Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Empire EMP-500-BRHE

       
 84.278 Visualizações    Testes  
 27 comentários

Mais um teste de uma fonte de alimentação de marca brasileira, a Empire EMP-500-BRHE de 500 W. Será que ela é uma boa fonte? Confira!

Teste da Fonte de Alimentação Empire EMP-500-BRHE
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Estamos testando hoje mais uma fonte de marca brasileira, a Empire EMP-500-BRHE de 500 W. Será que ela é uma boa fonte? Confira!

Esta fonte é fabricada por uma obscura empresa chinesa chamada KK Power Tech, sendo o modelo KK9966D-500W deste fabricante. Este é o mesmo fabricante das fontes Max Power MP-230-RSTD e Max Power MP-550-RSTD, sendo que a Empire EMP-500-BRHE é baseada na mesma plataforma desta última (neste teste falaremos quais são as diferenças entre as duas).

A propósito, nós já testamos outros dois modelos desta marca: EMP-420-BRHE e EMP480-BRLE.

Empire EMP-500-BRHE
Figura 1: Fonte de alimentação Empire EMP-500-BRHE.

Empire EMP-500-BRHE
Figura 2: Fonte de alimentação Empire EMP-500-BRHE.

A Empire EMP-500-BRHE tem 14 cm de profundidade e uma ventoinha de 120 mm em sua parte inferior. Ela não possui circuito PFC, mas incrivelmente ela é baseada na moderna topologia de chaveamento direto com dois transistores. Esta é a quarta fonte que vemos que não tem circuito PFC mas é baseada nesta topologia – as outras foram a 3R System iCEAGE IA450HP80, a 3R System iCEAGE IA500HP80 e a Max Power MP-550-RSTD. Falaremos mais sobre isto quando analisarmos o primário desta fonte.

Ela não tem nenhum sistema de cabeamento modular e apenas o cabo principal da placa-mãe tem proteção de nylon, que parte de dentro da fonte. Todos os fios são 18 AWG, isto é, usam a bitola recomendada. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos (49 cm).
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V (47 cm).
  • Um cabo com um conector de seis pinos para placas de vídeo (49 cm).
  • Um cabo com um conector de seis/oito pinos para placas de vídeo (49 cm).
  • Dois cabos com dois conectores de alimentação SATA cada (47 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores).
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete (48 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores).

Os cabos possuem bom comprimento mas, apesar de esta fonte ter dois conectores para placas de vídeo, seria melhor se ela tivesse mais conectores para periféricos. Esta fonte tem como vantagem sobre a Max Power MP-550-RSTD (que é baseada no mesmo projeto e rotulada como sendo de 550 W) ter dois conectores para placas de vídeo em vez de apenas um.

Empire EMP-500-BRHE
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Teste legal, uma pena não ter conseguido entregar 500W funcionando bem. Concordo com a conclusão, na parte onde diz que pessoas que desejam uma fonte de desempenho similar e não quer gastar muito, que procurem as iceages.

Na página de conclusão, há um erro no primeiro dos links informados sobre fontes com projeto parecido:

Nós até o momentos só havíamos visto outras três fontes com esta configuração: a 3R System iCEAGE IA450HP80, a 3R System iCEAGE IA500HP80 e a Max Power MP-550-RSTD.

O primeiro link informado (3R System iCEAGE IA450HP80) abre o artigo da max power MP-230-RSTD, e não da fonte informada.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que já disse isso em um outro forum por aí, mas não custa repetir:

As avaliações de fontes que o Clube do Hardware faz são um importante serviço de utilidade pública.

Meus parabéns a toda equipe! :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Acho que já disse isso em um outro forum por aí, mas não custa repetir:

As avaliações de fontes que o Clube do Hardware faz são um importante serviço de utilidade pública.

Meus parabéns a toda equipe! :)

Pois é. Graças ao CDH eu não comprei uma C3Tech:mad:. Ai vi a ICEAGE 450W e achei interessante e pesquisei mais um pouco e só vi elogios dela, comprei e to muito feliz :lol:

Obrigado a todos.

[]'s

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Acho que já disse isso em um outro forum por aí, mas não custa repetir:

As avaliações de fontes que o Clube do Hardware faz são um importante serviço de utilidade pública.

