A série de fontes de alimentação Antec High Current Gamer é formada por modelos de 400 W, 520 W, 620 W, 750 W e 900 W, todos com certificação 80 Plus Bronze e projeto com barramento único de +12 V, mas sem sistema de cabeamento modular. Hoje nós daremos uma olhada no modelo de 520 W. Nós já testamos o modelo de 750 W, que é fabricado pela Delta. O modelo de 520 W, no entanto, é fabricado pela Seasonic. Portanto esses dois modelos não compartilham a mesma plataforma.
Figura 1: Fonte de alimentação Antec High Current Gamer 520 W
Figura 2: Fonte de alimentação Antec High Current Gamer 520 W A Antec High Current Gamer 520 W mede 16 cm de profundidade e tem uma ventoinha de 135 mm com dois rolamentos de esferas em sua parte inferior (ADDA ADN512MB-A90). Como mencionamos, esta fonte não tem sistema de cabeamento modular. Todos os cabos são protegidos acabamentos de nylon. A fonte vem com os seguintes cabos: Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 54 cm de comprimento Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V, 64 cm de comprimento Um cabo com dois conectores de seis/oito pinos para placas de vídeo, 53 cm até o primeiro conector, 12 cm entre os conectores Dois cabos com quatro conectores de alimentação SATA cada, 56 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores Um cabo com três conectores de alimentação para periféricos, 56 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores Um cabo com três conectores de alimentação periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete, 56 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores Todos os fios são 18 AWG, que é o mínimo recomendável. A configuração de cabos é muito boa para uma fonte de 520 W, com oito conectores de alimentação SATA e dois conectores de alimentação para placas de vídeo.
Figura 3: Cabos Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação. Nós decidimos desmontar esta fonte de alimentação para vermos qual projeto e componentes foram utilizados. Leia nosso tutorial Anatomia das Fontes de Alimentação Chaveadas para entender como uma fonte de alimentação trabalha internamente e para comparar esta fonte de alimentação com outras. Nesta página teremos uma visão geral, enquanto que nas páginas seguintes discutiremos em detalhes a qualidade e as especificações dos componentes usados.
Figura 4: Visão geral
Figura 5: Visão geral
Figura 6: Visão geral
Figura 7: Placa de circuito impresso Como mencionamos em outros testes, a primeira coisa que gostamos de ver quando abrimos uma fonte de alimentação para termos uma ideia da sua qualidade é o estágio de filtragem de transientes. Os componentes recomendados para esse estágio são duas bobinas de ferrite, dois capacitores cerâmicos (capacitores Y, normalmente azuis), um capacitor de poliéster metalizado (capacitor X) e um varistor (MOV). Em fontes de alimentação genéricas são usados menos componentes do que o recomendado, normalmente removendo o varistor, que é essencial para eliminar picos de energia provenientes da rede elétrica, e a primeira bobina. A Antec High Current Gamer 520 W é impecável neste estágio, com um capacitor X, quatro capacitores Y e uma bobina de ferrite a mais do que o mínimo requerido.
Figura 8: Estágio de filtragem de transientes (parte 1)
Figura 9: Estágio de filtragem de transientes (parte 2) Na próxima página falaremos em mais detalhes a respeito dos componentes usados na Antec High Current Gamer 520 W. Vamos agora dar uma olhada em profundidade no primário da Antec High Current Gamer 520 W. Para uma melhor compreensão do que iremos falar aqui, sugerimos a leitura do nosso tutorial Anatomia das Fontes de Alimentação Chaveadas. Esta fonte usa uma ponte de retificação GBU806, instalada em um dissipador de calor individual. Esta ponte suporta até 8 A a 100° C, portanto em teoria você seria capaz de extrair até 920 W de uma rede elétrica de 115 W. Assumindo uma eficiência de 80%, a ponte permitiria que a fonte fornecesse até 736 W sem que ela queimasse. Claro que estamos falando apenas desses componentes e o limite real dependerá de outros componentes da fonte de alimentação.
