Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Teste da Fonte de Alimentação Powerstrike 500 W

       
 50.039 Visualizações    Testes  
 50 comentários

Hoje testamos mais uma fonte “nacional”, a Powerstrike de 500 W que, de acordo com o fabricante, é uma fonte de potência real. Podemos confiar ou é pura balela? Confira.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Hoje testamos mais uma fonte “nacional”, a Powerstrike de 500 W que, de acordo com o fabricante, é uma fonte de potência real. Podemos confiar ou é pura balela? Confira.

Powerstrike 500 W
Figura 1: Fonte de alimentação Powerstrike 500 W.

Powerstrike 500 W
Figura 2: Fonte de alimentação Powerstrike 500 W.

As fontes da Powerstrike não possuem circuito de PFC e, portanto, são baseadas na topologia meia-ponte. O que dizer da frase “eficiência real 500 W” na etiqueta da fonte, frase que não quer dizer absolutamente nada? Mas olhando atentamente a etiqueta da fonte, quase caímos para trás. Repare bem a etiqueta da Figura 3. Tem uma mágica aí quem nem o Mister M consegue explicar. Esta fonte é anunciada como sendo uma fonte de potência real de 500 W. Mas a etiqueta diz que ela só aguenta 400 W, com 375 W das linhas principais (+12V, +3,3 V e +5 V) e os outros 25 W das linhas -12 V e +5VSB. Ou pelo menos achamos que é isso, porque  a linha que divide “375 W” de “25 W” está no meio da coluna “-12 V”. Esses 25 W também estão mal explicados. O limite de 3 A em +5VSB nos dá 15 W. O limite de 0.5 A em -12 V nos dá 6 W. Somando dá 21 W. De onde saiu os outros 4 W? Aí tem a frase “Potência de Pico: 475 W” e, “fechando a tampa”, “Potêncial Total: 500 W”. Socorro!

Powerstrike 500 W
Figura 3: Etiqueta da fonte.

O número de registro da UL impresso na etiqueta resolve para a FSP, mas se essa fonte foi realmente projetada pela FSP ou se a Powerstrike simplesmente copiou essa logomarca de outra fonte qualquer ainda é um mistério para nós.

Atualizado em 07/09/2009: a FSP demorou um pouco para nos responder. Eles enviaram as fotos desta fonte para a equipe de desenvolvimento deles e eles disseram que esta fonte NÃO É fabricada pela FSP. Ou seja, nossa suspeita de que a Powerstrike simplesmente copiou o número do registro UL de outra fonte foi confirmada. Em nosso entender isto é fraude por dois motivos, primeiro possivelmente esta fonte nunca foi certificada pela UL e, segundo, eles estão usando indevidamente o número de registro de outra empresa.A Powerstrike de 500 W tem 14 cm de profundidade, vindo com uma ventoinha de 120 mm em sua parte inferior.

Nenhum sistema de cabeamento modular é usado e todos os cabos usam uma proteção de nylon, que parte de dentro da fonte. Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com conector de 20/24 pinos.
  • Cabo com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.
  • Um cabo de alimentação auxiliar para placas de vídeo com um conector de seis pinos.
  • Um cabo de alimentação SATA com dois plugues.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com dois plugues padrão e um conector de alimentação SATA.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com dois plugues padrão e um conector de alimentação para unidades de disquete.

A quantidade de cabos é baixa para um produto de 500 W. Esta fonte deveria ter mais um cabo de alimentação para placas de vídeo e pelo menos mais dois plugues de alimentação SATA. Com ela você só conseguirá instalar diretamente uma placa de vídeo intermediária. Para instalar uma placa de vídeo topo de linha você terá de converter plugues de alimentação para periféricos em um plugue de alimentação para placas de vídeo, usando um adaptador que não vem com a fonte.

Os cabos são curtos, medindo 41 cm entre a carcaça da fonte e o primeiro conector do cabo, dificultando a instalação desta fonte em gabinetes do tipo “full tower”. Cabos com mais de um conector possuem 14 cm de distância entre os conectores.

Powerstrike 500 W
Figura 4: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Editado por

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários




É, mais uma falcatrua prevista.. Desde a primeira vez que algum colega aqui do fórum solicitou a minha opinião sobre essa fonte , meio que sem conhecer a mesma, meio com poucos dados, não me furtei de comentar com esse colega, e ele se nos lê vai lembrar.....

O padrão de comportamento do fornecedor falcatrua é claro na ausência dos dados, é claro na invenção de frases de efeito tais como a famosa "eficiência real de 500 Watts", uma verdadeira pérola de uma profundidade a toda prova...

Dizia ao nobre colega que me interpelava... Que ele prestasse atenção no nome do grupo que capitaneava a representação da fonte aqui no Brasil...

GrupoAFINS.jpg

Dizia dele... É o verdadeiro grupo "AFINS" de te enrabar... Não errei nem um pouco...

