Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Seventeam ST-380PAS

       
 47.037 Visualizações    Testes  
 26 comentários

A ST-380PAS é a mais nova fonte de alimentação simples da Seventeam. Será que ela é um bom produto? Será que ela pode fornecer sua potência rotulada? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação Seventeam ST-380PAS
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A ST-380PAS é a mais nova fonte de alimentação simples da Seventeam, marca extremamente popular no Brasil, equipada com PFC ativo e uma ventoinha de 120 mm na parte inferior. Será que ela é um bom produto? Será que ela pode realmente fornecer sua potência rotulada? Confira.

A Seventeam é uma das poucas empresas que realmente fabricam fontes no mercado. São eles que fabricam as fontes da XG/MGE e alguns modelos da Cooler Master.

 Um detalhe engraçado é que na etiqueta, escrita em inglês de chinês, diz “Breakage Invalid” (“Inválida Quebradura”) em vez de “Warranty Void if Broken” (“Garantia inválida se rompido”), um erro reincidente em produtos da Seventeam. Porque não demitem logo este tradutor?

Fonte de alimentação Seventeam ST-380PAS
Figura 1: Fonte de alimentação Seventeam ST-380PAS.

Fonte de alimentação Seventeam ST-380PAS
Figura 2: Fonte de alimentação Seventeam ST-380PAS.

A ST-380PAS é uma fonte de alimentação pequena, medindo 14 cm de profundidade.

Apenas o cabo principal da placa-mãe usa acabamento de nylon, que parte de dentro da carcaça da fonte, como você pode ver na Figura 3.

O cabo principal da placa-mãe usa um conector de 20/24 pinos e a fonte vem com dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.

A Seventeam ST-380PAS vem com quatro cabos de alimentação para periféricos: um com um conector de alimentação auxiliar de 6/8 pinos, um com três conectores de alimentação SATA, um com dois plugues de alimentação para periféricos e um com um plugue de alimentação para periféricos e um conector de alimentação para a unidade de disquete.

Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada.

Nós achamos que a Seventeam poderia ter adicionado pelo menos um plugue de alimentação para periféricos extra, já que esta fonte vem com apenas três deles. Apesar de a ST-380PAS vir com três plugues de alimentação SATA, a distância entre o primeiro e o último é de apenas 28 cm, o que pode ser um problema caso você queira instalar uma unidade óptica SATA e um disco rígido SATA neste cabo dependendo das baias onde você instalou esses dispositivos.

O bacana nesta fonte é que temos um conector EPS12V, recurso normalmente não encontrado em fontes de alimentação abaixo de 400 W, e o plugue de alimentação da placa vídeo usa um conector de 6/8 pinos.

A distância entre a carcaça da fonte e o primeiro conector em cada cabo é de 42 cm, e a distância entre cada conector nos cabos que tem mais de um plugue é de 14 cm.

Fonte de alimentação Seventeam ST-380PAS
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




ST-380PAS, ou Zalman ZM360B-APS (R$205 no boadica) ? Quanto a qualidade dos componentes, qual é a melhor (mais durável) ?

Se for comparar pelo número de conectores, já que ambas as fontes são excelentes, eu ficaria com a Zalman. Ela tem 1 conector molex e SATA a mais que a Seventeam e 2 conectores PCI-E de 6 pinos cada.

No mais, ótimo teste e excelente fonte, com ótimo custo/benefício.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente teste.

É sempre gratificante ver testes de fontes baratas e populares, e mais gratificante ainda quando se saem tão bem.

Vamos ver o que mais vem por aí, já que o Gabriel disse que tem várias fontes com reviews saindo do forno.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

hmm, agora temos 2 fontes excelentes por menos de 200 reais, facilita muito na hora de montar aquela configuração com valor bem limitado que mandam

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Se for comparar pelo número de conectores, já que ambas as fontes são excelentes, eu ficaria com a Zalman. Ela tem 1 conector molex e SATA a mais que a Seventeam e 2 conectores PCI-E de 6 pinos cada.

No mais, ótimo teste e excelente fonte, com ótimo custo/benefício.

Não esquecendo que a Zalman 360B-APS é mais potente no que interessa.

Abraço.

Ótimo teste, essa fonte era de confiança minha

Minha máquina é velha, mas mesmo assim não vejo a hora de sair da fonte genérica...

Tú também não vás ver a hora da sua conta de luz cair em valor.

E olha que a diferença é boa.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uau! Que maravilha!

