Imprimir artigo
Análise detalhada da crise financeira da AMD
por em Artigos
Última atualização:
80.817 visualizações
Página 1 de 10

Introdução

Vimos, em nosso artigo “Análise comparativa entre AMD, Intel e NVIDIA”, que a AMD sofre de uma crise financeira que se perpetua há anos e nele deixamos em aberto quais seriam os motivos de tamanha crise. Agora, analisaremos os últimos 25 anos da AMD de forma a tentarmos descobrir as origens exatadas de sua crise financeira e o que a administração da AMD pretende fazer para sair dela..

O presente artigo é, portanto, uma continuação do nosso artigo anterior e recomendamos que você o leia antes de prosseguir, para uma melhor compreensão dos números que discutiremos.

Vamos primeiro analisar detalhamente a condição da empresa ano a ano para que tenhamos dados mais concretos para a nossa análise e para que você tenha um ponto de vista histórico da empresa.

Em tempo: a AMD foi fundada em 1969 e é uma empresa de capital aberto desde 1972.

Notas sobre nossas tabelas

Todos os dados presentes neste artigo foram retirados dos balanços oficiais da AMD, registrados na SEC (Securities Exchange Comission, órgão americano equivalente à CVM, Comissão de Valores Mobiliários).

Os valores em nossas tabelas estão em milhões de dólares norte-americanos. Portanto, um valor como US$ 69 indica US$ 69 milhões e um valor como US$ 2.135 indica US$ 2,135 bilhões.

“Faturamento” é o total de dinheiro que entrou na empresa naquele ano.

“Lucro/Prejuízo” é o faturamento menos o total de gastos da empresa. Se o valor for positivo temos lucro, e se for negativo (expresso entre parênteses) temos um prejuízo.

“Dívidas”, como o nome sugere, indica o quanto a empresa está devendo, normalmente a bancos.

“Valor de mercado” (também chamado “capitalização de mercado”) é o quanto a empresa vale, de acordo com o mercado de ações: pega-se a cotação da ação em um determinado momento e multiplica-se pelo número de ações existentes. Em nosso caso, utilizamos o preço de fechamento do último dia útil do ano em questão.

“Empregados” é o número de funcionários da empresa no final do ano em questão.

“Presidente” é, obviamente, o nome do presidente da empresa no ano sendo analisado.

“ND” significa “não disponível”.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
517.821 usuários cadastrados
1.012 usuários on-line