Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Teste da Fonte de Alimentação Andyson Nuclear 850

       
 29.114 Visualizações    Testes  
 11 comentários

A Andyson Nuclear 850 (AD-E750AE-A5) é oficialmente uma fonte de alimentação de 750 W com projeto síncrono, conversão DC-DC e sistema de cabeamento modular. Vamos analisar o seu desempenho.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Andyson é outro fabricante OEM que está tentando entrar no mercado de varejo usando a própria marca. Vamos dar uma olhada na fonte de alimentação Nuclear 850 desta marca.

A série Nuclear da Andyson tem dois problemas. Primeiro, todos os modelos são identificados como tendo 100 W a mais do que a sua potência rotulada. A Nuclear 850 é oficialmente uma fonte de 750 W, e o mesmo é válido para os outros membros desta série: a Nuclear 950 é uma fonte de 850 W, a Nuclear 1150 é uma fonte de 1.050 W, e a Nuclear 1300 é uma fonte de 1.200 W. Isto já é motivo para desacreditarmos da Andyson como sendo uma empresa séria. Mas o que é realmente estranho é que a Nuclear 850 pode fornecer 850 W, como veremos em nossos testes. A atitude correta do fabricante seria rotular esta fonte como sendo de 850 W ou chamá-la de Nuclear 750.

O segundo problema com esta fonte é que ela tem certificação 80 Plus Bronze ilegal: embora ela ofereça alta eficiência, ela não foi certificada pela Ecos Consulting e, portanto, não deveria usar a logomarca 80 Plus. Infelizmente algumas empresas adotam a prática do “se colar, colou”, especialmente se elas não têm penetração no mercado norte-americano. Nós denunciamos a Andyson à Ecos Consulting, que já notificou a Andyson, e esperamos que eles recebam a certificação 80 Plus Bronze oficial em breve.

Normalmente nós vemos esses problemas em fontes de alimentação simples com potência falsificada e péssimo desempenho, o que não é o caso desta fonte. Realmente não dá para entender porque um fabricante comprometeria a sua imagem quando a situação poderia ser evitada. Isto só reforça nossa tese de que a maioria dos fabricantes OEM quando entra no mercado de varejo não tem ideia do significado da palavra “marketing”.

A Nuclear 850 e a Ultra LSX 750 utilizam a mesma plataforma. A única diferença interna entre elas é a configuração dos transistores de +12 V. Externamente, no entanto, elas são diferentes, já que ao contrário da Nuclear 850, a LSX não tem sistema de cabeamento modular.

Andyson Nuclear 850
Figura 1: Fonte de alimentação Andyson Nuclear 850

Andyson Nuclear 850
Figura 2: Fonte de alimentação Andyson Nuclear 850

A Andyson Nuclear 850 mede 16,5 cm de profundidade e vem com uma ventoinha de 135 mm com rolamento de mancal (modelo Young Lin Tech DFB132512H, 1.700 rpm, 91,16 cfm, 36,28 dBA) em sua parte inferior.

Esta fonte tem sistema de cabeamento modular com seis conectores, e três cabos estão permanentemente instalados na fonte. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 56 cm de comprimento, permanentemente instalado na fonte de alimentação
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V, 64 cm de comprimento, permanentemente instalado na fonte de alimentação
  • Um cabo com um conector EPS12V, 64 cm de comprimento, permanentemente instalado na fonte de alimentação
  • Dois cabos com dois conectores de alimentação de seis/oito pinos para placas de vídeo cada, 50 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular
  • Dois cabos com quatro conectores de alimentação SATA, 50 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular
  • Dois cabos com quatro conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete, 50 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores

Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada.

A configuração de cabos é perfeita para um produto de 750 W, mas se ela fosse rotulada como sendo de 850 W nós gostaríamos de ver dois conectores de alimentação para periféricos adicionais para permitir a instalação de três placas de vídeo topo de linha sem a necessidade de adaptadores.