Nós já recomendávamos essa fonte ostensivamente nos tópicos apropriados, e agora sela sua magnífica qualidade. Ao meu ver, a única diferença entre esta e a Zalman 360APS é a garantia, o resto é irrelevante.

Muito bom vê-la atingindo até 491W de pico com eficiência acima de 82,3% :eek: !

Nota 10 em todos os aspectos, com preço bem acessível. Em fim uma forte concorrente para a consagrada Zalman 360APS. Parabéns pelo excelente teste!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma boa opção para uma fonte reserva!!!!!

Boa e Barata.

Só quem encarou um feriadão com uma fonte queimada sabe ...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uau! Que maravilha!

Nós já recomendávamos essa fonte ostensivamente nos tópicos apropriados, e agora sela sua magnífica qualidade. Ao meu ver, a única diferença entre esta e a Zalman 360APS é a garantia, o resto é irrelevante.

Muito bom vê-la atingindo até 491W de pico com eficiência acima de 82,3% :eek: !

Nota 10 em todos os aspectos, com preço bem acessível. Em fim uma forte concorrente para a consagrada Zalman 360APS. Parabéns pelo excelente teste!

Creio superrot.

Que a Seventeam 380PAS são seja uma concorrente em pé com a Zalman 360B-APS pela sua potência.

Foi um grande feito pela Seventeam criar uma fonte barata, com uma potência pra quem não usa 26A nos 12V como da Zalman 360B-APS e com essa eficiência muito boa.

Concordam ?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fiquei surpreso de ver a eficiência, pra quem tem 1 VGA sem Raid é muita economia 87%!

Só não entendi a parte das proteções e barramentos...

Um deles não tinha barramento, mas a proteção funcionou? Não entendi muito bem...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Só não entendi a parte das proteções e barramentos...

Um deles não tinha barramento, mas a proteção funcionou? Não entendi muito bem...

Ela não tem proteção OCP separada para cada saída +12V, então se comporta como se tivesse uma única saída +12V (como a Corsair 450VX, por exemplo). Isso é até desejável, porque para uma fonte dessa faixa de potência as proteções OCP individuais mais atrapalham que ajudam. Existe porém alguma outra proteção que a desligou quando se tentou puxar potência acima de 491W, evitando a queima da fonte.

No site da Seventeam está indicado que essa fonte tem proteções OVP (sobre tensão), UVP (sub tensão), OPP (sobre potência) e proteção contra curto-circuito. A proteção OPP é que deve ter desligado a fonte quando a potência pedida no teste foi excessiva.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Creio superrot.

Que a Seventeam 380PAS são seja uma concorrente em pé com a Zalman 360B-APS pela sua potência.

Foi um grande feito pela Seventeam criar uma fonte barata, com uma potência pra quem não usa 26A nos 12V como da Zalman 360B-APS e com essa eficiência muito boa.

Concordam ?

João, eu me referia à faixa de potência à qual essa fonte se enquadra. Juntando esse aspecto com o preço e o resultado do teste, na minha opinião essa é uma concorrente em pé de igualdade com a 360APS, que não é uma fonte de 360W, você sabe disso.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
João, eu me referia à faixa de potência à qual essa fonte se enquadra. Juntando esse aspecto com o preço e o resultado do teste, na minha opinião essa é uma concorrente em pé de igualdade com a 360APS, que não é uma fonte de 360W, você sabe disso.

Abraço.

É Super...

Mas 60W de diferença é uma diferença considerável.

Não acha ?

Abraço meu amigo

Editado por João Gorilão

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
É Super...

Mas 60W de diferença é uma diferença considerável.

Não acha ?

Abraço meu amigo

Que 60W são esses? Seriam apenas 20W (360W na Zalman e 380W na Seventeam) ou (400W na Zalman e 380W na Seventeam), visto que a Zalman foi muito generosa ao etiquetar a 360APS.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Que 60W são esses? Seriam apenas 20W (360W na Zalman e 380W na Seventeam) ou (400W na Zalman e 380W na Seventeam), visto que a Zalman foi muito generosa ao etiquetar a 360APS.

A Seventeam tem 21A nos 12V e a ZAlman tem 26A nos 12V.

Subtraindo dão 60W de diferença.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A Seventeam tem 21A nos 12V e a ZAlman tem 26A nos 12V.

Subtraindo dão 60W de diferença.

Abraço.

Agooora sim deu pra entender; você se referia aos 12V e não à potência global.:D

Forte abraço amigo!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×