Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Leadership 4740 de 400 W

       
 46.321 Visualizações    Testes  
 24 comentários

Testamos mais uma fonte de marca nacional de baixo custo, desta vez o modelo 4740 da Leadership, rotulada como sendo de 400 W. Será que presta? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação Leadership 4740 de 400 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Testamos mais uma fonte de marca nacional de baixo custo, desta vez o modelo 4740 da Leadership, rotulada como sendo de 400 W. Será que presta? Confira.

Leadership 4740
Figura 1: Fonte de alimentação Leadership 4740

Leadership 4740
Figura 2: Fonte de alimentação Leadership 4740

A Leadership 4740 segue o projeto das antigas fontes ATX, com 14 cm de profundidade e ventoinha de 80 mm em sua parte traseira.

Ela obviamente não tem nenhum sistema de cabeamento modular e também não traz proteção de nylon em nenhum de seus cabos. Todos os fios são 20 AWG, isto é, são mais finos do que o mínimo recomendado (18 AWG). Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos, 30 cm de comprimento
  • Um cabo com um conector ATX12V, 32 cm de comprimento
  • Um cabo com dois conectores de alimentação SATA, 30 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores
  • Um cabo com dois conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para unidades de disquete, 30 cm até o primeiro conector, 15 cm entre conectores

A configuração de cabos desta fonte mostra que ela definitivamente é um produto de baixo custo, com cabos extremamente curtos.

Leadership 4740
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Esses testes são um grande chamariz de xingamentos e revoltas... Além disso dão resultado além do óbvio... Eu nem entro em detalhes técnicos pois você já sabe o resultado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É uma completa porcaria, disso não tenho a menor dúvida.

O projeto dessa fonte é obsoleto (bom até aí, nenhuma novidade). A regulação de tensão da linha de +5 V de algum modo está atado ao da linha de +12 V. Essa fonte foi projetada para receber mais carga em +5 V do que em +12 V, e tanto a análise do secundário quanto da etiqueta deixam isso claro. Quando o testador subiou mais a carga em +12 V do que em +5 V, isso fez com o que a fonte precisasse fazer com que a regulação de tensão de +5 V subisse para a tensão em +12 V não caísse mais ainda... Obviamente, devido às fortes limitações dos outros componentes, isso não deu certo. Mas o projeto da fonte não prevê tamanha carga em +12 V sem uma carga em +5 V que corresponda à esse aumento.

Também não me surpreende a queima do retificador de +12 V, pois estava se puxando desta linha mais do que a etiqueta permitia.

Um item interessante foi a publicação da tensão obtida na linha de +3,3 V durante o teste 4. 3,39 V ainda é uma tensão dentro da faixa de 3%. Pergunto: por que não fazem o mesmo sempre, e ao invés de ficar apenas publicando que ficou dentro dos 3%, não publicam todos os valores exatos obtidos??????

Editado por ignacho
erros de digitação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Um item interessante foi a publicação da tensão obtida na linha de +3,3 V durante o teste 4. 3,39 V ainda é uma tensão dentro da faixa de 3%. Pergunto: por que não fazem o mesmo sempre, e ao invés de ficar apenas publicando que ficou dentro dos 3%, não publicam todos os valores exatos obtidos??????

Ignacho,

Como você deve ter percebido, eu leio sempre as críticas construtivas postadas por você e demais leitores, e sempre tenho melhorado os testes. Sua sugestão foi levada em consideração e passamos a publicar esta tabelinha. Quanto a publicar todos os valores de tensão, fizemos da maneira apresentada para deixar claro quais foram as saídas problemáticas, fiquei com receio de publicar todos os valores e não ficar bem claro quais são os problemáticos. Mas como disse, vou levar sua sugestão em consideração.

Abraços,

Gabriel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Ignacho,

Como você deve ter percebido, eu leio sempre as críticas construtivas postadas por você e demais leitores, e sempre tenho melhorado os testes. Sua sugestão foi levada em consideração e passamos a publicar esta tabelinha. Quanto a publicar todos os valores de tensão, fizemos da maneira apresentada para deixar claro quais foram as saídas problemáticas, fiquei com receio de publicar todos os valores e não ficar bem claro quais são os problemáticos. Mas como disse, vou levar sua sugestão em consideração.

Abraços,

Gabriel.

O que acharia de fazer que nem o AnandTech? Eles publicam a porcentagem de diferença em relação ao valor nominal e também o valor obtido entre parênteses, mas continuando a publicar as cargas aplicadas (coisa que eles infelizmente não fazem). O unico problema ao meu ver seria ter que ir para a calculadora para calcular as diferenças em porcentagem. mas a publicação dos valores obtidos é feito em todos os sites que fazem testes com fontes. a única exceção é o Clube do Hardware. Aí fica um pouco difícil entender o receio...