Andyson Nuclear 850
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


A fonte é bem interessante mesmo.

Uma pena o fabricante se "achar" esperto (ou ser um completo *****) com relação a certificação, uma pena.

Dei uma pesquisada, e pelo que parece, a Andyson é representada pela Handa Solution (http://www.handasolution.com.br/empresa.php) aqui no Brasil.

Pelo que está no site ela é ou vai ser distribuída no sul sudeste.

Infelizmente só achei uma loja com o produto disponível (http://www.sysconn.com.br/home/produto/codigo:1045/fonte-de-alimentacao-andyson-nuclear-850) e não a conheço.

Mas fica ai a dica, pois está com um preço de verás interessante.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A fonte é bem interessante mesmo.

Uma pena o fabricante se "achar" esperto (ou ser um completo *****) com relação a certificação, uma pena.

Dei uma pesquisada, e pelo que parece, a Andyson é representada pela Handa Solution (http://www.handasolution.com.br/empresa.php) aqui no Brasil.

Pelo que está no site ela é ou vai ser distribuída no sul sudeste.

Infelizmente só achei uma loja com o produto disponível (http://www.sysconn.com.br/home/produto/codigo:1045/fonte-de-alimentacao-andyson-nuclear-850) e não a conheço.

Mas fica ai a dica, pois está com um preço de verás interessante.

Boa tarde. Fomos informados pelo importador Handa Solution de que a Andyson está em contato com a Ecos Plug e que a situação do uso do selo 80 Plus será resolvida o quanto antes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom, primeiramente gostaria de parabenizar pelo teste e pela grande qualidade do produto testado.

Para a empresa representante do produto, boas vindas no Fórum e gostaríamos de ver outras empresas cadastradas por aqui, fornecendo todo o respaldo em seus produtos, aproveito a oportunidade de pedir os modelos mais potentes, acho que não tem no site, gostei muito do preço e precisaria adquirir uma unidade de ~1000W.

Quanto ao selo do 80plus, acredito ser uma questão apenas de papelada e dinheiro, com o tempo se resolve fácil, o mais importante pra gente é que o produto foi aprovado com louvor e pode ser renomeado tranquilamente, abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Taí, com o teste da fonte Andyson Nuclear 850W o CdH acabou por prestar um grande serviço à Andyson. Apontou as falhas de um comportamento que deve ser corrigido e que já começou a dar resultados.

Parabéns pelo ótimo teste. Como sempre!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Bom, primeiramente gostaria de parabenizar pelo teste e pela grande qualidade do produto testado.

Para a empresa representante do produto, boas vindas no Fórum e gostaríamos de ver outras empresas cadastradas por aqui, fornecendo todo o respaldo em seus produtos, aproveito a oportunidade de pedir os modelos mais potentes, acho que não tem no site, gostei muito do preço e precisaria adquirir uma unidade de ~1000W.

Quanto ao selo do 80plus, acredito ser uma questão apenas de papelada e dinheiro, com o tempo se resolve fácil, o mais importante pra gente é que o produto foi aprovado com louvor e pode ser renomeado tranquilamente, abraço.

Boa noite caro Sambaquy. Por motivos de logística ainda não nos foi possível colocar online o modelo Nuclear 1150 de 1050Watts, mas acredito que amanhã 07/04 estará no ar. Esse modelo possui tudo corretamente no Ecos Plug, e tal como você tenho bastante interesse em ver o desempenho dos modelos mais parrudos. A Handa Solution me garantiu que o modelo mais forte, que seria a Nuclear 1300 de 1200Watts estará chegando ao mercado brasileiro em breve. Aguardaremos então.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sem lógica a parada.

Se Eu produzo uma fonte e ruim e coloco informações que ela é boa até faz sentido.

Mas a fonte é boa e coloca informações mentirosas para dizer que ela é melhor não faz sentido nenhum pra mim.

