Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação OCZ EliteXStream 1000 W

       
 49.108 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Atualmente a OCZ EliteXStream 1000 W é uma das fontes de alimentação de 1.000 W mais em conta do mercado. Será que ela é uma boa fonte? Vejamos se ela sobrevive aos nossos testes.

Teste da Fonte de Alimentação OCZ EliteXStream 1000 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A OCZ EliteXStream 1000 W é hoje uma da fontes de alimentação de 1.000 W mais em conta do mercado. Isto foi possível graças à redução da quantidade de cabos de alimentação auxiliares para placas de vídeo (apenas quatro) e a ausência de um sistema de cabeamento modular, recursos presentes em outros modelos de 1.000 W. Por outro lado a OCZ consegui colocar esta fonte dentro de uma carcaça com apenas 16 cm de profundidade, enquanto que outros modelos de 1.000 W, como a Corsair HX1000W, precisa de uma carcaça maior com 20 cm de profundidade. Mas esta é uma boa fonte de alimentação? Vejamos se ela sobreviverá aos nossos testes de carga.

Nós estávamos curiosos para testar esta fonte especialmente porque já tínhamos testado outro modelo de 1.000 W da OCZ, a ProXStream 1000 W, que não se saiu muito bem em nossos testes: o uso de duas placas de circuito impresso e ventoinhas de 80 mm fez com que ela esquentasse muito, além de ser pesada e barulhenta e apresentar eficiência abaixo de 80% quando extraímos 800 W ou mais dela. Com esses dois problemas nós simplesmente não podemos recomendar a ProXStream 1000 W.

Assim como a ProXStream 1000 W, a EliteXStream 1000 W é pequena, como mencionamos, mas pelo menos a OCZ usou uma ventoinha de 120 mm com rolamento “riffle” em sua parte inferior em vez de ventoinhas de 80 mm em suas partes frontal e traseira. Como você sabe, ventoinhas de 120 mm ou maiores na parte inferior da fonte é melhor pois oferece um maior fluxo de ar e um menor nível de ruído.

Fonte de alimentação OCZ EliteXStream 1000 W
Figura 1: Fonte de alimentação OCZ EliteXStream 1000 W.

Fonte de alimentação OCZ EliteXStream 1000 W
Figura 2: Fonte de alimentação OCZ EliteXStream 1000 W.

Como você pode ver, esta fonte não tem um sistema de cabeamento modular, o que ajudou a reduzir seu custo de fabricação e seu preço para o usuário final.

Esta fonte tem “apenas” quatro cabos de alimentação auxiliares para placas de vídeo, todos usando conectores de 6/8 pinos. Nós dissemos “apenas” porque modelos de 1.000 W concorrentes podem oferecer seis ou mais cabos, o que é desejável em fontes de 1.000 W. Fontes de alimentação nesta faixa de potência são claramente voltadas para micros com três ou quatro placas de vídeo. Como as placas de vídeo muito topo de linha necessitam de dois conectores de alimentação auxiliares, com a EliteXStream 1000 W você pode alimentar apenas duas placas de vídeo muito topo de linha diretamente. Se você quiser ter mais placas de vídeo você precisará usar adaptadores para converter plugues de alimentação para periféricos em conectores de alimentação para placas de vídeo.

A EliteXStream 1000 W tem quatro cabos para periféricos, um com quatro conectores de alimentação para periféricos, um com quatro conectores de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete e dois com quatro conectores de alimentação SATA cada. A fonte também tem um conector EPS12V sem suporte a ATX12V e o conector da placa-mãe de 24 pinos não pode ser transformado em um conector de 20 pinos. Portanto você pode usar esta fonte apenas com placas-mães com um conector EPS12V.

No que diz respeito a estética todos os cabos utilizam um acabamento de nylon que parte de dentro da carcaça da fonte.

Nesta fonte todos os fios para periféricos são 18 AWG, com os fios de +5 V e +3,3 V do cabo principal da placa-mãe sendo 16 AWG, o que é realmente interessante (ou seja, eles são mais grossos). Seria legal ver mais fios 16 AWG em um produto de 1.000 W.

Este fonte de alimentação tem PFC ativo (ou seja, pode ser vendida na Europa) e por causa disto também tem seleção automática de tensão. A OCZ diz que esta fonte tem eficiência de 82%. Claro que mediremos a eficiência durante nossos testes.

Esta fonte é na verdade fabricada pela Impervio. Este fabricante também produz fontes de alimentação para a SilverStone. Apesar da aparência externa, do layout interno e do primário da OCZ EliteXStream 1000 W e da SilverStone OP1000-E serem idênticos, os secundários dessas duas fontes são completamente diferentes.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Caramba, excelente teste e excelente fonte tamb, mas meu comentário é sobre o modo que vocês especificaram neste teste (e no da Corsair HX1000W) em quantos cabos vem os conectores SATA e para periféricos, 8 conectores em 2 cabos, ao invés de dizer apenas que tem 8 conectores.

Ainda estou longe ($$$$ :)) de montar um pc que precise de uma fonte destas mas seria legal que especifiquem isto nos testes das fontes de menor potência (aliás todos os outros testes), pois as vezes, mesmo se tiver a quantidade de conectores necessários você ainda precisa recorrer aos adapdadores.

Um exemplo disto é minha Cooler Master 460W (ou 430W) que tem 3 conectores SATA em apenas 1 cabo.

Como meu HD e minha grav. DVD são SATA, tive que usar um adaptador para a grav. DVD pois nem se eu usasse os conectores das extremidades ainda sim não alcançava.

Tá ai pessoal, até a próxima.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente teste. Bem prático e detalhado, como sempre.

Entretanto:

Quem precisa de uma fonte de 1000W?

Que tipo de configuração exige tanto?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Excelente teste. Bem prático e detalhado, como sempre.

Entretanto:

Quem precisa de uma fonte de 1000W?

Que tipo de configuração exige tanto?

Alguém com duas 4870X2 ou três GTX280 + um QX9770 overclockado por exemplo..

Ou algupem com uma configuração menos forte mas que queira trabalhar na eficiência máxima da fonte..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Alguém também que além de ter um pc "consumista", não quer trocar de fonte por uns 3000 anos, hehe :D

Eu gostaria de um teste da ZM1000-HP para comparações, já que a 600HP arrasou no teste daqui :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gabriel, o link não está abrindo aqui agora, então não pude verificar...

Por acaso esse novo wattimetro lhe permite fazer sobrecarga em fontes de 1000W já?

Grande abraço e parabéns pelo excelente trabalho!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gabriel, o link não está abrindo aqui agora, então não pude verificar...

Por acaso esse novo wattimetro lhe permite fazer sobrecarga em fontes de 1000W já?

Grande abraço e parabéns pelo excelente trabalho!

Essa é uma limitação do testador de fontes ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×