Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do headset Blast Ocelote World da Ozone

       
 17.210 Visualizações    Testes  
 2 comentários

Periférico assinado pelo jogador de League of Legends, Ocelote, tem drivers de 44 mm, som surround 7.1 e alto-falantes dobráveis. Leia o teste.

Teste do headset Blast Ocelote World da Ozone

Introdução

Quando testamos o headset Rage 7HX da Ozone, lamentamos o fato de o modelo não ser portátil. Pois agora, com o auxílio de Carlos “Ocelote” Santiago-Ramirez, famoso campeão de torneios de League of Legends, a empresa projetou um headset 7.1 que, mesmo grande, ao menos tem alto-falantes dobráveis para facilitar o transporte. Essa é apenas uma das características do Blast Ocelote World, produto que descreveremos agora para depois analisarmos o desempenho.

Blast Ocelote
Figura 1: Blast Ocelote World

Com design muito estiloso, o Blast Ocelote World é um headset grande, com alto-falantes de 44 mm (alguns concorrentes do mesmo tamanho contam com alto-falantes de 50 mm). As conchas acolchoadas são de courino e encobrem toda a orelha; elas ficam em bases móveis na cor laranja para melhor ajuste na cabeça e e maior conforto.

Blast Ocelote
Figura 2: Auriculares e alto-falantes

O corpo do headset é coberto por borracha negra fosca, com detalhes metálicos na junção da haste com os alto-falantes. A haste é de metal e acolchoada no interior com revestimento laranja.

Blast Ocelote
Figura 3: Haste

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários




Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×