Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação eXtream FEX-45T12 de 450 W

       
 113.683 Visualizações    Testes  
 42 comentários

Nós dissecamos a eXtream 450 W, uma fonte extremamente popular no Brasil. Será que ela é realmente capaz de fornecer os 450 W rotulados? Confira!

Teste da Fonte de Alimentação eXtream FEX-45T12 de 450 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A eXtream 450 W (FEX-45T12) é uma fonte de alimentação bastante popular no mercado brasileiro. Neste teste verificaremos se esta fonte é capaz de fornecer sua potência rotulada bem como a desmontaremos para darmos uma olhada a fundo em seu projeto. Confira!

eXtream 450 W
Figura 1: Fonte de alimentação eXtream 450 W (FEX-45T12).

eXtream 450 W
Figura 2: Fonte de alimentação eXtream 450 W (FEX-45T12).

Como você pode ver, esta fonte de alimentação tem uma ventoinha grande de 120 mm em sua parte inferior (a fonte de alimentação está de cabeça para baixo nas Figuras 1 e 2) e uma grade grande na parte traseira onde tradicionalmente encontramos uma ventoinha de 80 mm. Nós aprovamos este projeto, já que ele oferece não apenas um melhor fluxo de ar, mas também a fonte de alimentação produz menos ruído, já que a ventoinha pode girar a uma velocidade de rotação menor do que uma ventoinha de 80 mm para produzir o mesmo fluxo de ar.

Esta fonte de alimentação, no entanto, não tem PFC ativo. Na prática isto significa apenas que o fabricante não pode vender este produto na Europa (você pode ler mais sobre o PFC em nosso tutorial Fontes de Alimentação).

No que diz respeito à eficiência, o fabricante afirma que esta fonte tem uma eficiência mínima de 73%. Lembre-se que fontes de alimentação mais caras têm uma eficiência de pelo menos 80%. Quanto maior a eficiência melhor – uma eficiência de 80% significa que 80% da potência extraída da rede elétrica é convertida em potência nas saídas da fonte de alimentação e apenas 20% é desperdiçada, o que significa uma conta de luz mais baixa – só para você ter uma ideia, fontes de alimentação convencionais possuem uma eficiência inferior a 70%.

Esta fonte vem com quatro cabos de alimentação para periféricos: um cabo de alimentação auxiliar para placas de vídeo com conector de 6 pinos, um cabo contendo três conectores de alimentação padrão para periféricos, um cabo contendo dois conectores de alimentação padrão para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete, e um cabo contendo dois conectores de alimentação SATA.

A quantidade de conectores é mais do que o suficiente para o usuário médio que certamente não terá mais do que dois dispositivos SATA e que está montando um micro básico com uma boa placa de vídeo. No entanto, usuários com mais de dois dispositivos SATA (ou seja, mais de dois discos rígidos), precisarão usar adaptadores caso optem por comprar esta fonte.

O cabo de alimentação principal da placa-mãe tem um conector de 20/24 pinos e esta fonte de alimentação tem um conector ATX12V, mas não possuindo um conector EPS12V.

No que diz respeito à estética, esta fonte de alimentação usa um acabamento de nylon apenas no cabo de alimentação principal da placa-mãe e este acabamento parte de dentro da fonte.

Todos os fios são 18 AWG, o que é perfeito.

Esta fonte de alimentação é na verdade uma Super Flower SF-450P12N. A eXtream não faz a menor questão de esconder isso, pelo contrário, a logomarca da Super Flower está na caixa do produto e na etiqueta da fonte há o verdadeiro modelo dessa fonte, SF-450P12N. O interessante é que este modelo não está listado no site da Super Flower, significando ou que o site da Super Flower está completamente desatualizado (o que é mais provável, já que eles ainda estão anunciando a Computex 2007, que aconteceu em junho de 2007) ou eles simplesmente não fabricam mais esta fonte de alimentação, sendo um produto antigo e não mais fabricado. Nos EUA esta fonte é vendida como Kingwin ABT-450MM e interessante notar que no site da Kingwin eles informam que ela é capaz de fornecer a sua potência rotulada a 50° C, o que é fantástico se for verdade (vamos testar isso, é claro – se for verdade a eXtream deveria incluir esta informação em seu site). Já no site da eXtream diz que ela foi testada para o seu cálculo de MTBF (tempo médio entre falhas) a 25° C, informação também presente no site da Kingwin.

