Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação NZXT HALE82 850 W

       
 36.609 Visualizações    Testes  
 5 comentários

A HALE82 é a mais nova série de fontes de alimentação da NZXT, com sistema de cabeamento modular, projeto DC-DC e certificação 80 Plus Bronze. Vejamos se o modelo de 850 W é uma boa opção.

Teste da Fonte de Alimentação NZXT HALE82 850 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A HALE82 é a mais nova série de fontes de alimentação da NZXT, disponível em versões de 650 W, 750 W e 850 W. Essas fontes possuem sistema de cabeamento modular, certificação 80 Plus Bronze e projeto DC-DC. Vejamos se você deve considerar a compra do modelo de 850 W.

As fontes HALE82 são fabricadas pela Seasonic, sendo modelos M12II Bronze renomeados. Lembre-se de que a fontes HALE90 da NZXT são fabricadas por uma empresa diferente, a Super Flower.

NZXT HALE82 850 W
Figura 1: Fonte de alimentação NZXT HALE82 850 W

NZXT HALE82 850 W
Figura 2: Fonte de alimentação NZXT HALE82 850 W

A NZXT HALE82 850 W mede 16 cm de profundidade e tem uma ventoinha de 120 mm com rolamento de esferas em sua parte inferior (ADDA AD1212HB-A70GL).

Como mencionamos, esta fonte tem sistema de cabeamento modular com seis conectores, dois para placas de vídeo ou cabos de alimentação ATX12V/EPS12V e quatro para cabos de alimentação SATA e para periféricos. Quatro cabos estão permanentemente instalados na fonte. Esta fonte vem com os seguintes cabos:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos, 52 cm de comprimento, permanentemente instalado na fonte de alimentação
  • Um cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V, 68 cm de comprimento, permanentemente instalado na fonte de alimentação
  • Um cabo com um conector EPS12V, 60 cm de comprimento, sistema de cabeamento modular
  • Dois cabos com dois conectores de seis/oito pinos para placas de vídeo, 55 cm de comprimento até o primeiro conector, 10 cm de comprimento entre os conectores, permanentemente instalados na fonte de alimentação
  • Um cabo com dois conectores de seis/oito pinos para placas de vídeo, 56 cm até o primeiro conector, 10 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular
  • Dois cabos com três conectores de alimentação SATA cada, 54 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular
  • Um cabo com dois conectores de alimentação SATA, 36 cm de comprimento até o primeiro conector, 16 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular
  • Dois cabos com três conectores de alimentação para periféricos cada, 56 cm até o primeiro conector, 15 cm entre os conectores, sistema de cabeamento modular

Todos os fios são 18 AWG, que é o mínimo recomendado.

A configuração de cabos é boa para uma fonte de 850 W, com seis conectores de alimentação para placas de vídeo (permitindo a instalação de três placas de vídeo topo de linha), dois conectores EPS12V e oito conectores de alimentação SATA. Seria melhor se o terceiro cabo SATA tivesse três conectores em vez de apenas dois.

NZXT HALE82 850 W
Figura 3: Cabos

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


O fato da fonte não entregar os 840W das linhas de +12V nos testes seria por causa do projeto DC-DC dela? (ou seja, 70A considerando as saídas de +5V e +3,3V)?

Se diminuir o consumo das linhas de +5V e +3,3V será que ela entregaria mais corrente nos +12V? Pois uma fonte desse 'naipe', rotulada à 850W e "só" entregar algo útil na casa dos 800~810W é estranho. Não estou reclamando do teste, só fiquei com essa duvida mesmo. As etiquetas destas fontes com projeto DC-DC ficam "subentendidas" com valores reais não compreensíveis (entenderam? kkkkkk), tipo, além da lógica apresentada acima, eu ainda poderia ir mais além e considerar os 840W - 150W, o que daria uns 690W reais exclusivos para os +12V.

agora até eu to confuso comigo mesmo :D

Editado por =insane=

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A Fonte pode ser encontrada na Newegg.com por US$ 130.

.....Mas, como se compra deste site. Eles entregam aqui no Brasil. Demora muito a chegar?

:unsure::wacko::D:cool:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se diminuir o consumo das linhas de +5V e +3,3V será que ela entregaria mais corrente nos +12V?

Sim, a fonte é basicamente uma fonte +12V. Pode fornecer 70A, e até 170W nas linhas baixas, que são derivados da linha +12V. Quando surgir outro teste em outro site - ou então teste da Seasonic original no HardOCP, Jonny Guru ou Kit Guru - você poderá observar que irão colocar uns 30W apenas nas linhas +5 e +3.3V (computador moderno consome em torno disso ou no máximo do máximo 40W), deixando todo o resto da carga em +12V (exceto alguma coisa também para -12V e 5VBS). Mas quando a fonte não tem projeto DC-DC a potências das linhas baixas não ficam vinculadas à linha +12V, aí se justifica maior carga nas linhas baixas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Alguma coisa estranha aconteceu na linha de +12 V nestes testes.

Oras, sabemos que se trata de uma fonte com conversão DC-DC no secundário. Como consequeência disto, a linha de +12 V é diretamente limitada pela carga apliaca nas linhas de +5 V e +3,3 V. Mas no teste de sobrecarga diz que ao tentar puxar do que 62 A na linha de +12 V (o que dá 744 W) a fonte simplesmente desligava. Entretanto, neste tste de sobrecarga conseguiu-se puxar aproximadamente 180 W destas linhas, aproximadamente 100 W a mais do que nos testes normais.

Mas permanecendo esta mesma mesma carga de 80 W nestas duas linhas, porque não se conseguiu puxar mais 24 W da linha de +12 V, mas se conseguiu puxarr mais 100 W das linhas de +5 e +3,3 V? A impressão que eu tenho é que havia algum problema com a amostra testada, provavelmente no OCP. Os testes do TechPowerUp! conseguiram puxar 64 A na linha de +12 V no teste de 100% de carga, e também conseguiu puxar os 70 A em +12 V prometidos pela fonte no segundo teste de crossload.

Talvez isso tivesse sido percebido com mais facilidade se fosse revisado o que se puxa das linhas de baixa tensão. Aliás, aqui há uma grande contradição, visto que os testes dizem querer refletir a realidade do consumo dos PCs. O que acaba acontecendo é que esse pretexto é inválido. De um lado puxa mais da linha de +12 V do que a etiqueta especifica (isso quando a fote tem uma linha de +12 V fraca), e do outro, , quando a fonte tem conversão DC-DC ou pelo menos uma linha de +12 V mais forte se puxa mais das linhas de baixa tensão sabe-se lá para que. Aí faço a pergunta elementar: quanto realmente se demanda destas linhas?

Uma GeForce GTX 580 demanda apenas 0,4 A da linha de +3,3 V. Todo o restante vem da linha de +12 V.

http://www.xbitlabs.com/images/video/geforce-gtx-580/gtx580_plines.png

Quanto demanda um HD da linha de +5 V? Eu olhei aqui um HD SATA que eu tenho, um Maxtor DiamondMax 10 120 GB 7200 RPM. 0,74 A. Quanto mais da linha de +3,3 V? Eu não tenho esse dado aqui, mas duvido que ultrapasse 0,5 A. Imagino que o mesmo vale para um gravador de DVD.

O processador demanda da linha de +12 V. Acho que só resta então algum periférico adicional ou então a placa-mãe para somar isso tudo... Vai chegar em 100 W, contabilizando ainda as linhas +5VSB e -12 V?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×