Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W

       
 86.551 Visualizações    Testes  
 12 comentários

Vamos dar uma olhada nesta fonte de alimentação simples de 600 W da Cooler Master (RS-600-PCAR-E3). Será que ela sobreviverá aos nossos testes? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Hoje nós testaremos a eXtreme Power Plus 600 W (RS-600-PCAR-E3) da Cooler Master, uma fonte relativamente fácil de ser encontrada no Brasil. Será que ela pode fornecer sua potência rotulada? Confira.

Nós já testamos os modelos de 400 W (RS-400-PCAR-A3), 460 W (RS-460-PMSR-A3)500 W (RS-500-PCAR-A3) e 550 W (RS-550-PCAR-E3) desta mesma série. Os modelos de 400 W e 500 W foram capazes de fornecer suas potências rotuladas, embora tenham apresentados níveis muito altos de oscilação e ruído em suas saídas. Os modelos de 460 W e 550 W não foram capazes de fornecer sua capacidade rotulada. Vejamos o que acontece com o modelo de 600 W.

Os modelos da série eXtreme Power Plus até 460 W são fabricados pela AcBel Polytech, enquanto modelos a partir de 500 W são fabricados pela Seventeam, assim como os membros de uma série antiga chamada eXtreme Power (sem o “Plus”). Nós achamos que a nomenclatura “A3” no final do número de série indica o primeiro fabricante, enquanto a nomenclatura “E3” indica o segundo fabricante.

A Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W, assim como o modelo de 550 W e a Spire Jewel Black 650 W, é baseada na mesma plataforma da fonte de alimentação Seventeam ST-500BAZ (que já não é mais fabricada pela Seventeam). Neste teste verificaremos quais são as diferenças entre esses produtos.

A propósito, assim como os outros membros desta série, a fonte testada tem a fantástica declaração “As sealed stick was removed, lost or damaged, it shall be out of warranty validity” (“Como etiqueta selada foi removida, perdida ou danificada, ela deverá estar fora de validade de garantia”) na etiqueta da fonte de alimentação. Quando é que os fabricantes chineses vão parar de usar tradutores on-line e contratar alguém que fale inglês para escrever suas etiquetas?

O interessante é que na etiqueta da fonte não há informação sobre sua potência máxima (o número “600” está impresso sem a letra “W”). Isto normalmente acontece com fontes de alimentação que não conseguem fornecer sua potência rotulada. Hum...

CM eXtreme Power Plus 600 W
Figura 1: Fonte de alimentação Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W

CM eXtreme Power Plus 600 W
Figura 2: Fonte de alimentação Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W

A Cooler Master eXtreme Power Plus 600 W mede 14 cm de profundidade e tem uma ventoinha de 120 mm localizada em sua parte inferior. Esta ventoinha é um modelo com rolamento de bucha da ADDA (AD1212US-A71GL).

A fonte não tem circuito PFC ativo, como você pode ver pela presença de uma chave 115 V/230 V na Figura 1, mas pelo menos ela é baseada em um projeto mais moderno do que a defasada topologia de meia-ponte, como veremos.

Esta fonte não tem sistema de cabeamento modular e apenas o cabo principal da placa-mãe tem proteção de nylon que sai de dentro da fonte. Todos os cabos utilizam fios 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada e isso representa um avanço em relação aos outros modelos desta série, que utilizam fios mais finos de 20 AWG. Os cabos inclusos são: 

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos (45 cm)
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V (54 cm)
  • Dois cabos com um conector de alimentação de seis/oito pinos cada para placas de vídeo (46 cm)
  • Dois cabos com três conectores de alimentação SATA cada (46 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores)
  • Um cabo com três conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete (46 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores)

Esta configuração é idêntica a usada no modelo de 550 W desta fonte de alimentação, apresentando mais conectores do que a Seventeam ST-500BAZ, fonte na qual a eXtreme Power Plus 600 W é baseada.

CM eXtreme Power Plus 600 W
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar

  • Curtir 1


  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Acho que certas marcas de fontes preferem ter uma linha para enganar os leigos e deixar pra lá os outros que tem uma noção. Devem ganhar mais dinheiro assim...

Nos EUA não tem lei/norma também contra isto? É que nem aqui? Me surgiu esta dúvida...

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como o V i X disse, eu também não consigo entender como uma empresa que tem gabinetes, fans e coolers de qualidade se passa pelo papelão de lançar uma fonte dessas. Vergonhoso.

Parabéns ao CDH pelo teste.

Valeu!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente pra uma empresa que faz tanto sucesso na area de Coolers/Gabinete, é triste vê-la sujar o nome desse jeito na area de fontes, principalmente nas de baixo custo.

Mas pelo menos ainda se salvam por ter outras séries de fontes que preste, ao contrario de algumas marcas Brasileiras.

É como o amigo ai em cima disse, parece que querem ter uma série de fontes pega-trouxa e outra série de boa qualidade pra aqueles que realmente entendem do assunto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Mais uma fonte da série "odeio meu pc e vou queima-lo" .... Vergonhoso

:D hehe, eu acho que tem gente que não gosta do seu pc para colocar essas fontes...

Porém, infelizmente,:unsure: tem pessoas que são mal informadas por vendedores sem escrúpulos

Para isso existe o CDH :cool:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito estranho tenho uma fonte dessa 600w extreme power plus e ela tem quase 3 anos de uso,to usando agora ela na config Q9550 3.4+GTx275+2hds+5cc+8colers e esse sistema em full load puxa mais de 600w ja tem 1,5 anos que to com esse sistema e sempre faço estress nele por causa de overs e etc e a fonte nao explodiu como dito e testei com multimetro pois nao confio em sensor de placa-mãe e a voutagem de 11,96 em idle foi pra 11,81 em full load:D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×