Meus parabéns a toda equipe! :)

Dúvida sobre fonte, para mim e algumas pessoas que conheço que são ligadas em Hardware, virou sinônimo de Clube do Hardware. Sério, virou a bíblia das fontes.

É difícil um desktop ter algum componente digno de um selo "produto bomba", exceto fontes. Pelo contrário, escolher fonte sem conhecer é como andar em um campo minado.

Somado a isso, demais sites não contam com o caro e preciso equipamento para um teste adequado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

elogios não cabem em um oceano: o CDH é o site mais influente para quem quer saber de hardware. Ainda bem que quando comecei a estudar sobre o assunto escolhi o melhor lugar e aprendi com os melhores. E lá se vão 5 anos (eu tenho 17) e cada vez está melhor. Parabéns!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Enquanto não houver regulamentação na temperatura padrão de rotulagem isso vai acontecer muito, a fonte é boa sim, mas deveria ter distinção na classificação por países onde elas são vendidas, como fazem em automóveis pelo tipo de combustível e clima, com as fontes deveria ser igual quanto à temperatura média de cada local.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tenho a fonte testada, uma grata surpresa, uma vez que paguei R$90 em uma nova aqui em São Paulo, na época (um ano e pouco atrás,creio). Ainda possuo a fonte, que será utilizada em outro micro. Obrigado CDH.

Abraço

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Tópico para a discussão do seguinte artigo publicado no Clube do Hardware:

Teste da Fonte de Alimentação Empire EMP-500-BRHE

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1976

Aqui está um pequeno trecho do artigo:

"Estamos testando hoje mais uma fonte de marca brasileira, a Empire EMP-500-BRHE de 500 W. Será que ela é uma boa fonte? Confira!Esta fonte é fabricada por uma obscura empresa chinesa chamada KK Power Tech, sendo o modelo KK9966D-500W deste fabricante..."

Comentários são bem-vindos.

Atenciosamente,

Equipe Clube do Hardware

http://www.clubedohardware.com.br

Tá certo. Só tem um porém. Na caixa da fonte, pode observar, que está marcado "Força Real 400W". Pode verificar, no verso da mesma. Aí que fica estranho.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Menos ruim do que o esperado, mas quando uma fonte esconde a potência combinada nos +12V já é motivo suficiente para se fugir dela. Para dar ideia, a Corsair 550VX, com seus verdadeiros 550W, tem os mesmos 30A em +3.3V e os mesmos 28A em +5V, mas com 41A em +12V. Essa daí parece ter sido feita para alimentar Athlon XP, concentrando sua força nas linhas baixas e fazendo falsa promessa de potência. Infeliz de quem compra, sabendo-se que a Ice Age 450W custa 160 em média ou que uma Elite Power 400 pode ser encontrada por 130.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parece uma boa fonte, pena o fabricante não levar em consideração nosso clima tropical, rotulando a fonte em 500W a 25º, se tivesse rotulado a mesma nos seus 400 ~ 450W não teria levado o selo "bomba", os fabricantes nacionais e importadores deveriam atentar-se ao nosso clima, as fontes seriam melhores dimensionadas e mais eficientes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Na página de conclusão, há um erro no primeiro dos links informados sobre fontes com projeto parecido: O primeiro link informado (3R System iCEAGE IA450HP80) abre o artigo da max power MP-230-RSTD, e não da fonte informada.

Corrigido, obrigado. Caso encontre qualquer outro erro por favor, avise aqui neste tópico.

Abraços,

Gabriel.

Menos ruim do que o esperado, mas quando uma fonte esconde a potência combinada nos +12V já é motivo suficiente para se fugir dela. Para dar ideia, a Corsair 550VX, com seus verdadeiros 550W, tem os mesmos 30A em +3.3V e os mesmos 28A em +5V, mas com 41A em +12V. Essa daí parece ter sido feita para alimentar Athlon XP, concentrando sua força nas linhas baixas e fazendo falsa promessa de potência. Infeliz de quem compra, sabendo-se que a Ice Age 450W custa 160 em média ou que uma Elite Power 400 pode ser encontrada por 130.

Só lembrando que na maioria das fontes de baixo custo o que está impresso na etiqueta não corresponde à realidade, sendo pura fantasia...

Tá certo. Só tem um porém. Na caixa da fonte, pode observar, que está marcado "Força Real 400W". Pode verificar, no verso da mesma. Aí que fica estranho.

Catei em tudo quanto é canto e não vi isso. Talvez eles tenham alterado a caixa recentemente. Só uma obs, força e potência não são sinônimos.

Abraços,

Gabriel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estou usando a fonte testada (não comprei, ganhei de presente de um amigo :D).

Faz pouco tempo (cerca de 1 mes), até então tem se comportado bem, pouco ruído, não tem esquentado muito e melhorou o desempenho do meu pc (fonte antiga wisecase :P). Não sei como ela vai se comportar com o passar do tempo, pretendo trocá-la assim q a grana estiver disponível hehehe.

Abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Comprei essa fonte , so que nao consigo instalar coolers adicionais, pois ela so tem 2 plugs para perifericos que ja estão ocupados , tem algum modo de instalar o cooler pois na minha outra fonte generica tinha 5 plug para perifericos, e nessa so tem 2

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Comprei essa fonte , so que nao consigo instalar coolers adicionais, pois ela so tem 2 plugs para perifericos que ja estão ocupados , tem algum modo de instalar o cooler pois na minha outra fonte generica tinha 5 plug para perifericos, e nessa so tem 2

use adaptadores deste tipo:

130761d1259269126-my-motherboard-has-no-molex-ppic-maxi-525molex3.jpg

Assim pode ligar vários fans em um só cabo.

Só lembre-se de apertar bem as conexões.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu queria que atualizassem esse teste, eu tenho uma empire dessa ai mas ela é totalmente diferente da utilizada pelos testes, não tem 2 conectores pci-ex, internamente tambem é muito diferente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Se ela fosse rotulada 450w, ela teria o selo de produto recomendado?

Usando de bom-senso, não. Seria apenas aprovada, mas não recomendada: Fator de potência baixo, eficiência baixa, falta de PFC ativo, capacitores genéricos... Como alternativa, procure pela Aeroocol 500.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estou com uma duvida que está me atormentando. Vi a matéria sobre a fonte Empire EMP-500-BRHE no site Clube e fiquei preocupado. Recentemente comprei uma placa-mãe usada da positivo para rodar um Pentium 4 com 2 Giga de memoria DDR2 5300 ( 1Giga cada memoria). Minha antiga fonte de 450W ATX não estava suportando dar a carga na maquina ela ligava e quando começava a dar o start no windows o computador desligava.

Então comprei a fonte Empire EMP-500-BRHE mais pelo valor e pelas conexões que ela tem, comprei também um gabinete, novo um thermaltake v3 black edition fiquei contente como gabinete e a fonte novos. Montei a maquina que tem 2 HDs IDES e um GRAVADOR novinho SATA como havia dito a placa-mãe da positivo com um processador Pentium 4 com 2 Giga de memoria DDR2 5300 ( 1Giga cada memoria) fora isso tem uma placa pci usb com 5 portas usb e e ligado a placa duas fãs de 120 milímetros com leds. Sistema operacional windows seven professional.

Então liguei e tudo certo tudo funcionando até que nesse ultimo domingo 01/04/2012 notei que ao realizar uma copia de um DVD para meu HD o computador desligou. estou realizando teste agora tentando eliminar os possíveis problemas ate que li a matéria no site de vocês sobre a fonte EMPIRE. Engraçado que somente quando forço o hardware que ela se desliga. Por eliminação já vi que as memorias estão ok, aquecimento ta não pode ser pois a maquina esta aberta e com duas fãs ventilando para o computador se desligar com exigência de processamento seria um problema com a Fonte ?

Agradeço sua atenção se alguém puder me responder ficarei muito agradecido

Obrigado

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Minha nossa.....Quando lançaram esta fonte,em 2010 eu comprei sem medo nenhum....Na época o meu pc tinha um AMD Athlon 4X,placa-mãe ECS Black Series,2 Gigas de RAM Corsair DDR3 e Placa de Video ATI 5550...E a fonte era essa Empire 500!!! Hoje,7 anos depois,continuo com  esta mesma fonte,mas usando um AMD Fx 4300....E posso falar que ela nunca deu problema nenhum....E ja passou por muitas tempestades,calor de verao extremo e frio....E só ta um pouco empoerada....Esta sim é fonte de verdade...  :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×