Abraço...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

hahaha que engraçado, gostei do icone, produto bomba aehueahaeuhaeuhae

cara que fonte ruim, que eficiência péssima, nem sequer funciona direito 5v, nossa sem explicação pra isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É pênalti !!!!!!!!!!!!! :eek:

Poxa, confusão na etiqueta, não passar em nenhum dos testes, com esta eficiência e este preço ? (_(:naonao:

..

Ainda bem que temos alternativas de qualidade por aqui.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

"Power Strike, trazendo futuro para as suas mãos"

e junto com o "futuro" traz também uma "explosão" hauahuaha

É mais uma fonte trash, ótimo trabalho CDH, mas infelizmente ainda tem muitas fontes por ai q se dizem "reais" mas de real mesmo só a cara de pau dos fabricantes ou importadores...

Não e absurdo é um vendedor do Ml dizer q essa fonte guenta um "Sli"

http://www.mercadolivre.com.br/jm/item?site=MLB&id=100249599

Coitado do pessoal q vai comprar uma HD4850 + PowerStrike, vai queimar rapidinho :D

Editado por wz.williamzu

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

que lixo de fonte!!!!

pior que as "leadershit" porque nao tentam vender produtos bons em vez de ludibriar os consumidores.

ainda bem que to muito feliz com a minha satellite :D que nos ultimos anos melhorou sua qualidade

PS: Parabens pelo teste e pelo excelente icone Gabriel Torres haahaha

finalmente ouviu nossas preces :P

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Adorei o posicionamento do clube. Acho realmente algo maravilhoso quando alguém diz exatamente o que tem que ser dito: Produto Bomba! Adorei, acho que fica muito claro para leigos e não leigos no assunto. Parabéns ao clube.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não me contive e enviei um e-mail para a tal "empresa"...

Acredito que todos que acompanharam o teste devem divulgar a "seriedade" desta

que tem como slogan: "Trazendo as mais altas tecnologias até você".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em primeiro lugar parabéns aos testes que estão sendo realizados.

Quanto a fonte é uma bomba mesmo!!!!!!!!!

Este treco aí foi reprovado em todos os testes:eek:

Esta porcaria não serve para nada pelo visto só para queimar os componentes do PC e soltar uns fogos de artifícios se é que ela tem força para isto.

Pelo visto é mais uma empresa enganadora, imagina a beleza de 650W da mesma marca.

Editado por calabria08

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O nome já diz tudo: PowerSTRIKE!

E tem gente por aí dizendo que vale a pena viver no brasil, é um pais lindo, lindas mulheres, vários pontos turísticos, comida boa, que, somente ricos podem REALMENTE usufruir.

Desculpa o off, nao aguentei. O povo quer ganhar dinheiro de qualquer forma. Nao estão nem aí para o consumidor final. Pena que nao existe lei/verificaçao ou alguma coisa para tirar estas fontes do mercado.

Mais: "temos que valorizar os produtos brasileiros!". Valorizar como? Em 2009 usando projeto de 2002, que nao cumpre nem metade do anunciado? Ah, claro. Iremos muito longe nesse país.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

''powerbosta'' deveria ser o nome brincadeira essa marca, eu fiquei indignado a pior fonte já testada pela equipe a fonte é realmente uma ''carniça'' o pior é que infelizmente o brasil não tem jeito daqui a algumas gerações pode melhorar mas no momento não vai para a frente não infelizmente........

ga g31m-s2l/ pentium dual core e2140 @ 2.5/2 gravadores de dvd lg 1 sata e 1 ide+1 de cd/2gb de ram 667 em dual channel/hd 2x250gb samsung+1x1 160gb samsung/6 exaustores e 26º graus o cpu já overclockado/nvidia 8600gt 512mb zoggis/subwoofer 2.1 clone/thermaltake de 600w reais w.o 129ru/genius 5.1/lcd samsung 2232bw plus 22 polegadas/placa de captura pixelview/ windows vista ultimate edition

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
"Power Strike, trazendo futuro para as suas mãos"

e junto com o "futuro" traz também uma "explosão" hauahuaha

É mais uma fonte trash, ótimo trabalho CDH, mas infelizmente ainda tem muitas fontes por ai q se dizem "reais" mas de real mesmo só a cara de pau dos fabricantes ou importadores...

Não e absurdo é um vendedor do Ml dizer q essa fonte guenta um "Sli"

http://www.mercadolivre.com.br/jm/item?site=MLB&id=100249599

Coitado do pessoal q vai comprar uma HD4850 + PowerStrike, vai queimar rapidinho :D

SLI e loucura (_( Eu também fico espantado da mesma, forma como existe picareta vendendo fontes de péssima qualidade. O usuário atualmente so pensa configuração como processador,placa mãe,memória,placa de vídeo esquecendo da fonte. A fonte conseguiu se desempenhar até mal na prova de filtragem de transientes, coisa que a C3TECH DSA-5060V não conseguiu, e se desempenhar pior que a Leadership.

Em geral estou gostando dos testes e principalmente desse selo bomba que esta denunciando esses produtos que andam afora pelo brasil.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

E agora, que poderá nos ajudar ????

