Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação AcBel Polytech iPower 660

       
 41.347 Visualizações    Testes  
 0 comentários

A AcBel Polytech, um tradicional fabricante OEM, está tentando entrar no mercado de varejo. Nós fizemos um teste detalhado no modelo iPower 660 deste fabricante. Será que ele é um bom produto? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação AcBel Polytech iPower 660
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A AcBel Polytech é um conhecido fabricante OEM que fabrica fontes de alimentação para marcas famosas como a Cooler Master. Agora parece que eles estão interessados no mercado de varejo e hoje dissecaremos completamente o modelo iPower 660 deste fabricante (também conhecido como PS2/660 ou PC7016), que deverá chegar ao mercado norte-americano em breve, para ver se ele pode realmente fornecer sua potência rotulada e como é o seu projeto interno.

A primeira coisa que notamos nesta fonte é que ela não é um modelo de 660 W como poderíamos imaginar. Observe que a AcBel usou o nome “iPower 660” sem a letra “W” no final para indicar “watts”. De acordo com a etiqueta da fonte e com o site da AcBel, a iPower 660 é uma fonte de alimentação de 610 W com potência de pico de 660 W. Mas porque não rotular a fonte como “iPower 610 W”? Nós repudiamos esse tipo de atitude por parte dos fabricantes que usam nomenclaturas falsas ou que levam a uma interpretação equivocada e sinceramente achamos que esses fabricantes deveriam ser processados. Por conta disso faremos nossos testes assumindo que esta é uma fonte de 610 W, mas também verificaremos se ela pode fornecer 660 W. Se esta fonte não conseguir fornecer 660 W nós esperamos que o distribuidor mude o nome desta fonte para indicar a sua real capacidade de potência. Nós falaremos mais sobre isso depois, após termos concluído os testes.

AcBel Polytech iPower 660
Figura 1: Fonte de alimentação AcBel Polytech iPower 660.

AcBel Polytech iPower 660
Figura 2: Fonte de alimentação AcBel Polytech iPower 660.

Esta fonte de alimentação usa uma grande ventoinha de 120 mm em sua parte inferior (a fonte de alimentação está de cabeça para baixo nas Figuras 1 e 2) e uma grande grade na parte traseira onde tradicionalmente temos uma ventoinha de 80 mm. Nós gostamos desta abordagem já que ela oferece não apenas um melhor fluxo de ar, mas a fonte de alimentação também produz menos ruído, já que a ventoinha pode girar a uma velocidade menor de modo a produzir o mesmo fluxo de ar de uma ventoinha de 80 mm.

Esta fonte de alimentação tem PFC ativo, que oferece uma melhor utilização da rede elétrica e permite que a Acbel Polytech venda este produto na Europa (leia nosso tutorial sobre o PFC em nosso tutorial Fontes de Alimentação). No que diz respeito a eficiência, a Acbel Polytech diz que este produto tem uma eficiência de pelo menos 80%. Claro que mediremos isto para ver se o que o fabricante afirma é verdade. Lembre-se que fontes de alimentação mais caras têm uma eficiência de pelo menos 80%. Quanto maior a eficiência melhor – uma eficiência de 80% significa que 80% da potência extraída da rede elétrica é convertida em potência nas saídas da fonte de alimentação e apenas 20% é desperdiçada, o que significa uma conta de luz mais baixa – só para você ter uma ideia, fontes de alimentação convencionais possuem uma eficiência inferior a 70%.

O cabo de alimentação principal da placa-mãe usa um conector de 20/24 pinos e esta fonte tem dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.

Esta fonte vem com cinco cabos de alimentação para periféricos: dois cabos de alimentação auxiliar de 6 pinos para as placas de vídeo, dois cabos contendo dois conectores de alimentação padrão para periféricos e dois conectores de alimentação SATA e um cabo com três conectores de alimentação padrão e um conector de alimentação para a unidade de disquete.

A quantidade de conectores oferecidos por esta fonte é adequada para um usuário comum, mas usuários entusiastas precisarão de mais conectores, especialmente mais plugues de alimentação SATA.

Nesta fonte todos os fios são 20 AWG, exceto os fios usados nos conectores ATX12V, que são 18 AWG. Isto é ridículo para uma fonte com esta faixa de potência; todos os fios deveriam ser 18 AWG, especialmente aqueles usados nos cabos de alimentação auxiliar para placas de vídeo. Por outro lado cada plugue de alimentação de 6 pinos para a placa de vídeo está ligado em um cabo individual, enquanto que em várias fontes de alimentação simples esses conectores compartilham o mesmo cabo.

No que diz respeito à estética, a AcBel Polytech usou acabamento de nylon em todos os cabos mas este acabamento não parte de dentro da fonte.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×