Figura 10: Ponte de retificação Dois transistores de potência MOSFET FDP18N50 são usados no circuito PFC ativo, cada um suportando até 18 A a 25° C ou 10,8 A a 100° C em modo contínuo (veja o que a diferença de temperatura faz) ou até 72 A a 25° C em modo pulsante. Esses transistores apresentam uma resistência máxima de 265 mΩ quando ligados, uma características chamada RDS(on). Este número indica a quantidade de potência que é desperdiçada e quanto menor este valor melhor, pois significa que o transistor consumirá menos quando estiver ligado, resultando em uma maior eficiência para a fonte.
Figura 11: Um dos transistores chaveadores, diodo do PFC ativo e transistores do PFC ativo A saída do circuito PFC ativo é filtrada por um capacitor japonês, da Chemi-Con, rotulado a 85° C. Na seção de chaveamento, outros dois transistores de potência MOSFET FDP18N50 são usados na tradicional configuração de chaveamento direto com dois transistores. As especificações desses transistores já foram discutidas acima.
Figura 12: O outro transistor chaveador O primário é gerenciado por um controlador PFC ativo/PWM ICE1CS02.
Figura 13: Controlador PFC ativo/PWM Vamos agora dar uma olhada no secundário desta fonte de alimentação. A Antec High Current Gamer 520 W usa um projeto padrão em seu secundário, com retificadores Schottky. A corrente máxima teórica que cada linha pode fornecer é dada pela fórmula I / (1 - D), onde D é o ciclo de trabalho usado e I é a corrente máxima suportada pelo diodo de retificação. Apenas como um exercício, nós podemos assumir um ciclo de trabalho típico de 30%. A saída de +12 V usa dois retificadores Schottky SBR30A50CT (30 A, 15 A por diodo interno a 110° C, queda de tensão máxima de 0,55 V), o que nos dá uma corrente máxima teórica de 43 A ou 514 W para esta saída. A saída de +5 V usa outro retificador Schottky SBR30A50CT, o que nos dá uma corrente máxima teórica de 21 A ou 107 W para esta saída. A saída de +3,3 V usa um retificador Schottky SBR40U45CT (40 A, 20 A por diodo interno a 110° C, queda de tensão máxima de 0,52 V), o que nos dá uma corrente máxima teórica de 29 A ou 94 W para esta saída.
Figura 14: Os retificadores de +12 V, +3,3 V e +5VSB
Figura 15: Os retificadores de +5 V e +12 V Esta fonte usa um circuito integrado de monitoramento PS223, que suporta proteções contra sobretensão (OVP), subtensão (UVP), sobrecarga de corrente (OCP) e superaquecimento (OTP). Este circuito oferece dois canais de +12 V, mas o fabricante decidiu usar apenas um deles, fazendo com que esta fonte tenha um barramento único de +12 V.
Figura 16: Circuito de monitoramento Os capacitores eletrolíticos responsáveis por filtrar as saídas são japoneses, da Chemi-Con. Na Figura 17 você pode ver a etiqueta contendo todas as especificações de potência desta fonte.