Sei não, será que essa fonte não tem os mesmos problemas da Iceage que é boa nos testes nas a estrutura depois de um tempo abre o bico?

Falou ae.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O modelo de uma fonte nem sempre é indicativo de sua potência:

Andyson Nuclear 850 (e não 850W) = 750W

ATNG APED-950FC(M) = 800W

ASVOTEK AV-800 = 600W

Huntkey Balance King 5000 (não, não é 5000W) = 500W

É ruim, é desnecessário, induz o consumidor distraído a erro. Porém as respectivas fontes não estão mentindo na potência. Em todas elas consta corretamente a potência na etiqueta.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Cara 4 barramento de 12 UUHUHU parece soly-tech isso aí.

eu fiz uma gambiarra na minha vga. logo minha soly não tem cobos pci-e de 8 pinos.

AUHHUAHUA

mas fonte solytech é boa! Agora asvoteck dr-hank... já peguei fonte dessa que funciona 3 meses e depois não consegue ligar uma 5770.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Boa tarde. Fomos informados pelo importador Handa Solution de que a Andyson está em contato com a Ecos Plug e que a situação do uso do selo 80 Plus será resolvida o quanto antes.

Eu particularmente acho que que seria prudente tanto a Andyson quanto vocês da Sysconn aguardarem a certificação ser homologada para fazer a "divulgação do selo", considerando-se que não é a qualidade em si que, neste caso específico, se questiona, mas honestidade e credibilidade das empresas que estão em jogo, que na relação entre fornecedor - consumidor, são coisas muito mais importantes de se conquistar e manter do que uma simples venda.

Reconhecer e corrigir os problemas será um grande passo na conquista de novos mercados e interagir (aqui no fórum, por ex.) com futuros compradores ao menos demonstra uma preocupação com os usuários finais. Considerando isso, acho que deveriam retificar a informação sobre o selo da Ecos até que o problema seja resolvido, isso não desmerece o produto em si (este teste comprova sua qualidade) e demonstra boa fé de vocês representantes.

Mas quanto a fonte em si, é ótimo ter opções com potência de sobra a um preço atraente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu particularmente acho que que seria prudente tanto a Andyson quanto vocês da Sysconn aguardarem a certificação ser homologada para fazer a "divulgação do selo", considerando-se que não é a qualidade em si que, neste caso específico, se questiona, mas honestidade e credibilidade das empresas que estão em jogo, que na relação entre fornecedor - consumidor, são coisas muito mais importantes de se conquistar e manter do que uma simples venda.

Reconhecer e corrigir os problemas será um grande passo na conquista de novos mercados e interagir (aqui no fórum, por ex.) com futuros compradores ao menos demonstra uma preocupação com os usuários finais. Considerando isso, acho que deveriam retificar a informação sobre o selo da Ecos até que o problema seja resolvido, isso não desmerece o produto em si (este teste comprova sua qualidade) e demonstra boa fé de vocês representantes.

Mas quanto a fonte em si, é ótimo ter opções com potência de sobra a um preço atraente.

Certificado devidamente removido.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
O modelo de uma fonte nem sempre é indicativo de sua potência:

Andyson Nuclear 850 (e não 850W) = 750W

ATNG APED-950FC(M) = 800W

ASVOTEK AV-800 = 600W

Huntkey Balance King 5000 (não, não é 5000W) = 500W

É ruim, é desnecessário, induz o consumidor distraído a erro. Porém as respectivas fontes não estão mentindo na potência. Em todas elas consta corretamente a potência na etiqueta.

Isso é feito justamente para confundir o consumidor. A maioria das pessoas não olham as especificações dos produtos que compram, e sendo leigos no assunto, o vendedor pode facilmente ludibriar o consumidor.

.

.

Já é uma jogada de marketing pensada nisso. É legal, mas totalmente ridícula e de profissional de baixo nível criativo. Igual propagandas que em vez de mostrar a qualidade de seus produtos, mostram na verdade o defeito do concorrente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora