Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Corsair HX850W

       
 71.219 Visualizações    Testes  
 23 comentários

A Corsair HX850W é uma fonte de alimentação equipada com sistema de cabeamento modular e componentes de alta qualidade que promete eficiência de até 90%, lançada para concorrer com as fontes das séries Antec Signature e Seasonic M12D.

Teste da Fonte de Alimentação Corsair HX850W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Corsair HX850W é uma fonte de alimentação equipada com sistema de cabeamento modular e componentes de alta qualidade que promete eficiência de até 90%, lançada para concorrer com as fontes das séries Antec Signature e Seasonic M12D. Vejamos se ela sobrevive aos nossos testes.

É importante notar que os modelos HX750W, HX850W e HX1000W da Corsair não têm nenhuma relação com outros modelos desta mesma série. Elas utilizam um projeto completamente diferente (e melhor, diga-se de passagem) usando um conversor DC-DC para gerar as saídas de +5 V e +3,3 V, como as fontes das séries Antec Signature e Seasonic M12D. Estes modelos HX são fabricados pela CWT, enquanto que demais modelos da série HX são fabricados pela Seasonic. Por que a Corsair manteve o mesmo nome é um mistério. Em nossa opinião eles deveriam ter usado um nome diferente para que os clientes soubessem que estão diante de uma classe diferente de produtos, voltada para usuários que estão procurando por uma fonte de alimentação de alta qualidade e alta eficiência.

A Corsair HX1000W usa dois transformadores internamente, enquanto que a HX850W e a HX750W usam apenas um.

Fonte de alimentação Corsair HX850W
Figura 1: Fonte de alimentação Corsair HX850W.

Fonte de alimentação Corsair HX850W
Figura 2: Fonte de alimentação Corsair HX850W.

A HX850W é relativamente longa: mede 18 cm de profundidade. Ela possui uma ventoinha de 140 mm em sua parte inferior e circuito PFC ativo, é claro. Além disso, a HX850W utiliza um projeto com um único barramento.

Esta fonte vem com um sistema de cabeamento modular, mas o cabo principal da placa-mãe (20/24 pinos), o cabo ATX12V/EPS12V (dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V) e dois cabos de alimentação auxiliares de seis/oito pinos para placas de vídeo saem de dentro da fonte. Esses cabos são protegidos por um acabamento de nylon que parte de dentro da carcaça da fonte.

O sistema de cabeamento modular tem dez conectores e a HX850W vem com todos eles, além de dois adaptadores para converter plugues de alimentação para periféricos em plugues de alimentação para a unidade de disquete. Os cabos inclusos são:

  • Quatro cabos de alimentação auxiliares para placas de vídeo com um conector de seis/oito pinos em cada um deles.
  • Três cabos de alimentação SATA com quatro plugues cada.
  • Três cabos de alimentação para periféricos com quatro plugues cada.

A quantidade de cabos e conectores disponíveis é realmente impressionante. Com seis conectores de alimentação auxiliares para placas de vídeo você pode facilmente instalar até três placas de vídeo topo de linha configuradas no modo SLI sem usar nenhum tipo de adaptador (cada placa de vídeo desta classe requer dois conectores de alimentação auxiliares).

O cabo principal da placa-mãe, o cabo ATX12V/EPS12V e os cabos da placa de vídeo são longos, medindo 60 cm e, portanto, você provavelmente não terá problema em usar esta fonte em um gabinete “full-tower”. Os plugues de alimentação SATA e para periféricos medem 40 cm de distância entre a ponta que sai da fonte e o primeiro conector. A distância entre cada conector nesses cabos é de 13 cm.

O cabo principal da placa-mãe usa fios 16 AWG, que são mais grossos, enquanto todos os outros fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada.

Fonte de alimentação Corsair HX850W
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Se a fonte recebeu o selo de "Produto recomendado", então o problema na saída 5Vsb seria desprezível?

Essa HX850W seria uma fonte perfeita, se não fosse esse problema.

Eficiência impressionante, porém, oscilação decepcionante. -_-

Pensaria 2x antes de comprar esta fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O circuito do +5VSB é isolado de todo o resto da fonte. É bem possível um defeito na unidade testada pois essa linha é geralmente bastante estável.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na prática, somente um maior estresse sobre os componentes de filtragem do +5VSB na placa mãe.

O +5VSB é usado para alimentar o circuito de partida da placa mãe, porém existem capacitores e indutores para filtragem adequada da linha. A mesma tensão é usada em várias placas como alimentação de dispositivos PS/2 e USB. No caso do USB, a cada dupla de portas existem capacitores de filtragem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nível de ruído exorbitante na saída 5Vsb, atingindo 117,4mV. Decepcionante.:naonao:

De toda forma é uma boa fonte nos outros quesitos.

Mas continuo preferindo a Seventeam 850ZAF, que custa mais de R$ 120,00 a menos que essa Corsair e é do mesmo nível de qualidade.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabens, Clube do Hardware, otimo teste estava aguardando esse teste da Corsair, especialmente desse modelo. Quanto a oscilação L33 crew, ie um ponto negativo sim se comparado com outras fontes top de linha, mas isso não e motivo para rejeitar esse modelo, pois esse e um dos melhores modelos da Corsair e a Corsair e uma das melhores fabricantes de fonte(vejam bem uma das melhores, não é a melhor:D)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Na prática, somente um maior estresse sobre os componentes de filtragem do +5VSB na placa mãe.

O +5VSB é usado para alimentar o circuito de partida da placa mãe, porém existem capacitores e indutores para filtragem adequada da linha. A mesma tensão é usada em várias placas como alimentação de dispositivos PS/2 e USB. No caso do USB, a cada dupla de portas existem capacitores de filtragem.

então digamos que não há um real problema quanto a esse nível de ruído nesta linha certo!? só haveria caso um dos sistemas de filtros q você citou estivesse danificado na placa mãe certo!?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Nível de ruído exorbitante na saída 5Vsb, atingindo 117,4mV. Decepcionante.:naonao:

Acho estranho que a corsair deixe passar algo assim em TODAS suas fontes (desse modelo), acho mais fácil que seja um defeito na peça analisada no CDH (que não deixa de ser um problema, pois não é a primeira vez que se houve falar em problemas de fabricação nas fontes da corsair...[há alguns casos com problemas com a 450VX])

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Se a fonte recebeu o selo de "Produto recomendado", então o problema na saída 5Vsb seria desprezível?

Essa HX850W seria uma fonte perfeita, se não fosse esse problema.

Eficiência impressionante, porém, oscilação decepcionante. -_-

Pensaria 2x antes de comprar esta fonte.

Concordo, afinal o CDH só dá esse selos a produtos custo/benefício.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma perguntinha:

Por que a tensão CA diminui com o aumento da carga?

Falando sobre a fonte, a oscilação não é nem um pouco decepcionante. Se fosse realmente uma tensão importante, daí a fonte não seria recomendada.

Ainda mais que muita gente é adepto de desligar o PC pela tomada...

Editado por Dude Perguntador

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uma perguntinha:

Por que a tensão CA diminui com o aumento da carga?

Devido ao aumento de carga as perdas no transformador, fusíveis/disjuntores e cabeação elétrica aumentam e provocam queda na tensão.

A queda é um pouco exagerada, e indica que há uma impedância relativamente alta na linha: de 111,8 V com 194,5 W foi para 103,5 V com 1009,0 W de consumo. Isso dá cerca de 1 ohm de impedância série equivalente.

Editado por Ughadoo
Erro absurdo de conta! Eu devia estar dormindo...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

estou com uma duvida

pois há 2 modelos de 850W da corsair..

sera q a unica diferença da HX850 pra TX850 é o cabeamento modular, ou tem algo a mais internamente na fonte?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
estou com uma duvida

pois há 2 modelos de 850W da corsair..

sera q a unica diferença da HX850 pra TX850 é o cabeamento modular, ou tem algo a mais internamente na fonte?

