Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Fonte de Alimentação Cooler Master iGreen Power 430 W (RS-430-ASAA)

       
 75.470 Visualizações    Primeiras Impressões  
 3 comentários

Demos uma olhada na iGreen Power 430 W, a fonte de alimentação mais simples dentro da nova série iGreen da Cooler Master.

Fonte de Alimentação Cooler Master iGreen Power 430 W (RS-430-ASAA)
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Cooler Master lançou recentemente uma nova série de fontes de alimentação chamada iGreen, que atualmente está disponível em três versões: 430 W, 500 W e 600 W. Demos uma olhada no modelo mais simples desta série, a de 430 W.


Figura 1: Cooler Master iGreen Power 430 W.

As fontes de alimentação da série iGreen têm PFC ativo e estão de acordo com o RoHS, e por esse motivo que a série é chamada “iGreen”, já que ambas características, em teoria, ajudam a preservar o meio ambiente. Enquanto o PFC ativo (Fator de Correção de Potência) oferece uma melhor utilização da rede elétrica, ser de “acordo com o RoHS” significa que esta fonte de alimentação não utiliza qualquer substância listada na lei ambiental européia. Para sermos honestos, isto é mais um apelo de marketing por parte da Cooler Master para poder vender esta série de fontes de alimentação na Europa do que para proteger o meio ambiente. Você pode ler mais sobre PFC em nosso tutorial Fontes de Alimentação e mais sobre o RoHS em nosso tutorial sobre este assunto.

Esta fonte de alimentação utiliza uma excelente solução de refrigeração. Em vez de ter uma ventoinha na sua parte traseira, sua ventoinha está localizada na parte de baixo da fonte, como você pode ver na Figura 1 (a fonte de alimentação está de cabeça para baixo). Uma grade foi colocada no lugar da ventoinha traseira, como você pode ver. Como a ventoinha usada é maior do que as ventoinhas normalmente usadas nas fontes de alimentação (120 mm), esta fonte não é apenas mais silenciosa do que as fontes tradicionais, mas também oferece um melhor fluxo de ar.

Na Figura 1 você pode ver ainda que esta fonte de alimentação não tem uma chave 110V/220V, característica esta presente em fontes de alimentação com PFC ativo. Na verdade, um truque para verificar se uma fonte de alimentação tem ou não PFC ativo é verificar a existência ou não desta chave.

Esta fonte de alimentação tem um conector principal de 20/24 pinos, um conector ATX12V, um conector de alimentação auxiliar PCI Express, um conector de alimentação para a unidade de disquete, quatro conectores de alimentação para periféricos e quatro conectores de alimentação Serial ATA, como você pode ver na Figura 2.


Figura 2: Conectores usados por esta fonte de alimentação.

Como você pode ver na Figura 2, os fios estão agrupados e protegidos por um acabamento plástico que ajuda a organizar os cabos no interior do micro, prevenindo o superaquecimento. Os conectores para periféricos utilizam um novo mecanismo que está sendo adotado por várias fontes de alimentação topo de linha, conhecido como "conectores de desconexão rápida”. Este tipo de conector tem duas presilhas que quando pressionadas desconectam o plugue do dispositivo com facilidade.

Esta fonte de alimentação utiliza um mecanismo muito simples para converter seu conector principal de 24 pinos em 20 pinos, como você pode ver na Figura 3.


Figura 3: Seu conector de alimentação de 24 pinos pode ser facilmente transformado em um de 20 pinos.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Siceramente, pra uma fonte ser ATX12V 2.x ela obrigatoriamente tem de ter duas saidas de 12volts separadas, comprei hoja uma Seventeam 420BKV que nem tem PFC ativo mas está escrito ATX 2.0 / 2 x 12V e ainda tem um selo do INMETRO, na boa vou abrir minha fonte (perder a garantia) e ver se é verdade pois se não for, vou ligar lá no INMETRO pra denunciar, é um padrão internacional, mas deve ser respeitado...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que a galera toda gostaria de testes de fontes mais do nosso mercado.

Porque vocês não testam a de 420 seventeam X dr hank de 400 watts reais X vcom de 450watts reais.

Obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Desculpa reviver o topico.

Atualmente temos disponiveis aqui no Brasil modelos de fontes da Cooler Master de 600W e 650W.

So que o nome nao é mais iGreen; chamam-se Cooler Master Extreme Power 600w ou 650W.

Sera que a qualidade delas é igual a da iGreen testada por vocês?

O preco de R$290,00 é bem mais interessante do que concorrentes de marcas "famosas" $$$$

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×