advanced (US$ 24,95) e Professional (US$ 995). As versões pagas oferecem recursos avançados, e você pode ver quais são as diferenças entre as três versões clicando aqui. Como acreditamos que a maioria dos usuários não vai pagar para usar este programa, estaremos analisando a versão Basic, que está disponível gratuitamente aqui.

Antes de prosseguirmos, é importante que você entenda que o 3DMark é um programa do tipo “sintético”. Isto significa que o programa funciona através de simulações proprietárias e apresenta os resultados em uma unidade própria. Os resultados só podem ser comparados a outros resultados medidos usando a mesma versão do programa. A maior crítica em relação a programas de medida de desempenho “sintéticos” é que os resultados não necessariamente refletem os resultados que são obtidos com jogos “verdadeiros” e o resultado numérico sozinho não informa muita coisa, visto ser uma medida proprietária – por exemplo, em um resultado medido em quadros por segundo (FPS), ele realmente significa algo (média do número de quadros que a placa de vídeo foi capaz de renderizar e mostrar na tela em um segundo).

Portanto, apesar de o 3DMark apresentar resultados que te ajudam a verificar se o desempenho da sua máquina está dentro do esperado e você poder comparar o desempenho da sua máquina com máquinas de outros usuários, em uma análise mais aprofundada o 3DMark deve ser apenas um dos programas utilizados, e não apenas o único.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.640 usuários cadastrados
1.094 usuários on-line