São duas boas fontes, mas a HX850 é uma fonte com circuito mais moderno e acaba sendo melhor que a TX850.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Atualizado em 07/08/2009:

Depois que publicamos este teste a Corsair testou esta fonte usando os mesmos padrões de carga apresentados na tabela acima e, com um equipamento diferente, os níveis de ruído para a saída +5VSB foram completamente diferentes (muito baixos). Por favor, clique aqui para ver os resultados. A única explicação que temos é que o nosso equipamento de alguma forma estava interferindo com os resultados. Desta forma nossos comentários sobre a saída de +5VSB não devem ser levados em consideração.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

So vendo agora, é incrivel que a HX 750W que uma fonte anterior a HX 850W tenha conseguido até 910W de extração, fora da sua potência rotulada e a HX 850W tenha consegui apenas 1000W. Deveria se esperar que a fonte puxasse mais que isso, ja que a sua antecessora puxou 50W a mais. A alguma explicação?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
So vendo agora, é incrivel que a HX 750W que uma fonte anterior a HX 850W tenha conseguido até 910W de extração, fora da sua potência rotulada e a HX 850W tenha consegui apenas 1000W. Deveria se esperar que a fonte puxasse mais que isso, ja que a sua antecessora puxou 50W a mais. A alguma explicação?

Isso é muito simples: o equipamento de testes do CDH não consegue extrair mais que 33A em cada um dos 2 barramentos de entrada em 12V. Como são 2 barramentos, o CDH só conseguiu extrair 66A dos 12V, enquanto a Corsair HX850 é rotulada com 70A nessa tensão.

De uma maneira geral o testador é limitado a 1000W de extração numa fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Isso é muito simples: o equipamento de testes do CDH não consegue extrair mais que 33A em cada um dos 2 barramentos de entrada em 12V. Como são 2 barramentos, o CDH só conseguiu extrair 66A dos 12V, enquanto a Corsair HX850 é rotulada com 70A nessa tensão.

De uma maneira geral o testador é limitado a 1000W de extração numa fonte.

Hum interessante, talvez seja isso, mas ja estou garantido que essa e uma otima fonte para se investir ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Hum interessante, talvez seja isso, mas ja estou garantido que essa e uma otima fonte para se investir ;)

Depende da configuração. Se for para a que você usa atualmente, ela é um gasto extremamente alto e desnecessário.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Depende da configuração. Se for para a que você usa atualmente, ela é um gasto extremamente alto e desnecessário.

Meu medo maior e comprar uma fonte, hoje de digamos 650W (da uma folguinha pra minha configuração ainda mas ja fica mais certinho) e amanhã surge uma oportunidade para investir em uma configuração mais parruda (Core i7 e uma boa placa digamos uma GTX 280) e saber que a fonte ja não vai dar conta. Ate pensei em comprar uma GTX 260, mas com essa C3 Tech que eu tenho, e o processador ja com um over de 2.0 ghz seria um perigo eminente (ja que essa fonte fornece até 500w e olhe lá). Seria melhor investir em algo como a fonte que e importante para não dar dor de cabeça depois.:D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Meu medo maior e comprar uma fonte, hoje de digamos 650W (da uma folguinha pra minha configuração ainda mas ja fica mais certinho) e amanhã surge uma oportunidade para investir em uma configuração mais parruda (Core i7 e uma boa placa digamos uma GTX 280) e saber que a fonte ja não vai dar conta. Ate pensei em comprar uma GTX 260, mas com essa C3 Tech que eu tenho, e o processador ja com um over de 2.0 ghz seria um perigo eminente (ja que essa fonte fornece até 500w e olhe lá). Seria melhor investir em algo como a fonte que e importante para não dar dor de cabeça depois.:D

Amigão, com uma boa fonte de 650W como a Corsair TX650 dá pra montar um PC com Core i7 + SLI de GTX285 brincando e ainda sobra potência para um over básico na CPU. Muita gente compra fontes de alta potência achando que isso é necessário para segurar uma configuração top, mas não é.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Amigão, com uma boa fonte de 650W como a Corsair TX650 dá pra montar um PC com Core i7 + SLI de GTX285 brincando e ainda sobra potência para um over básico na CPU. Muita gente compra fontes de alta potência achando que isso é necessário para segurar uma configuração top, mas não é.

Bom montar um Core i7 com uma TX 650W até acredito agora montar um SLI com duas GTX 285 e brincadeira

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Bom montar um Core i7 com uma TX 650W até acredito agora montar um SLI com duas GTX 285 e brincadeira

Então faça você mesmo as contas:

http://extreme.outervision.com/psucalculatorlite.jsp

Essa calculadora faz os cálculos de recomendação de fonte e não da potência que a configuração irá consumir. Portanto o consumo é menor do que a potência que aparece no canto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×