Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Fractal Design Integra R2 750 W

       
 18.984 Visualizações    Testes  
 2 comentários

Vamos dar uma olhada nesta fonte de alimentação de 750 W com certificação 80 Plus Bronze e um preço bem atrativo, nos EUA.

Teste da Fonte de Alimentação Fractal Design Integra R2 750 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Fractal Design Integra R2 está disponível nas versões de 500 W, 650 W e 750 W, todas com certificação 80 Plus Bronze. Vamos dar uma olhada no modelo de 750 W, que tem um preço bem atrativo, nos EUA.  

Esta fonte de alimentação é fabricada pela HEC, sendo uma HEC-750TB renomeada. Esta é a mesma plataforma usada pela Cougar CMX V2 700 W; as únicas diferenças entre elas são os retificadores de +12 V, que são mais potentes na Fractal Design Integra R2 750 W e o uso, na Cougar CMX V2 700 W, de capacitor japonês no primário e a presença de um sistema de cabeamento modular.

Fractal Design Integra R2 750w
Figura 1: Fonte de alimentação Fractal Design Integra R2 750 W

Fractal Design Integra R2 750w
Figura 2: Fonte de alimentação Fractal Design Integra R2 750 W

A Fractal Design Integra R2 750 W mede 140 mm de profundidade, usando uma ventoinha de 120 mm com rolamento de mancal na sua parte inferior (Hong Sheng A1335M12S).

Fractal Design Integra R2 750w
Figura 3: Ventoinha

Esta fonte não apresenta sistema de cabeamento modular. Todos os cabos são protegidos por acabamentos de nylon que saem de dentro da fonte. Esta fonte de alimentação vem com os seguintes cabos:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector 20/24 pinos, 52 cm de comprimento
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V, 66 cm de comprimento
  • Dois cabos, cada um com dois conectores de seis/oito pinos para placas de vídeo, 52 cm até o primeiro conector, 7 cm entre conectores
  • Um cabo com três conectores de alimentação SATA, 56 cm até o primeiro conector, 14 cm entre os conectores
  • Um cabo com três conectores de alimentação SATA, 36 cm até o primeiro conector, 14 cm entre os conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conectores de alimentação para unidades de disquete, 55 cm até o primeiro conector, 13 cm entre os conectores

Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada.

A configuração dos cabos é compatível com a de uma fonte de 750 W voltada ao usuário médio.

Fractal Design Integra R2 750w
Figura 4: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Considerando o preço, é uma boa opção. Mas quem quer montar uma "rig" mais forte com SLI/CF de placas fortes pode querer investir mais na fonte.

Ainda acho que a HEC poderia ter feito versões de menor potência (300W, 400W) deste projeto, pois assim concorreria bem com as fontes de entrada (Corsair CX, Seasonic S12II).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por 750W a 80 dólares, reclamar do quê, não é mesmo? Ôpa, mas a CX750 com boa supressão de ripple e regulação de tensão em 2% é só 5 dólares a mais... Aí a vaca vai pro brejo. Não dá ainda para recomendar a HEC.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×