Vamos agora dar uma olhada a fundo na eXtream 450 W.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Você poderia incluir uma foto da ventoinha da fonte no review? Esta é do tipo com rolamentos ou com bucha?

A propósito Gabriel, outra fonte que você poderia analisar/testar ao mesmo tempo para o público norte-americano e brasileiro é esta aqui:

SL-8600EPS

http://www.rosewill.com/product/product.aspx?productId=405 (mercado americano)

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817182087

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817182088

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817701004

http://www.satellite-computer.com/subweb/detail.asp?model=SL-8600EPS%20dual%20fan (mercado brasileiro)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Até que não é tão ruim. Para mim é uma boa fonte para configs. modestas e baratas. Já ví ela sendo vendida por R$155. Quem não está disposto a pagar o preço de uma Corsair ou Zalman, é uma boa pedida.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mais um excelente review. Estão de parabéns.

Como sempre muito esclarecedor e direto, e ainda sobre modelos que são mais populares aqui o que é muito útil para que nós possamos tomar a decisão correta. É um pena realmente perceber que as fontes que estão num preço acessivel, possuam um projeto tão antigo.

E as vezes agente ainda acha que está fazendo um investimento seguro comprando essas fontes de marcas, que as vezes até parecem genericas... por isso, agradeço pelos testes que tem mostrado quais prestam ou não.

Fica uma duvida que não quer calar na minha cabeça:

Já faz algum tempo tinha lido uma informação num forum, citando que o PFC de fato não traz nenhuma economia direta na "conta de luz":

"Grande parte das pessoas se fixam em PFC faz com que a energia custe menos, isso na Europa, mas não no Brasil... Esse conceito foi difundido ai pela internet e está incrustado na cabeça de muitos.. "(FALLER, 2007)

Basicamente quero dizer que pelo que eu entendi, uma fonte com PFC ativo que possui uma eficiencia geralmente maior, não vai gerar uma economia real na conta, já que na energia reativa não é cobrado. Pelo menos foi que eu entendi quando estava procurando uma fonte nova, já faz algum tempo.

Não sou nenhum especialista em eletricidade, pelo contrario, gostaria apenas que isso fosse esclarecido porque fiquei um pouco confuso. Obrigado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns excelente artigo!

no geral essa fonte parece boa, só quero vê se ele é melhor do que a seventeam 450w.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo artigo,

Isso ajuda muito os usuários decidirem qual fonte se adapta a sua necessidade.

Muitos reclamaram do review da HuntKey, mas se você for analisar para um usuário médio ela(huntkey) e a eXtream são boas, pois a eficiência é alta em médio consumo....

Então... Não estou totalmente feliz mas tô tranquilo, pois estas fontes vão abaixar nossa conta de luz "eu espero rsrsr" e não vão acordar nossa mãe de madrugada..

Abraço a todos.

Ótimo Review, mais uma vez parabéns.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nada como testes objetivos. São muito poucos os sites sobre hardware no Brasil, e fora do Brasil também, que geram informação original. É claro, que quanto maior for a quantidade de matéria disponibilizada, maior será a incidência de erros. Mas isso é inerente a qualquer sistema de produção, e pelo o que eu tenho visto, o controle de qualidade do CDH está atento.

Que venham mais testes com fontes populares, principalmente a Extream 350W, que eu tenho.

Saudações !

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Otimo review, assim como os outros !

Parabens Gabriel...

Fiquei impressionado como essas fontes estão usando projetos antigos, primeiro a Seventeam, depois a huntkey, agora a extream ... Pelo menos estão fazendo seu serviço! hehehe!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gabriel, meus parabéns!

Tenho uma fonte dessas no meu Athlon XP antigo, e gostei dela! Apenas acho que você deveria aumentar a corrente nas linhas de 5V e 3,3V pois os computadores domésticos atuais utilizam mais de 6A em cada!

