Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Coolmax V-500

       
 24.078 Visualizações    Testes  
 27 comentários

O que devemos esperar de uma fonte de alimentação com potência fantasiosa e que custa apenas US$ 20 nos EUA? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação Coolmax V-500
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Coolmax V-500 custa apenas US$ 22, nos EUA, e nós estávamos bastante céticos em relação à sua capacidade de fornecer a potência rotulada de 500 W. Como sempre gostamos lembrar, potência não é tudo. Vejamos quais as outras desvantagens de ter uma fonte vagabunda instalada no micro.

A fonte testada não tem circuito PFC ativo, informação corroborada pela presença de um interruptor 115/230 V. Ela é baseada no obsoleto projeto meia-ponte.

Coolmax V-500
Figura 1: Fonte de alimentação Coolmax V-500

Coolmax V-500
Figura 2: Fonte de alimentação Coolmax V-500

A Coolmax V-500 mede 14 cm de profundidade e tem uma ventoinha de 120 mm em sua parte inferior (LY 1225L12S ND1).

A fonte não tem sistema de cabeamento modular e apenas o cabo principal da placa-mãe tem acabamento em nylon. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 37 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector ATX12V, 40 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector de alimentação SATA, 39 cm de comprimento
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos, 39 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete, 39 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores
  • Uma extensão ATX12V/EPS12V, 17 cm de comprimento

Existem vários problemas nesta configuração.

Primeiro, todos os fios são 20 AWG, ou seja, são mais finos do que o mínimo recomendado, que é 18 AWG.

Segundo, a quantidade de conectores é simplesmente ridícula para uma fonte de alimentação “de 500 W”. Ela não vem com conector de alimentação para placas de vídeo e tem apenas um conector de alimentação SATA. Até mesmo os computadores mais básicos vendidos hoje requerem pelo menos dois conectores de alimentação SATA, um para o disco rígido e outro para a unidade óptica.

Terceiro, a fonte tem um fio de -5 V (branco) no cabo principal da placa-mãe, que foi removido da especificação ATX12V em janeiro de 2002, há quase 10 anos. Ou seja, esta fonte usa um projeto obsoleto. Dentro dela nós vimos uma marcação dizendo que ela é um modelo ATX12V 1.3 (a especificação ATX12V mais atual é a 2.3), mas na caixa diz que a fonte é um modelo “ATX12V 2.01”. Esta informação é equivocada por dois motivos: primeiro, a especificação ATX12V 2.01 não existe e, segundo, o nome correto da especificação é ATX 2.01 (e não ATX12V), que informa apenas as dimensões físicas da fonte.

Coolmax V-500
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




"Esta fonte é realmente uma arma de destruição em massa, fique longe dela.

O que mais nos chama a atenção é que esse tipo de produto vagabundo normalmente é encontrado apenas em países em desenvolvimento, como aqui no Brasil (infelizmente). Quem diria que até nos EUA, país que leva a sério questões relacionadas ao terrorismo, este tipo de bomba é comercializada..."

Este comentário diz tudo, não é só Brasil e países menos desenvolvidos que são alvos deste tipo de lixo...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

mesmo porque posso chutar ai que uns 90% ou mais usuários comuns do Brasil nem sabem o que é uma fonte de alimentação, muito menos eficiência, potência, etc. infelizmente!

E pelo jeito muitos usuários comuns americanos andam desinformados qto a isso também.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O que nos EUA é exceção, aqui é regra. Eis a grande diferença.

Porém lugar de lixo é no lixo, tanto lá como aqui.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só algumas correções:

- A eficiência mínima que a fonte apresentou durante os testes foi de 66,8% (Teste 11), não 67,6% (Teste 12) como foi dito algumas vezes no teste.

- Faltaram as imagens com os ruídos em cada uma das saídas durante o teste 12.

- Faltou o vídeo da bomba em funcionamento (explodindo :P)

Como, sempre, ótimo teste. Quanto a fonte, sem comentários. O kayke disse tudo no comentário dele.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ri muito quando é falado do terrorismo no final do teste.

Mas agora sério, é interessante ver isso acontecer nos EUA mesmo :o

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

To precisando de um Fan, Gabriel eu pago o frete(EUA), me passa?:P

Editado por Thui
Alteração no texto

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Os cabos Molex podem ser usados pra fazer adaptador de fan, a carcaça como porta-lápis... esse fonte tem muita utilidade.

"tem apenas um conector de alimentação SATA. Até mesmo os computadores mais básicos vendidos hoje requerem pelo menos dois conectores de alimentação SATA, um para o disco rígido e outro para a unidade óptica."

