Imprimir artigo
Introdução às Portas Lógicas
14/12/2005 às 11h15min por Gabriel Torres em Tutoriais
265.228 visualizações
Página 4 de 10

NAND

A letra “N” em NAND significa NOT (literalmente “não”, mas representa o circuito inversor que explicamos anteriormente) e esta porta nada mais é do que uma porta AND com um inversor acoplado. Por isso, sua saída é o oposto da AND. Seu símbolo é o mesmo do AND, mas com um “o” em sua saída, para dizer que o valor da sua saída é invertido. Você pode construir uma porta NAND conectando uma porta AND a um inversor.

Introdução às Portas Lógicas

Figura 6: Porta lógica NAND.

A

B

Y

0

0

1

0

1

1

1

0

1

1

1

0

Uma outra maneira de entender a porta lógica NAND é a seguinte: sua saída será sempre “0” quando todos os valores de entrada forem iguais a “1”. Caso contrário, o valor da sua saída será “1”.

Se você precisa de mais entradas, adicione-as ao circuito com o símbolo mostrado na Figura 6. No entanto, se você quer criar mais entradas usando portas com poucas entradas, você não pode conectá-las usando a mesma idéia mostrada na Figura 4. Você precisa usar uma porta AND para as entradas “extras” (você pode ligá-las juntas para expandir o número de entradas como mostrada na Figura 4) e uma porta NAND para a porta “final”, como você pode ver na Figura 7.

Introdução às Portas Lógicas

Figura 7: Como expandir o número de entradas de uma porta NAND.

Você pode transformar facilmente portas NAND e NOR em inversores dando um curto em suas entradas, como mostrado na Figura 8. Este é um macete muito comum. Por exemplo, você precisa de um inversor em seu circuito e tem algumas portas NAND disponíveis em um dado circuito integrado. Em vez de adicionar outro circuito integrado no seu projeto apenas para ter um inversor (o que aumentaria o tamanho final do circuito e também o seu custo), você pode querer usar uma das portas NAND disponíveis.

Introdução às Portas Lógicas

Figura 8: Transformando uma porta NAND em um inversor.

O circuito integrado com portas NAND mais famoso é o 7400, que tem sua pinagem mostrada na Figura 5. Claro que existem vários outros circuitos integrados que possuem portas NAND com mais entradas. Por exemplo, o 7411 possui três portas NAND com três entradas cada e o 7430 possui uma porta NAND de oito entradas.

Introdução às Portas Lógicas
Figura 9: Circuito integrado 7400 possui quatro portas NAND com duas entradas cada.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
440.834 usuários cadastrados
424 usuários on-line