Figura 17: Etiqueta da fonte de alimentação Esta fonte tem apenas um barramento de +12 V e, portanto, não há muito que dizer aqui. Quanto esta fonte consegue realmente fornecer? Vejamos. Nós fizemos vários testes com esta fonte de alimentação, conforme descrito em nosso artigo Nossa Metodologia de Testes de Fontes de Alimentação. Primeiro nós testamos esta fonte com cinco diferentes padrões de carga, tentando extrair em torno de 20%, 40%, 60%, 80% e 100% da sua capacidade máxima rotulada (na linha “% Carga Máx” nós listamos a porcentagem usada), observando como a fonte testada se comportava em cada carga. Na tabela abaixo nós listamos os padrões de carga usados e os resultados para cada carga. Se você somar todas as potências listadas para cada teste você pode encontrar um valor diferente do que publicamos na linha “Total” abaixo. Como cada saída pode ter uma pequena variação (por exemplo, a saída de +5V trabalhando a 5,10 V) a quantidade total de potência sendo fornecida é um pouco diferente do valor calculado. Na linha “Total” estamos usando a quantidade real de potência sendo fornecida, medida pelo nosso testador de carga. As entradas +12VA e +12VB listadas abaixo são as entradas independentes de +12 V do nosso testador de carga. Durante os nossos testes ambas foram conectadas ao único barramento de +12 V da fonte. Entrada Teste 1 Teste 2 Teste 3 Teste 4 Teste 5 +12VA 4 A (48 W) 7,5 A (90 W) 11 A (132 W) 14,5 A (174 W) 18 A (216 W) +12VB 4 A (48 W) 7,5 A (90 W) 11 A (132 W) 14,5 A (174 W) 18 A (216 W) +5 V 1 A (5 W) 2 A (10 W) 4 A (20 W) 6 A (30 W) 8 A (40 W) +3,3 V 1 A (3,3 W) 2 A (6,6 W) 4 A (13,2 W) 6 A (19,8 W) 8 A (26,4 W) +5VSB 1 A (5 W) 1 A (5 W) 1,5 A (7,5 W) 2 A (10 W) 2,5 A (12,5 W) -12 V 0,5 A (6 W) 0,5 A (6 W) 0,5 A (6 W) 0,5 A (6 W) 0,5 A (6 W) Total 104,4 W 209,8 W 313,8 W 416,1 W 520,4 W % Carga Máx. 20,1% 40,3% 60,3% 80,0% 100,1% Temp. Ambiente 44,8° C 43,9° C 44,0° C 45,2° C 47,2° C Temp. Fonte 45,5° C 45,3° C 45,4° C 46,0° C 47,0° C Regulação da Tensão Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada Oscilação e Ruído Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada Potência CA 123,5 W 243,6 W 366,8 W 495,3 W 632,0 W Eficiência 84,5% 86,1% 85,6% 84,0% 82,3% Tensão CA 115,5 V 114,0 V 112,7 V 111,5 V 109,3 V Fator de Potência 0,995 0,995 0,996 0,996 0,995 Resultado Final Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada Aprovada A Antec High Current Gamer 520 W pode realmente fornecer sua potência rotulada em altas temperaturas. A eficiência ficou entre 82,3% e 86,1%, o que é excelente, já que frequentemente nos deparamos com fontes de alimentação com certificação 80 Plus Bronze que não apresentam eficiência de 82% em carga máxima em altas temperaturas, o que definitivamente não aconteceu com esta fonte. As tensões ficaram próximas de seus valores nominais (regulação de 3%) durante todos os testes, o que é excelente. A especificação ATX12V permite que todas as tensões positivas fiquem em até 5% de seus valores nominais e as tensões negativas em até 10% de seus valores nominais. Vamos discutir os níveis de oscilação e ruído na próxima página. As tensões nas saídas da fonte devem estar “limpas”, sem oscilação (também conhecido como “ripple”) ou ruído. Os níveis de oscilação e ruído máximo permitido é 120 mV para as saídas +12 V e -12 V, e 50 mV para as saídas +5 V, +3,3 V e +5VSB. Todos os valores são de pico-a-pico. Nós consideramos uma fonte como sendo “perfeita” se ela produzir metade (ou menos) dos níveis de oscilação e ruído máximos permitidos. A Antec High Current Gamer 520 W apresentou níveis de oscilação e ruído baixos, como você pode ver na tabela abaixo. Entrada Teste 1 Teste 2 Teste 3 Teste 4 Teste 5 +12VA 7,2 mV 8,4 mV 10,2 mV 13,4 mV 21,8 mV +12VB 7,6 mV 8,8 mV 11,0 mV 24,4 mV 22,8 mV +5 V 8,2 mV 8,2 mV 9,2 mV 9,8 mV 11,6 mV +3,3 V 8,4 mV 10,4 mV 11,8 mV 13,4 mV 15,6 mV +5VSB 10,2 mV 11,0 mV 13,4 mV 15,8 mV 17,6 mV -12 V 11,8 mV 13,6 mV 16,0 mV 17,8 mV 21,2 mV Abaixo você pode ver as formas de onda das saídas durante o teste cinco.