Fala sério, ridículo.

Editado por lotuss

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só uma dúvida, será que essas bombas made in China são importadas sem nenhum imposto visto o valor delas até no Eua por $22,000 convertendo diretamente para brl dá um valor de R$35,26

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Só uma dúvida, será que essas bombas made in China são importadas sem nenhum imposto visto o valor delas até no Eua por $22,000 convertendo diretamente para brl dá um valor de R$35,26

Eu já vi fontes da MyMax pra vender aqui no Brasil por R$ 25,00 !!! Com isso dá pra ver o nível dos componentes usados...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Eu já vi fontes da MyMax pra vender aqui no Brasil por R$ 25,00 !!! Com isso dá pra ver o nível dos componentes usados...

Haha, senão me engano, foi nos comentários do teste desta fonte, só que no hardsecrets que teve alguém que falou assim: Se tiver MAX no nome e não for Enermax, o Max é em referencia aos efeitos de explosão.kkkk

Não sei se isso é bom ou ruim. Pro nosso ego até faz bem ver que até lá nos EUA tem fonte bomba, por outro lado é mais preocupante ainda, pois se até lá esses produtos chegam, imagine em outros lugares. E pior, lá, um produto desses deve sair rapidinho de cena quando desmascarado, aí os chineses tentam largar essas bombas em outros mercados (nosso, pra variar, é um deles)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Qual o sentido de se testar uma fonte de 22 US$ de "500W" de potencia?????? já era bem deduzivel o resultado desse teste aih... . só pra dizermos " esse tipo de produto porco tb existe lá nos USA!!!!! ". Honestamente, o mal do vizinho nao consola o meu.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
E pior, lá, um produto desses deve sair rapidinho de cena quando desmascarado, aí os chineses tentam largar essas bombas em outros mercados (nosso, pra variar, é um deles)

Exatamente, certíssimo. Quando esgotar o estoque, a NewEgg desativa o produto. Já fizeram até referência ao teste nos comentários lá.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Cadê o vídeo dela explodindo?

Ela não explodiu, queimou "silenciosamente"... Por isso não teve vídeo.

Só algumas correções:

- A eficiência mínima que a fonte apresentou durante os testes foi de 66,8% (Teste 11), não 67,6% (Teste 12) como foi dito algumas vezes no teste.

Vou corrigir, obrigado!

- Faltaram as imagens com os ruídos em cada uma das saídas durante o teste 12.

Ela queimou antes que a gente conseguisse capturar essas imagens. Eu já chicoteei meu assistente aqui para que isso não ocorra novamente.

- Faltou o vídeo da bomba em funcionamento (explodindo :P)

Ver primeira resposta, acima.

Só uma dúvida, será que essas bombas made in China são importadas sem nenhum imposto visto o valor delas até no Eua por $22,000 convertendo diretamente para brl dá um valor de R$35,26

Negativo, independentemente do valor, empresas precisam pagar o imposto de importação. Só é isento de imposto de importação produtos enviados por pessoas físicas localizadas no exterior até US$ 50 como presente, sem fins de revenda.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caro Gabriel Torres,

Na análise da fase primária desta fonte onde você diz: "Aqui já dá para perceber que esta fonte não é de 500 W nem aqui, nem na China." começo a desconfiar que talvez na China (de onde saí praticamente 100% destas fontes VAGABUNDAS) eles devem ter um tipo de unidade de medida diferente do WATT. :huh:

O que falta em nosso país e até nos EUA é uma política severa quanto à qualidade das fontes de alimentação que são colocadas no mercado e principalmente ao que elas publicam em seu rótulo.

É comum vermos neste tipo de fonte “MADE IN CHINA” a omissão da potência real, falta de cumprimento às especificações mínimas internacionais de uma fonte ATX e até mesmo tenho visto casos de falsas certificações de eficiência!

Até quando os consumidores são enganados :confused: ... Isso é como comprar um carro 2.0 e quando você se da conta em parar em uma mecânica tem a noticia que seu motor na verdade é 1.0 e que fuma mais que a Catifunda!

Falta fiscalização e aplicação de multas pesadas a quem vende essas fontes! :(

[]´s!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Caro Gabriel Torres,

Na análise da fase primária desta fonte onde você diz: "Aqui já dá para perceber que esta fonte não é de 500 W nem aqui, nem na China." começo a desconfiar que talvez na China (de onde saí praticamente 100% destas fontes VAGABUNDAS) eles devem ter um tipo de unidade de medida diferente do WATT. :huh:

O que falta em nosso país e até nos EUA é uma política severa quanto à qualidade das fontes de alimentação que são colocadas no mercado e principalmente ao que elas publicam em seu rótulo.

