Imprimir artigo
Placa de Vídeo ATI Radeon HD 2600 XT
13/07/2007 às 12h28min por Gabriel Torres em Testes
201.618 visualizações
Página 1 de 11

Introdução

A Radeon HD 2600 XT é a mais nova placa de vídeo intermediária da AMD/ATI com suporte à arquitetura de processamento de sombreamento unificado 4.0 (isto é, DirectX 10) e competindo diretamente com a GeForce 8600 GT da NVIDIA, ambas custando nos EUA em torno de US$ 150. Neste teste compararemos a Radeon HD 2600 XT com a GeForce 8600 GT e também com outras placas de vídeo intermediárias da ATI e da NVIDIA. Confira.

Placa de Vídeo ATI Radeon HD 2600 XT
Figura 1: Modelo de referência da AMD para a ATI Radeon HD 2600 XT.

A principal diferença entre a Radeon X1000 e a nova família Radeon HD 2000 é a adoção do DirectX 10 na família Radeon HD 2000. Isto significa que elas suportaram a próxima geração de jogos que começarão a ser lançados este ano. Isto significa também que em vez de usar unidades de sombreamento separadas para cada tipo de processamento de sombreamento (pixel, vertex, física e geometria), as placas de vídeo desta família usam uma unidade de sombreamento unificada, onde os motores de sombreamentos podem processar qualquer uma dessas tarefas. No lado da NVIDIA, esta arquitetura unificada é usada na família GeForce 8 – claro que implementada de forma diferente dentro do chip. Em nosso artigo Arquitetura da Série AMD ATI Radeon HD 2000 você encontra informações mais detalhadas sobre este assunto.

Existem dois grandes problemas com a Radeon HD 2600 XT – e conseqüentemente com os outros membros das famílias Radeon HD 2600 e HD 2400.

Primeiro, ela ainda não está disponível no mercado. Durante uma apresentação técnica da AMD para mostrar a Radeon HD 2000 para a mídia em abril, eles disseram que a Radeon HD 2600 e a Radeon HD 2400 estariam disponíveis comercialmente no final de junho. Tudo o que vimos foi um lançamento somente no papel no dia 28 de junho de 2007 anunciando as duas famílias, porém já estamos em julho e nem sinal dessas placas no mercado. Infelizmente este é um hábito antigo da ATI que a AMD ainda não conseguiu se livrar. De acordo com a AMD, a Radeon HD 2600 XT chegará ao mercado duas semanas depois do seu anúncio no dia 28 de junho. Portanto, se tudo correr bem veremos esta placa de vídeo nas lojas norte-americanas por agora.

O segundo problema é que a AMD tem duas versões básicas da Radeon HD 2600 XT, uma com memórias GDDR4 trabalhando a 2,2 GHz (1,1 GHz DDR) e outra com memórias GDDR3 trabalhando a 1,6 GHz (800 MHz DDR). Para a Radeon HD 2400 eles permitem que os fabricantes definam o clock que eles quiserem. O problema é que os modelos de referência que recebemos para teste estavam trabalhando com o clock máximo e outras placas Radeon HD 2600 e HD 2400 que você encontrará no mercado podem trabalhar com um clock inferior, e portanto, apresentar desempenho menor.

Nós achamos que isto é realmente desagradável para os usuários, já que podemos ser facilmente enganados. Alguém pode comprar uma Radeon HD 2600 XT influenciado por um teste e descobrir depois que o modelo que ele ou ela comprou tem um desempenho inferior ao modelo mostrado no teste, por exemplo.

Nós achamos que em nome da transparência a AMD deveria exigir que todos os parceiros adicionassem alguma informação extra ao nome do produto para indicar o clock e/ou a tecnologia da memória que o produto usa. Por exemplo, Radeon HD 2600 XT xxx/yyy, onde xxx é o clock do chip e yyy é o clock da memória. Ou mesmo usar um nome diferente para o produto (por exemplo, 2600 XT para o modelo com memórias GDDR3 e 2610 XT para o modelo com memórias GDDR4). Mas é claro que não vivemos em um mundo perfeito.

E uma outra coisa que está confusa é o futuro da marca ATI. Todos os funcionários da ATI são agora oficialmente funcionários da AMD; o site é da AMD; a AMD refere aos produtos da ATI como sendo produtos AMD, mas os produtos ainda são vermelhos, usando etiquetas da ATI.

Na placa de referência Radeon HD 2600 XT que recebemos para teste o chip gráfico estava trabalhando a 800 MHz e a placa tinha 256 MB de memória GDDR4 trabalhando a 2,2 GHz (1,1 GHz x 2), usando uma interface de 128 bits, o que resulta em uma taxa de transferência máxima teórica de 35,20 GB/s.

Aqui precisamos explicar que tanto a ATI quanto a NVIDIA estão agora se referindo ao clock da memória como sendo o clock correto, não o clock dobrado – DDR e tecnologias de memória similar transferem dois dados por pulso de clock e normalmente seus clock são rotulados com sendo o dobro do clock real. Para facilitar a comparação com produtos antigos, nós estamos mantendo o modo antigo de rotular os clocks das memórias.

Como mencionamos, o preço sugerido para esta placa de vídeo nos EUA é de US$ 150, a mesma faixa de preço da GeForce 8600 GT. Uma outra questão é se a Radeon HD 2600 XT chegará ao mercado custando esse valor. Com base em nossa experiência, os preços de todos os produtos aumentam quando eles são lançados, caindo após algumas semanas.

Para uma comparação completa entre a Radeon HD 2600 XT e outros chips da AMD/ATI leia nosso tutorial “Tabela comparativa dos chips ATI”, ao passo que em nosso tutorial “Tabela comparativa dos chips NVIDIA” você pode comparar esta placa de vídeo com seus concorrentes fabricados pela NVIDIA.

Nas Figuras 2 e 3 você pode ver o modelo de referência da AMD/ATI que testamos.

Placa de Vídeo ATI Radeon HD 2600 XT
Figura 2: Modelo de referência da AMD para a ATI Radeon HD 2600 XT.

ATI HD 2600 XT
Figura 3: Modelo de referência da AMD para a ATI Radeon HD 2600 XT, vista traseira.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
448.669 usuários cadastrados
1.712 usuários on-line