Imprimir artigo
Como Otimizar um Servidor MySQL
por em Tutoriais
Última atualização:
64.297 visualizações
Página 1 de 7

Introdução

Se você tem um servidor MySQL, há uma grande probabilidade de ele não estar apresentando o desempenho máximo que ele é capaz de oferecer. Neste tutorial, nós ensinaremos como otimizar um servidor MySQL, de modo que você possa tornar o seu site o mais rápido possível..

Antes de falarmos especificamente sobre o servidor MySQL, nós precisaremos discutir três tópicos normalmente esquecidos ao configurar um servidor MySQL: a configuração de hardware do servidor, a configuração de rede do servidor e a otimização do código fonte do aplicativo que acessará o servidor MySQL.

Em nossas explicações, nós vamos assumir que você tem um servidor MySQL dedicado.

Ao selecionar a configuração de hardware do servidor MySQL, você deverá focar na memória (RAM). Quanto mais memória, melhor, já que o MySQl pode usar a memória para armazenar dados acessados frequentemente (ou seja, cache), o que melhora o desempenho. É claro que você deverá habilitar e ajustar corretamente o mecanismo de cache do servidor MySQL, o que é um dos objetivos deste tutorial.

Normalmente, servidores MySQL não requerem muito poder de processamento, o que significa que a carga do processador ficará bem baixa, geralmente próximo a zero (com exceção de quando você estiver rodando tabelas InnoDB; mais sobre esse assunto a seguir).

Quando a carga do processador for acima de “1” (o que significa que o servidor está colocando trabalhos de processamento em fila), isto pode significar que o servidor MySQL está usando tabelas InnoDB ou que o servidor acabou com a memória RAM disponível e está usando memória virtual, ou seja, usando um arquivo de troca no disco rígido para simular mais memória (RAM).

Se você já tem um servidor MySQL em funcionamento, nós recomendamos que você rode o utilitário top para verificar a carga do servidor, a quantidade de memória RAM disponível e se o servidor está usando o arquivo de troca.

O utilitário top
Figura 1: O utilitário top

Na Figura 1, que mostra o servidor MySQL do nosso fórum, que é bastante movimentado, você pode ver que a carga do servidor é bem baixa. Nós temos 16 GiB de memória RAM instalada e o arquivo de troca  não está sendo utilizado. Isto significa que a quantidade de memória RAM deste servidor parece ser “perfeita”. No entanto, ao habilitar e ajustar os parâmetros do MySQL, você poderá precisar de mais memória RAM, mesmo que o arquivo de troca não esteja sendo utilizado no momento. Nós falaremos mais sobre isto mais adiante.

Se você notar que o servidor está usando o arquivo de troca, isto significa que você deverá adicionar mais memória (RAM) no servidor – urgentemente. Neste caso, se a carga do servidor estiver acima de “1”, ela cairá abaixo de “1” assim que você adicionar mais memória.

Se a carga do processador estiver acima de “1” e o servidor não estiver usando o arquivo de troca, isto provavelmente significa que você está usando tabelas InnoDB, que requerem mais poder de processamento. Neste caso, você tem duas opções: configurar as tabelas de dados para usar o mecanismo MyISAM ou substituir o servidor por um com maior poder de processamento. Nós daremos explicações mais aprofundadas sobre esta questão na página MyISAM vs. InnoDB.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.556 usuários cadastrados
1.212 usuários on-line