Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Antec NeoPower 550

       
 83.046 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Nosso teste da NeoPower 550 (Neo HE550), uma fonte de alimentação de 550 W da Antec com cabeamento modular, onde nós a desmontamos completamente e a testamos para ver se ela é capaz de fornecer a sua potência rotulada.

Teste da Fonte de Alimentação Antec NeoPower 550
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A NeoPower é uma série de fontes de alimentação de alta eficiência da Antec, sendo vendida no passado com o nome “HE” (High Efficiency, Alta Eficiência). De acordo com a Antec, as fontes de alimentação desta série têm uma eficiência de até 85% (em comparação a eficiência de menos de 75% das fontes de alimentação comuns), o que significa menor perda de potência – uma eficiência de 85% significa que 85% da potência extraída da rede elétrica é convertida em potência nas saídas da fonte de alimentação e apenas 15% é desperdiçada, ou melhor, transformada em outro tipo de energia, como calor. Isto é traduzido em menor consumo da rede elétrica (já que menos potência é consumida de modo a gerar a mesma quantidade de potência em suas saídas), o que significa uma conta de luz mais baixa. As fontes de alimentação desta série – atualmente disponíveis em modelos de 380 W, 430 W, 500 W, 550 W e 650 W – têm sistema de cabeamento modular e uma ventoinha padrão de 80 mm na parte traseira. Nós demos uma olhada no modelo de 550 W e testamos para ver se ele realmente pode fornecer os 550 W rotulados.


Figura 1: Antec NeoPower 550.


Figura 2: Antec NeoPower 550.

Esta fonte de alimentação tem PFC ativo (Fator de Correção de Potência), que oferece uma melhor utilização da rede elétrica e permite que esta fonte de alimentação esteja de acordo com leis européias, o que permite a Antec vendê-la neste continente (você pode ler mais sobre PFC em nosso tutorial Fontes de Alimentação). Na Figura 1 você pode ver que esta fonte de alimentação não tem uma chave 110V/220V, característica esta presente em fontes de alimentação com PFC ativo. Na verdade, um truque para verificar se uma fonte de alimentação tem ou não PFC ativo é verificar a existência ou não desta chave.

No que diz respeito à refrigeração, esta fonte de alimentação usa o sistema de refrigeração padrão usado há séculos: uma ventoinha traseira de 80 mm que puxa o ar quente de dentro para fora do micro. A parte frontal desta fonte – que fica localizada dentro do gabinete e por onde o ar quente passa – possui uma enorme grade, permitindo um melhor fluxo de ar. Fontes de alimentação mais simples normalmente têm apenas algumas ranhuras, oferecendo um baixo fluxo de ar. Você pode ver esta grade na Figura 2.

Na Figura 2 você pode ver que esta fonte de alimentação utiliza um sistema de cabeamento modular para os cabos de periféricos, o que é fantástico por duas razões: primeiro porque você precisa encaixar apenas os cabos para periféricos que realmente irá usar, evitando assim que cabos desnecessários ocupem espaço dentro do micro, o que ajuda a melhorar o fluxo de ar; segundo, se no futuro você precisar de cabos diferentes você poderá adquiri-los com o fabricante em vez de ter que comprar uma nova fonte de alimentação só porque a sua não tem os cabos que você precisa. Um acabamento plástico também é usado nos cabos para protegê-los, ajudando na organização dentro do micro e oferecendo um melhor fluxo de ar interno, o que evita o superaquecimento devido ao número reduzido de cabos bloqueando o fluxo de ar.


Figura 3: Cabos para periféricos.

A NeoPower 550 vem com dois cabos de alimentação auxiliar PCI Express, dois cabos para periféricos com três conectores de alimentação cada, dois cabos de alimentação Serial ATA com dois conectores cada e um adaptador para unidade de disquete que converte um conector para periférico em dois conectores para a unidade de disquete.

Os cabos de alimentação principais – que não fazem parte do sistema de cabeamento modular – incluem um cabo principal de 20/24 pinos, um conector ATX12V e um conector EPS12V. Esta fonte de alimentação utiliza um mecanismo muito simples para converter seu conector principal de 24 pinos em 20 pinos, como você pode ver na Figura 4.


Figura 4: Seu conector de alimentação de 24 pinos pode ser facilmente transformado em um de 20 pinos.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


SHOW !!!

vocês devem estar igual criança com brinquedo novo e isso é excelente varios testes de FONTES em um curto espaço de tempo !!

Infelizmente não achei essa fonte em nenhuma loja pra ver o preço, porém não deve ser muito barata..

Acho q vocês estão testando as melhores fontes q tem antes de partir pras "genericas" q vão dar trabalho ( explosão, incendio, etc ) huahuahuahuahuahuhuaa

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bacana o teste, parabéns!

Mas espero que não esqueçam das fontes que se encontram mais facilmente em território nacional... ex.:

Corsair, Zalman, eXtream, AVC, Akasa, Spire, CoolerMaster, Huntkey, Seventeam, SL8600 da Satellite, etc...

^_^

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

parabéns pelo ótimo artigo atualizado!

que beluzura, uma fonte dessas tão boa, e não se encontra aqui no brasil....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É muito bom saber que esta fonte da ANTEC é boa! Tenho uma chamada EarthWatts 500W que trouxe de uma visita à FRY's e que teoricamente preza pela melhor eficiência, mas o ruim das ANTECs é que elas não tem aquela mega ventoínha que ajuda a tirar o ar quente do gabinete... tive que fazer um "over" na fan traseira pra melhor a exaustão e agora o PC tá mais barulhenta que a geladeira, hahaha.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A qualidade da fonte já era de se esperar.

Fico feliz por verificar a aplicação da nova metodologia de testes com os novos equipamentos.

Assim como muitos, estou a espera de testes das fontes mais simples e frequentes no Brasil (Seventeam, Huntkey... )

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Desse jeito que estão as coisas.

Osite Clube do Hardware vai ficar muito famoso internacionalmente mais do que ja é

e ainda ajudando a todos nós nas escolhas de um parte que é essencial para um computador

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A fonte realmente é boa, espero que a minha Smart Power 500W não seja muito diferente do modelo testado, a não ser as duas ventoinhas que ela possui ao invés de uma.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×