Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação BFG LS-550 (New)

       
 31.874 Visualizações    Testes  
 4 comentários

Nós testamos esta fonte de alimentação simples de 550 W da BFG que usa um projeto interno diferente da BFG LS-550 original.

Teste da Fonte de Alimentação BFG LS-550 (New)
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A LS e a MX são séries de fontes de alimentação irmãs da BFG, com os modelos da série MX vindo com um sistema de cabeamento modular, uma ventoinha de 120 mm e uma ventoinha auxiliar de 80 mm na parte traseira, enquanto que os modelos da série LS não possuem sistema de cabeamento modular nem a ventoinha auxiliar de 80 mm. Inicialmente ambas as séries usavam o mesmo projeto interno, mas isto não acontece mais. Todos os modelos da série MX são fabricados pela Fore Point (uma das fábricas da Fortrex), mas a LS-450 e a nova versão da LS-550 (chamada “LS-550 (New)” no site da BFG) são fabricadas pela Enhance Electronics. A LS-550 antiga e a LS-680 são fabricadas pela Fore Point com o mesmo projeto dos modelos da série MX. De acordo com a BFG no futuro todos os modelos das séries MX e LS serão fabricados pela Enhance, e quando isto acontecer as fontes serão lançadas com novas especificações de potência (por exemplo, LS-700 em vez de LS-680) ou terão a palavra “New” incluída no nome.

A Enhance Electronics é o mesmo fabricante por trás das fontes da Akasa e das séries Real Power Pro da  Cooler Master e TruePower Quattro da Antec. Lembre-se de que nem todos os modelos destas duas marcas são fabricados pela Enhance.

Nós já testamos a LS-450 e por isso poderemos fazer uma comparação entre a LS-450 e a LS-550.

Fonte de alimentação BFG LS-550
Figura 1: Fonte de alimentação BFG LS-550.

Fonte de alimentação BFG LS-550
Figura 2: Fonte de alimentação BFG LS-550.

A LS-550 é maior do que a LS-450, medindo 16 cm de profundidade, basicamente por usar uma ventoinha maior (135 mm vs. 120 mm). A fonte testada tem circuito PFC ativo, é claro.

Todos os cabos utilizam uma proteção de nylon e esta proteção parte de dentro da carcaça da fonte em todos os cabos, como você pode ver na Figura 2. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos.
  • Cabo ATX12/EPS12V com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.
  • Um cabo de alimentação auxiliar para placas de vídeo com um conector de seis pinos e um conector de oito/seis pinos.
  • Dois cabos de alimentação SATA com três conectores cada.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues e um conector de alimentação para a unidade de disquete.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues.

A única diferença entre a LS-450 e a LS-550 (New) aqui é a presença de um segundo cabo de alimentação para placas de vídeo instalado no único cabo disponível. Claro que ter esses conectores em cabos separados é melhor.

Todos os cabos medem 52 cm entre a carcaça da fonte e o primeiro conector no cabo, e nos cabos com mais de um conector há 14 cm entre os conectores. Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada.

Esta fonte possui uma quantidade satisfatória de conectores para um micro simples com apenas uma placa de vídeo instalada.

Fonte de alimentação BFG LS-550
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


parabéns para essa marca. as fontes dessa marca se saem bem nos testes bfg é uma boa marca diferente da powerbosta e da leadershit e da huntmerda.

ga g31m-s2l/ pentium dual core e2140 @ 2.5/2 gravadores de dvd lg 1 sata e 1 ide+1 de cd/2gb de ram 667 em dual channel/hd 2x250gb samsung+1x1 160gb samsung/6 exaustores e 26º graus o cpu já overclockado/nvidia 8600gt 512mb zoggis/subwoofer 2.1 clone/thermaltake de 600w reais w.o 129ru/genius 5.1/lcd samsung 2232bw plus 22 polegadas/placa de captura pixelview/ windows vista ultimate edition

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É uma pena que a BFG não seja muito ativa por aqui, eles tem produtos muito bons.

Espero que com estes testes eles apareçam mais no Brasil.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×