É comum vermos neste tipo de fonte “MADE IN CHINA” a omissão da potência real, falta de cumprimento às especificações mínimas internacionais de uma fonte ATX e até mesmo tenho visto casos de falsas certificações de eficiência!

Até quando os consumidores são enganados :confused: ... Isso é como comprar um carro 2.0 e quando você se da conta em parar em uma mecânica tem a noticia que seu motor na verdade é 1.0 e que fuma mais que a Catifunda!

Falta fiscalização e aplicação de multas pesadas a quem vende essas fontes! :(

[]´s!

A verdade é que os fabricantes safados se aproveitam da falta de conhecimento da maioria dos consumidores sobre o que é uma fonte de alimentação! Agora imagina, se a maioria não sabe nem o que é uma fonte, muito menos vão saber o que é potência real, eficiência, nível de ruído, etc...

Esses testes são muito importantes para aqueles que pelo menos sabem o que é uma fonte mas não tinham conhecimento do que uma fonte genérica é capaz de danificar um equipamento e desperdiçar energia, e o mais importante ainda nos testes, é desmascarar fontes que tem aparência de fonte boa mas que na verdade são bombas!!!

Editado por edumoraes

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ela queimou antes que a gente conseguisse capturar essas imagens. Eu já chicoteei meu assistente aqui para que isso não ocorra novamente.

Gráficos podem até faltar, mas o nível de ripple/ruído elétrico na tabela em diferenças cargas, não.

13zbn13.png

Tabela especificando todos os níveis, aliás com excelentes níveis em todos os testes. Colocar simplesmente Aprovado não diz quase nada, a especificação permite um nível muito elevado.

É onde os testes do CdH mais deixam a desejar em comparação aos demais sites especializados.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gráficos podem até faltar, mas o nível de ripple/ruído elétrico na tabela em diferenças cargas, não.

(...)

É onde os testes do CdH mais deixam a desejar em comparação aos demais sites especializados.

Obrigado pela crítica construtiva, eu vou tentar passar a fazer isso. Só estava tentando evitar que a tabela ficasse quilométrica... Mas pode deixar que eu vou pensar um jeito de fazer isso.

Abraços,

Gabriel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostaria de saber se posso perguntar aqui isso (caso não possa, terei de abrir um tópico pra isso???):

Possuo uma fonte seventeam 750Z-AF, 1 vga hd5770, hd 1tb, mobo asus p7p55dle, 2x2gb ddr3 corsair xms3.

Bem, li nos testes algumas coisas sobre a corrente e vi que somando as saídas, chegam a 54A.

Isso quer dizer que preciso colocar no quadro de força uma chave (fusível, sei lá) de 54A?????

Aqui meu pc tá ligado a uma de 15A e vive desligando quando "ligo" a fonte pra ligar o pc. Estava pensando em colcoar 30A, mas depois vi essa soma que dava 54A e já não sei mais o que fazer.

abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostaria de saber se posso perguntar aqui isso (caso não possa, terei de abrir um tópico pra isso???):

Possuo uma fonte seventeam 750Z-AF, 1 vga hd5770, hd 1tb, mobo asus p7p55dle, 2x2gb ddr3 corsair xms3.

Bem, li nos testes algumas coisas sobre a corrente e vi que somando as saídas, chegam a 54A.

Isso quer dizer que preciso colocar no quadro de força uma chave (fusível, sei lá) de 54A?????

Aqui meu pc tá ligado a uma de 15A e vive desligando quando "ligo" a fonte pra ligar o pc. Estava pensando em colcoar 30A, mas depois vi essa soma que dava 54A e já não sei mais o que fazer.

Abraços.

Potência = tensão x corrente

São 54A nas várias linhas da fonte e não da tomada, senão seria uma fonte de 6000 W e não 750.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Aqui meu pc tá ligado a uma de 15A e vive desligando quando "ligo" a fonte pra ligar o pc. Estava pensando em colcoar 30A

NÃO troque o disjuntor sem trocar a fiação por uma mais grossa ou vai colocar fogo em sua casa, sem exagero, pode perguntar isso para qualquer eletricista que tenha uma boa formação (nada daquele vizinho que é encanador, pedreiro, eletricista, porteiro, padeiro, marceneiro e pintor nas horas vagas)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
nada daquele vizinho que é encanador, pedreiro, eletricista, porteiro, padeiro, marceneiro e pintor nas horas vagas

Resumindo, marido de aluguel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×