Abraços!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parece que todas as fontes de 450W usam projetos antigos de fonte AT, assim como as fontes genéricas, a diferença é que as de marca "fornecem" a potencia indicada e as genéricas tem potência "PMPO"...

ps: gostaria de solicitar que as fontes que possuírem somente dois conectores SATA no mesmo cabo sejam mais criticadas, pois está cadas vez mais comum drives óticos serem SATA, minha fonte tem somente dois conectores sata no mesmo cabo, para ligar o drive ótico sata que tenho fui obrigado a usar um adaptador, que nem venho com o drive (ainda bem que venho com a placa mãe)

ps2: acho melhor criar uma página de votação para sugestão de teste de modelos de fontes, NÃO aguento mais o pessoal pedindo para testar modelos diferentes, tudo mundo quer saber se sua fonte vagaba explode ou não, coisa chata (heheh a minha eu sei que explode...)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gabriel, parabéns por mais esse review que você disponibilizou pra gente...tá ae uma boa dica pra galera que pretende comprar uma fonte nesta faixa de preço.

Abraço

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Você poderia incluir uma foto da ventoinha da fonte no review? Esta é do tipo com rolamentos ou com bucha?

A propósito Gabriel, outra fonte que você poderia analisar/testar ao mesmo tempo para o público norte-americano e brasileiro é esta aqui:

SL-8600EPS

http://www.rosewill.com/product/product.aspx?productId=405 (mercado americano)

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817182087

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817182088

http://www.newegg.com/Product/Product.aspx?Item=N82E16817701004

http://www.satellite-computer.com/subweb/detail.asp?model=SL-8600EPS%20dual%20fan (mercado brasileiro)

Por favor poste as suas sugestões de fontes para teste SOMENTE neste tópico abaixo:

http://forum.clubedohardware.com.br/sugestoes-fontes-alimentacao/516084

Peço a todos que ajudem a divulgar este tópico nos outros tópicos de testes de fontes, pois uma porção de gente está recomendando fontes para testes nos tópicos de comentários dos testes e não neste tópico centralizado de sugestões de fontes para testes.

Obrigado!

PS: Obrigado pelos elogios, pessoal. Com certeza os testes estão ficando cada vez melhores e mais completos graças às críticas e sugestões de vocês.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Fica uma duvida que não quer calar na minha cabeça:

Já faz algum tempo tinha lido uma informação num forum, citando que o PFC de fato não traz nenhuma economia direta na "conta de luz":

"Grande parte das pessoas se fixam em PFC faz com que a energia custe menos, isso na Europa, mas não no Brasil... Esse conceito foi difundido ai pela internet e está incrustado na cabeça de muitos.. "(FALLER, 2007)

Basicamente quero dizer que pelo que eu entendi, uma fonte com PFC ativo que possui uma eficiencia geralmente maior, não vai gerar uma economia real na conta, já que na energia reativa não é cobrado. Pelo menos foi que eu entendi quando estava procurando uma fonte nova, já faz algum tempo.

Não sou nenhum especialista em eletricidade, pelo contrario, gostaria apenas que isso fosse esclarecido porque fiquei um pouco confuso. Obrigado.

PFC não tem nada a ver com eficiência. PFC faz a fonte consumir menos energia reativa. Só que a energia reativa não é cobrada para usuários residenciais e comerciais, somente para usuários industriais. Uma explicação bem detalhada está neste nosso tutorial:

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/976

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

é parece ser uma otima fonte essa extream 450 pelos testes fiquei até com vergonha da minha huntkey, mas aqui vai um observação a respeito da metodologia de testes, acho que devem forçar mais a linha de 5v pois um intel Q6700 chega a puxar mais de 100watts em cargar total e ainda como vou puxar 400w da linha de 12v se a fonte só tem um misero conector de 6 pinos para o pci ex., seguindo esse raciocinio acho melhor para este tipo de fonte forçar mais a linha de 5v do que a de 12v, e tb porque a efeciência da linha de 5v é menor do que a de 12v e isso poderia interferir no resultado final da efeciência, de qualquer forma são apenas observações a repeito da metodologia de testes, pois achei o teste muito bom e pelo que vi me parece essa extream 450 ser a melhor relação custo beneficio do mercado brasileiro

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
é parece ser uma otima fonte essa extream 450 pelos testes fiquei até com vergonha da minha huntkey, mas aqui vai um observação a respeito da metodologia de testes, acho que devem forçar mais a linha de 5v pois um intel Q6700 chega a puxar mais de 100watts em cargar total e ainda como vou puxar 400w da linha de 12v se a fonte só tem um misero conector de 6 pinos para o pci ex., seguindo esse raciocinio acho melhor para este tipo de fonte forçar mais a linha de 5v do que a de 12v, e tb porque a efeciência da linha de 5v é menor do que a de 12v e isso poderia interferir no resultado final da efeciência, de qualquer forma são apenas observações a repeito da metodologia de testes, pois achei o teste muito bom e pelo que vi me parece essa extream 450 ser a melhor relação custo beneficio do mercado brasileiro

cara que maluco vai comprar e ligar um Q6700 numa extream 450 o cara no minimo compra um zalman 460 ou uma Corsair 450VX so se o cara for muito lesado,quem compra um Q6700 vai comprar uma fonte melhor

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa fonte. Deveria ter comprado ela no lugar dessa minha Huntkey.

E olha que tinha o modelo de 550W no RJ... Mas eu preferi levar Huntkey, pela marca...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostei do review!

Pelo visto acertei na escolha aqui pro meu PC.

Se o fusivel não tivesse queimado ela receberia o selo do CDH?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Essa extream de 450w é melhor doque a Huntkey de mesma potencia? (450w)

Sim.... porque a Huntkey de mesma potência não possui a potência que diz possuir pelo visto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns Gabriel pelo review e pelo modo que você analisou-a, respeitando o limite de potência combinada na linha de +12 V primeiramente e depois extraindo mais corrente dessas saídas, assim não há como contestar caso ela tivesse tido o mesmo fim da Huntkey!!

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
cara que maluco vai comprar e ligar um Q6700 numa extream 450 o cara no minimo compra um zalman 460 ou uma Corsair 450VX so se o cara for muito lesado,quem compra um Q6700 vai comprar uma fonte melhor

Amigo logo o Q6700 vai estar custando aqui no brasil algo em torno de 600 reais e o Q6600 ainda menos sem falar nos Athlon 6000 pra cima, mas de qualquer forma o que eu quis dizer é que ainda existem processadores que demandam energia suficiente para sobrecarregar linhas de 5v fracas, por isso acho que devemos forçar a linha de 5v nos testes!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu tenho uma extream, mas e o modelo de 600w (difere por ter 22a e 21a nas saidas 12v, por ter uma fan adicional atras 80mm e os conectores para alimentacao externa de placas de video (2 conectores)

diz o fabricante que ela aguenta duas placas de video em modo sli/crossfire

no momento ela fornece energia para o meu primeiro pc da assinatura, um quadcore q6600, 4gb de ram, ati x1950pro, motherboard intel d975xbx2, um hd de 400gb e uma dvd-rw.

nunca tive problemas, nem de resets.

A fonte e otima, a proposito, gostaria que testassem esse modelo, se fosse possivel

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se o fusivel não tivesse queimado ela receberia o selo do CDH?

Suponho que a resposta seja não, a menos que site queira perder credibilidade nos testes de fontes, recomendando produtos que não merecem o selo, tal como aliás foi feito no passado recomendando placas da PC Chips.

Fornecer a potência que promete não é mérito, é obrigação.

A Extream tem eficiência inferior a 80%, tem projeto obsoleto, não tem PFC ativo, tem apenas uma bobina de ferrite, fornece mais corrente na linha 5V do que na 12, sendo, portanto, uma fonte boa, mas antiga da Super Flower, reaproveitada como se fosse fonte atual.

O recomendado é pagar mais 30 reais e ficar com uma Zalman 360W.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×