Figura 18: Entrada +12VA do testador de carga durante o teste cinco com a fonte de alimentação fornecendo 520,4 W (21,8 mV)
Figura 19: Entrada +12VB do testador de carga durante o teste cinco com a fonte de alimentação fornecendo 520,4 W (22,8 mV)
Figura 20: Barramento de +5 V do testador de carga durante o teste cinco com a fonte de alimentação fornecendo 520,4 W (11,6 mV)
Figura 21: Barramento de +3,3 V do testador de carga durante o teste cinco com a fonte de alimentação fornecendo 520,4 W (15,6 mV) Vejamos se conseguimos extrair mais de 520 W desta fonte. Abaixo você pode ver o máximo que conseguimos extrair desta fonte de alimentação. Nós não conseguimos extrair mais do que isso porque a fonte desligou, mostrando que suas proteções estavam funcionando bem. Durante este teste, todas as tensões ficaram dentro da regulação apertada de 3% e os níveis de oscilação e ruído continuaram extremamente baixos. Entrada Teste de Sobrecarga +12VA 22 A (264 W) +12VB 22 A (264 W) +5 V 10 A (50 W) +3,3 V 10 A (33 W) +5VSB 3 A (15 W) -12 V 0,5 A (6 W) Total 633,6 W % Carga Máx. 121,8% Temp. Ambiente 48,6° C Temp. Fonte 50,1° C Potência CA 797,0 W Eficiência 79,5% Tensão CA 106,5 V Fator de Potência 0,993 As principais especificações técnicas da fonte de alimentação Antec High Current Gamer 520 W incluem: Padrões: ATX12V 2.3 e EPS12V 2.91 Potência nominal rotulada: 520 W Potência máxima medida: 633,6 W a 48,6° C Eficiência rotulada: até 88%, certificação 80 Plus Bronze Eficiência medida: Entre 82,3% e 86,1% em 115 V (nominal, ver resultados completos para a tensão realmente usada) PCF ativo: Sim Sistema de cabeamento modular: Não Conectores de alimentação da placa-mãe: Um conector de 24 pinos e dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V Conectores de alimentação da placa de vídeo: Dois conectores de seis/oito pinos no mesmo cabo Conectores de alimentação SATA: Oito em dois cabos Conectores de alimentação para periféricos: Seis em dois cabos Conectores de alimentação para unidade de disquete: Um Proteções listadas pelo fabricante: Sobretensão (OVP), sobrecarga de corrente (OCP), sobrecarga de potência (OPP) e curto-circuito (SCP) As proteções acima estão presentes? Sim. A fonte também suporta proteção contra subtensão (UVP). Garantia: Três anos, nos EUA (no Brasil a garantia dependerá do distribuidor) Mais informações: http://www.antec.com Preço sugerido nos EUA*: US$ 79,00 * Pesquisado na Newegg.com no dia da publicação deste teste. A Antec High Current Gamer 520 W é uma excelente opção para usuários que estejam procurando por uma fonte de alimentação boa e de preço acessível. Ela pode realmente fornecer sua potência rotulada em altas temperaturas, suas tensões estão mais próximas de seus valores nominais do que o requerido (regulação de 3%), seus níveis de oscilação e ruído são baixos e sua eficiência é alta, entre 82% e 86%. Seu preço é justo, mas é claro que poderia ser ainda melhor se ela custasse menos. Lembre-se de que várias fontes de alimentação com certificação 80 Plus Bronze não apresentam eficiência de 82% em altas temperaturas, e é aí que a Antec High Current Gamer 520 W se sobressai.