"Eu, o Clube do Hardware !!!"

rsrsr

Valeu ae Gabriel por fazer um selo de produto bomba, do qual eu propus um tempo atras.

Agora sim, como este selo vai fazer diferença, é muita.

Realmente, POOOWWEERRRSTRIKEEERRRRRRR...KBUM !!!!!!!!!!!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Credo! Nem aqui "no isolamento" de minha cidade eu vi dessa fonte pra comprar (e olha que fontes genéricas/ baratas tem de quilo).

Realmente casou bem o selo "Produto bomba"! Um horror ...

Valeu CHD! Continuem fazendo valer o direito do consumidor ...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Melhor o cara colocar uma granada dentro do gabinete do que essa fonte... Ambos causarão o mesmo efeito! :D

[]s!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sem condições ... triste ver como anda o mercado brasileiro. Esta empresa mereçe um belo processo de quem comprou este tipo de produto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu tenho essa a quase 1 ano. bom o que posso dizer verdadeiramente dela depois esse teste. Obg clubedohardware. QUando comprei essa fonte já sabia que ela n tinha os 500W REAL, mais achava que tivesse pelo menos uns 300. Bom com 5 meses de uso a minha 8600GTS foi pro saco com ela. Agora ja sei o que queimou a minha placa. Ja ja vou trocar essa fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois é gente.. Esse tipo de coisa existe e muito aqui no Brasil.

Mas irei confessar. Estou Feliz pacas!!!!

Essa semana estava procurando um fonte nova para substituir a minha SevenTeam 420BKV, Rodei toda a cidade de Campos/RJ a ÚNICA vendida como REAL era essa PowerStriker 500w (R$ 165,00) e a 600w (R$ 185,00). Não levei a menor Fé, peguei a caixa olhei a etiqueta fiz as contas e achei realmente muito estranho!

Voltei pra casa, entrei na net, pesquisei e encomendei a mais barata, outra SevenTeam 750ZAP por R$ 410,00 (com o frete), sem dor na consciência!

E aprendi o valor de um boa fonte, anos atrás, quando por causa de uma fonte vagabunda, perdi um processador (Athlon XP3200), um placa PCI (fax modem) e a MOBO (A7N8E-X Deluxe), e isso tendo um No-break!

Depois disso, Fonte Genérica, Desconhecida, Sem Tradição ou que não leia um teste aqui no CDH, nem pensar!

valeu Gente!

Obrigado e parabéns a Equipe do CDH pelo excelente trabalho!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O pior de tudo é a aparente falsificação do registro UL. O UL que está na etiqueta (E190414) é mesmo do grupo FSP, mas a fonte não se parece nada com uma FSP e nem tem a familiar inscrição "SPI" nos transformadores que as FSP tem. Neste site tem imagens de uma FSP de baixo custo aberta: http://www.anandtech.com/casecoolingpsus/showdoc.aspx?i=3487&p=16

Não ter aprovação UL não é problema no Brasil, mas falsificar documentação é grave. Essa marca acaba de passar para o ponto mais baixo da minha lista.

O bordão do faller para essa marca ("Grupo AFINS de te enrabar") se revelou muitíssimo adequado...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Com estes testes que estão saindo estava pensando se além do selo de aprovado e de bomba tivesse também selos intermediários de classificação do produto, tipo fonte meia boca, fonte boa mas com rótulo mentiroso....fica a sugestão ou até mesmo junto com o selo uma nota de avaliação geral de 1 a 10 juntamente com a potência real que a fonte realmente é capaz de fornecer com estabilidade, com o objetivo do consumidor poder comparar com a potência rotulada pelos fabricantes.

Editado por calabria08

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nessas horas dá vergonha de ser braZileiro, viram a importancia das fontes de qualidade e começam a vender umas tranqueiras com rótulo mentiroso..Não duvido nada que Braview, Wisecase entre outras estão no mesmo patamar.

Coitado de quem comprou e de quem precisa vender para comer o pão de cada dia...

E se for pra ter uma fonte com essa péssima qualidade, prefiro usar uma genérica e ir juntando os trocados até poder comprar realmente uma fonte...

Pagar R$ 130,00 conto numa caixa preta dessas, prefiro uma Seventeam 350W, eficiencia podre, mas faz o que promete..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Agradeço a força, pessoal. Estamos aqui para isso mesmo.

O selo "Produto Bomba" foi sugestão de vocês, para separar os produtos que podem realmente queimar componentes dentro do micro. É nossa intenção criar outros tipos de selo intermediários sim, é só questão de tempo.

O registro da UL parece ter sim sido copiado da caixa de outra fonte. Eu mandei essa questão para um amigo que é engenheiro da FSP, assim que tiver uma resposta mais concreta posto aqui.

Nós também compramos o modelo de 650 W, o teste deve sair em breve. Temos vários outros produtos "nacionais" a serem testados nos próximos dias, aguardem! :cool:

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora