Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação be quiet! Dark Power Pro 10 850 W

       
 18.610 Visualizações    Testes  
 6 comentários

Nós testamos o modelo de 850 W da série de fontes de alimentação Dark Power Pro 10 da be quiet!, que vem com certificação 80 Plus Platinum.

Teste da Fonte de Alimentação be quiet! Dark Power Pro 10 850 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A empresa alemã be quiet! lançou mês passado uma nova série de fontes de alimentação topo de linha, a Dark Power Pro 10, com modelos que vão de 550 W até 1.200 W. O modelo de 850 W vem com a cobiçada certificação 80 Plus Platinum, enquanto que todos os outros modelos da série vêm com a certificação 80 Plus Gold. Vamos testar a versão de 850 W e ver se ela é um boa escolha.

Os modelos de 550 W, 650 W e 750 W são fabricados pela FSP, enquanto que as versões de 850 W, 1.000 W e 1.200 W são fabricadas pela Seasonic.

be quiet! Dark Power Pro 10 850w
Figura 1: Fonte de alimentação be quiet! Dark Power Pro 10 850 W

be quiet! Dark Power Pro 10 850w
Figura 2: Fonte de alimentação be quiet! Dark Power Pro 10 850 W

A be quiet! Dark Power Pro 10 850 W mede 186 mm de profundidade e tem uma ventoinha de 135 mm com rolamento de fluido dinâmico em sua parte inferior (be quiet! BQT T13525-XF20, “Silent Wings P10”).

A fonte testada tem sistema de cabeamento modular com 15 conectores: quatro conectores para cabos de alimentação para placas de vídeo, cinco conectores para cabos de alimentação SATA e de periféricos, um conector para o cabo ATX12V/EPS12V, quatro conectores para cabos de alimentação para ventoinhas e um conector para o painel de “overclock” que é usado para selecionar se a fonte utilizará múltiplos barramentos de +12 V ou apenas um. Apenas o cabo principal da placa-mãe está permanentemente conectado à fonte. Esta fonte vem com os seguintes cabos:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 55 cm de comprimento
  • Um conector com dois cabos, um com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V e um com um conector EPS12V, 68 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector EPS12V, 68 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector ATX12V, 68 cm de comprimento
  • Três conectores cada um com dois cabos com um conector de seis/oito pinos para placas de vídeo, 60 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector de seis/oito pinos para placas de vídeo, 60 cm de comprimento (para uso em placas-mãe que têm este conector para prover mais corrente para os slots PCI Express)
  • Dois cabos, cada um com três conectores de alimentação SATA, 60 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação SATA, 60 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Um cabo com um conector de alimentação SATA, 60 cm de comprimento
  • Um cabo com três conectores de alimentação SATA, dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete, 60 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores
  • Um cabo com três conectores de alimentação para periféricos, 60 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete, 60 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Dois cabos cada um com um conector de alimentação para periféricos, 60 cm de comprimento
  • Quatro cabos cada um com um conector de alimentação para periféricos e um conector de alimentação de três pinos para ventoinhas, 45 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores

Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola mínima recomendada. O número de conectores é impressionante, permitindo a instalação de três placas de vídeo topo de linha que necessitam de dois conectores de alimentação auxiliares cada uma, sem a necessidade de adaptadores. Outro destaque da configuração de cabos é a presença de cabos com vários conectores e de cabos com um único conector. Desta forma, você pode instalar apenas os conectores que realmente irá usar, evitando assim que o interior do micro fique repleto de conectores inutilizados. Por exemplo, se você tem apenas um disco rígido você pode instalar o cabo que tem apenas um conector de alimentação SATA. Em produtos concorrentes, você teria de usar um cabo onde dois ou três conectores ficariam inutilizados, ocupando espaço no interior do gabinete.

Outro destaque da Dark Power Pro 10 850 W é a presença de quatro cabos para alimentar ventoinhas. Desta forma, você pode ter várias das ventoinhas disponíveis no seu gabinete controladas pelo sensor de temperatura disponível dentro da fonte de alimentação.

A fonte testada vem com um interruptor para você selecionar a sua configuração favorita para as saídas de +12 V: barramento único (interruptor ligado) ou múltiplos barramentos (configuração padrão). A fonte também vem com um jumper caso você queira configurá-la “permanentemente” para ter apenas um barramento sem precisar selecionar o interruptor.

be quiet! Dark Power Pro 10 850w
Figura 3: Cabos

be quiet! Dark Power Pro 10 850w
Figura 4: Interruptor para selecionar entre barramento único e múltiplos barramentos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Gabriel Torres, não sei se esse é o local adequado para isso. Mas como não encontrei uma forma de contato diferente, resolvi escrever aqui mesmo. Sinta-se livre para retirar essa postagem após corrigir o problema!

Em <http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-be-quiet-Dark-Power-Pro-10-850-W/2614/7> (página 7, teste de carga) há um pequeno erro na tabelinha nas identificação das linhas onde é repetido o "temperatura ambiente", "temperatura da fonte" e "Regulação de tensão" onde na verdade mostra "Eficiência", "tensão CA" e "Fator de potência".

Um abraço,

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fonte baseada na plataforma Platinum/X-Series da Seasonic, os níveis de regulação de tensão ficam abaixo dos 1,5% de oscilação na verdade, coisa só vista em fontes de alto nível. Mas fica a dúvida se as outras fontes desta plataforma queimam se for extraído mais que o rotulado.

Permita-me discordar do CDH, mas eu não recomendaria a um amigo uma fonte de quase R$1000,00 que queima por sobrecarga...

Ninguém vai comprar uma fonte de 850W para demandar mais que o rotulado, isso é imprudência de quem compra a fonte. Mas a verdade é que uma fonte deste nível não deveria queimar mesmo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Fonte baseada na plataforma Platinum/X-Series da Seasonic, os níveis de regulação de tensão ficam abaixo dos 1,5% de oscilação na verdade, coisa só vista em fontes de alto nível. Mas fica a dúvida se as outras fontes desta plataforma queimam se for extraído mais que o rotulado.

Ninguém vai comprar uma fonte de 850W para demandar mais que o rotulado, isso é imprudência de quem compra a fonte. Mas a verdade é que uma fonte deste nível não deveria queimar mesmo.

Verdade. E com esse preço tem obrigação de ter a respectiva proteção.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×