Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Mtek PSH-750V

       
 56.056 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Testamos o modelo de 750 W da popular Mtek. Será que ela consegue realmente entregar 750 W? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação Mtek PSH-750V
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Distribuição da Potência

Na Figura 14 você pode ver a etiqueta contendo todas as especificações de alimentação da PSH-750V.

Mtek PSH-750V
Figura 14: Etiqueta da fonte de alimentação.

Como você pode esta fonte tem quatro barramentos virtuais de +12 V. Esses barramentos estão distribuidos da seguinte forma:

  • +12V1 (fio amarelo sólido): Conectores de alimentação auxiliar para placas de vídeo, metade do EPS12V.
  • +12V2 (fio amarelo com listra preta): ATX12V, metade do EPS12V.
  • +12V3 (fio amarelo com listra azul): Cabo principal da placa-mãe.
  • +12V4 (fio amarelo com listra laranja): Todos os conectores de alimentação para periféricos e SATA.

Uma coisa muito interessante que o fabricante fez foi discriminar na etiqueta as cores dos fios de 12 V, assim você tem como saber a qual barramento cada cabo está conectado sem a necessidade de se abrir a fonte.

Nós achamos esta distribuição interessante.

Vamos ver agora como esta fonte se comporta no mundo real.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Isso sem contar que a própria C3Tech PSH-750 custa menos e é um produto melhor.

Já cheguei a ver ela aqui em Recife (onde componentes costumam ser muito caros, especialmente fontes de alimentação) por 440 reais, um mês atrás.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se ela fosse bem mais barata até dava pra negociar, mas com o preço próximo ao de outras boas e de qualidade inferior não dá..

Triste ver eles usarem um bom modelo mas com peças de especificação inferior. :(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Se ela fosse bem mais barata até dava pra negociar, mas com o preço próximo ao de outras boas e de qualidade inferior não dá..

Triste ver eles usarem um bom modelo mas com peças de especificação inferior. :(

Acho que o problema nem é este último Xita, mas sim o preço mesmo. Porque a razão de usar peças inferiores seria baratear né? Inflacionaram apenas porque é uma fonte de 750W e a maioria das pessoas só compara isso entre as fontes.

Pra mim o resultado do teste é admirável e apresenta algo de positivo: uma marca de produtos bem genéricos (já tive um mouse Mtek, ôoooo tristeza!) buscando um mínimo de qualidade.

Hoje estamos exigentes com 80% mínimo de eficiência, mas há bem pouco tempo, se ficou acima de 75% já era produto a se recomendar.

Se mais fabricantes genéricos buscassem esse mínimo de qualidade e eficiência, mas com adequação de preço (que faltou nessa fonte testada), nosso mercado seria zilhões de vezes melhor.

[]'s

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se mais fabricantes genéricos buscassem esse mínimo de qualidade e eficiência, mas com adequação de preço (que faltou nessa fonte testada), nosso mercado seria zilhões de vezes melhor.

[]'s

Bom ponto ! :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se a empresa tivesse preço,como o xita falou daria pra negociar,mas que é uma boa fonte é,com chatos pontos negativos.

Editado por pedropc'stecla

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caraca agora fiquei meio assustado, todo mundo anda falando que a fonte da C3 Tech DSA-5060V é a mesma DSA-500V da CWT, e se for um projeto modficado para baratear o custo final, porque pelo preço é de desconfiar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Caraca agora fiquei meio assustado, todo mundo anda falando que a fonte da C3 Tech DSA-5060V é a mesma DSA-500V da CWT, e se for um projeto modficado para baratear o custo final, porque pelo preço é de desconfiar.

Então Margones, e esta fonte citada por você está na lista para ser testada tb, creio que em breve teremos o teste dela aqui.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×