Ou ao invés disso, vocês podem adotar uma tabela colorida... Poderiam deixar as faixas de tensão de até 1% em verde, até 2% em azul, até 3%% em lilás, até 4% laranja até 5% em amarelo e fora de 5% em vermelho, ou coisa do tipo. No caso das linha de -12 V, aí poderia ver um esquema similar...

Abraço

Editado por ignacho

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quando vi a lista de últimos artigos, testes e tutoriais e vi a marca Leadership já vi que ia ser outra piada, salvo aquela fonte Goldship testada tempos atrás. Eles tem alguns produtos bons (gabinetes) mas essas fontes são realmente uma comédia. Agradeço à equipe do CDH por publicar estes testes, assim posso comprar ao menos uma fonte que seja no mínimo decente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Essas fontes de baixo custo da leadership não é de ser esperar muita coisa, um verdadeiro lixo mesmo, alto ripple elétrico, não fornece sua potência rotulada, além disso você corre o risco da queima dos componentes do seu computador.

Não dar pra acreditar como o Brasil permite vender esse lixos tecnológico vindo de países desenvolvidos como a china.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mais outra imitação de fonte que teve a proeza de ser reprovada em todos os testes que Gabriel não mencionou dessa vez,

só uma curiosidade, o conector 20/24 dessa fonte os fios saem de dentro da fonte ou é apenas uma ponte ligado ao conector de 20 pinos dessa fonte ingual outra leadership que eu vi? Me refiro os do conector principal, não o conector 12+12.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tiro e queda. Pessoas revoltadas com a qualidade da fonte. Não sei porque as fontes ruins atraem mais comentários... Devem ser porque elas causam maior repercussão. Acho que deveria ser o contrário, as pessoas comentarem mais sobre as fontes boas, pois assim pode aumentar a quantidade dessas fontes também. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Tiro e queda. Pessoas revoltadas com a qualidade da fonte. Não sei porque as fontes ruins atraem mais comentários... Devem ser porque elas causam maior repercussão. Acho que deveria ser o contrário, as pessoas comentarem mais sobre as fontes boas, pois assim pode aumentar a quantidade dessas fontes também. ;)

Porque comentamos sobre essa fonte ruim...

1. Fabrica nacional,

2. Criado no Brasil

3. Fabricado no Pais das bananas

:D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Depois reclamam que as Placas Foxconn/PCWARE e HD's Seagate/Western Digital/Samsung são ruins. Olha aí o motivo dos componentes estragarem.

marcoscl,

Leadership é apenas um "integrador". Compra da China e etc e revende no Brasil. Não fabrica um parafuso se quer.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa concepção. A Pacific Network é a menos ruim. A Coletek SFX testa recentemente é melhor do que ela mesmo com o selo bomba. Mas esta Leadership, como diz Mauro Cezar Pereira, é uma fonte pífia.

Olha, não é bom criar a falsa ilusão que não vai existir mais produtos dessa qualidade no Brasil, pois até nos EUA tem tranqueiras como essas... Mais importante que ficar comentando fonte só porque é fonte de empresa brasileira é tentar olhar os produtos lá de fora. O brasileiro tem o mal costume de ficar julgando as coisas pela sua nação, por isso, a fonte brasileira chama mais a atenção. Eu começaria a mudar essa atenção pro mercado asiático de fontes, pois este é mais interessante ao meu ver.

Editado por NyanDere

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
existe então alguma coisa que preste nessa faixa de preço ?

Não tem nada que preste aí. A Pacific Network também é bomba, mas poucos se dão conta disso porque as cargas aplicadas +5 V e +3,3 V foram muito baixas, o que empurrou o problema dos níveis de oscilação e ruído para debaixo do tapete. Fora que ela também não tem estágio de filtragem de transientes.

Em última inbstância, quem se safa é a Coletek SFX...

Mas sinceramente, comprar fontes sem filtragem de transientes é armadilha...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quer uma sugestão pra fazer com os R$40 pedidos pela fonte?

Leve sua namorada para um rodízio de pizza, te garanto que é bem melhor, e no final vai durar até mais que esse treco. :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como sempre , LEADERSHIP ou quero dizer MERDASHIT honrando sua tradição . O que é tenso é que a LEADERSHIP possui produtos bom , o que mancha a empresa mesmo são suas fontes , assim como outras bombas recém testadas aqui . -_-

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Como sempre , LEADERSHIP ou quero dizer MERDASHIT honrando sua tradição . O que é tenso é que a LEADERSHIP possui produtos bom , o que mancha a empresa mesmo são suas fontes , assim como outras bombas recém testadas aqui . -_-

Tenho que lhe informar que outros produtos também não ruins, não só as fontes.

Olho vivo na hora de comprar qualquer coisa da leadership, os produtos bons dela são a exceção e não a regra.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sim , gostei do que você disse , mas potencialmente ruim são as fontes de alimentação , isso que quis dizer , embora não que não sejam todos os produtos da LEADERSHIP sejam bons , mas o que mais mata são suas fontes . Pobre MERDASHIT .

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×