Imprimir artigo
Teste da Fonte de Alimentação BlueCase de 500 W
07/08/2012 às 20h03min por Gabriel Torres em Testes
67.665 visualizações
Página 10 de 10

Conclusões

Produto Bomba Clube do Hardware

A BlueCase é um excelente exemplo de como determinadas empresas enganam os consumidores brasileiros. Esta fonte é rotulada como sendo de 500 W “reais” e 520 W “de pico” e tem um preço mais elevado do que os de fontes de alimentação “genéricas” de 230 W. No entanto, esta fonte é simplesmente um modelo genérico com projeto de 12 anos atrás colocado dentro de uma carcaça mais moderninha. E, incrivelmente, há fontes genéricas de R$ 50 melhores do que este lixo tecnológico..

Nós só conseguimos puxar até cerca de 320 W dela, e a incapacidade de entregar sua potência rotulada é o menor de seus problemas. Em nosso teste de 320 W esta fonte apresentou uma eficiência de 60,5%, uma das menores eficiências que já vimos em uma fonte de alimentação para PCs.

A saída de +5 V esteve sempre com tensão acima do máximo permitido, o que sobrecarregará os componentes do seu computador, ocasionando o funcionamento errático do seu micro e, em casos extremos, até mesmo a queima de componentes. As saídas de +12 V apresentaram valores abaixo do mínimo permitido a partir de 270 W.

E para fechar o caixão, temos as seguintes pérolas publicadas no site da marca: “Energia como você nunca viu” (realmente, raramente vimos fonte de alimentação com eficiência de 60%) e “a mais alta tecnologia em watts real” (tecnologia de 12 anos atrás em uma fonte que não consegue entregar sua potência rotulada).

Infelizmente, há muitas empresas no Brasil que sobrevivem graças à desinformação do consumidor, ou seja, mentem descaradamente e fica tudo por isso mesmo. A situação do nosso mercado é realmente muito triste, mas pelo menos temos os nossos testes para desmascararmos essas propagandas enganosas.

AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor Executivo

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Mora atualmente nos Estados Unidos.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
454.840 usuários cadastrados
2.138 usuários on-line