Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação SilverStone Strider ST50F 500 W

       
 54.615 Visualizações    Testes  
 21 comentários

Hoje nós desmontamos a Strider ST50F, uma fonte de alimentação de 500 W da SilverStone. Será que ela é um bom produto? Será que ela é uma boa fonte e pode realmente fornecer 500 W? Confira.

Teste da Fonte de Alimentação SilverStone Strider ST50F 500 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A SilverStone tem várias linhas de fontes de alimentação com potências variando de 350 W a 1.200 W e estávamos muito curiosos para testar um produto deste fabricante. Para o nosso primeiro teste de um produto da SilverStone nós decidimos dar uma olhada em um produto mais simples, como a Strider ST50F, que é uma fonte de alimentação de 500 W que custa, nos EUA, US$ 67. Como é este produto comparado a outras fontes de alimentação da mesma faixa de potência que testamos até o momento? Será que esta fonte pode realmente fornecer sua potência de 500 W? Será que ela é um bom produto para o usuário comum? Vejamos.

SilverStone Strider ST50F 500 W
Figura 1: Fonte de alimentação SilverStone Strider ST50F 500 W.

SilverStone Strider ST50F 500 W
Figura 2: Fonte de alimentação SilverStone Strider ST50F 500 W.

Como você pode ver, esta fonte de alimentação usa uma grande ventoinha de 120 mm “de bucha” em sua parte inferior (a fonte de alimentação está de cabeça para baixo nas Figuras 1 e 2) e uma grande grade na parte traseira onde tradicionalmente temos uma ventoinha de 80 mm. Nós gostamos desta abordagem já que ela oferece não apenas um melhor fluxo de ar, mas a fonte de alimentação também produz menos ruído, já que a ventoinha pode girar a uma velocidade menor de modo a produzir o mesmo fluxo de ar de uma ventoinha de 80 mm.

Esta fonte de alimentação tem PFC ativo, que oferece uma melhor utilização da rede elétrica e permite que a SilverStone venda este produto na Europa (leia nosso tutorial sobre o PFC em nosso tutorial Fontes de Alimentação). No que diz respeito a eficiência, a SilverStone diz que este produto tem uma eficiência de 80%. Claro que mediremos isto para ver se o que o fabricante afirma é verdade. Lembre-se que fontes de alimentação mais caras têm uma eficiência de pelo menos 80%. Quanto maior a eficiência melhor – uma eficiência de 80% significa que 80% da potência extraída da rede elétrica é convertida em potência nas saídas da fonte de alimentação e apenas 20% é desperdiçada, o que significa uma conta de luz mais baixa – só para você ter uma ideia, fontes de alimentação convencionais possuem uma eficiência inferior a 70%.

O cabo de alimentação principal da placa-mãe usa um conector de 20/24 pinos e esta fonte tem dois conectores ATX12V que juntos formam um conector EPS12V.

Esta fonte vem com cinco cabos de alimentação para periféricos: um cabo de alimentação auxiliar para as placas de vídeo com dois conectores de 6 pinos, um cabo contendo três conectores de alimentação para periféricos padrão e um conector para a unidade de disquete, um cabo contendo três conectores de alimentação para periféricos padrão e dois cabos com três conectores de alimentação SATA cada.

A quantidade de plugues de alimentação oferecida por esta fonte de alimentação é mais do que o suficiente para o usuário comum, com seis plugues de alimentação SATA e seis plugues de alimentação para periféricos. A única coisa que não gostamos foi que os dois plugues de 6 pinos para as placas de vídeo estavam conectados ao mesmo cabo. Nós achamos que teria sido melhor se a SilverStone tivesse usado dois cabos separados.

SilverStone Strider ST50F 500 W
Figura 3: Como os conectores de alimentação de 6 pinos da placa de vídeo são conectados à fonte.

Nesta fonte todos os fios são 18 AWG exceto os fios da saída de -12 V (azul) e “power good” (cinza), que são 24 AWG e provavelmente os fios mais finos que já vimos em uma fonte de alimentação até hoje. Isto não é exatamente um problema já que essas duas saídas não puxam muita corrente.

No que diz respeito à estética, a SilverStone não usou acabamento de nylon em todos os cabos, o que pode ter ajudado a reduzir o preço desta fonte.

Esta fonte de alimentação é fabricada pela FSP e após a termos desmontada descobrimos que ela usa o mesmo projeto da Zalman ZM360B-APS e da ZM460B-APS, possivelmente sendo idêntica à Zalman ZM460B-APS (como ainda não testamos a ZM460B-APS não podemos afirmar com certeza). Como durante os nossos testes a ZM360B-APS mostrou-se ser um excelente produto estávamos esperando que este modelo da SilverStone também se saísse bem.

Vamos agora dar uma olhada em mais profundidade nesta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


(_( Teste sem noção do Clube do Hardware, fica um desapontamento aqui, modelo de fonte totalmente desconhecido no Brasil, não conheço ninguem que use ou venda, existem dezenas de fontes para serem testadas que são muito usadas no Brasil como a Famosa Satellite 600W, HUntkey 550, :muro:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não importa se é desconhecida, fica como uma alternativa para quem quer uma boa fonte e não seja Zalman, OCZ ou outras mais caras. Nessa faixa de preço (se chegar aqui custando R$ 250,00 mesmo) ela vai brigar com muita fonte tipo a ST AG550 ou Huntkey.

Bom teste.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Teste sem noção ?

Affe, menos.

Essa fonte pode não ser popular no Brasil mas existe a venda e com a divulgação dos testes ela pode se popularizar mais, assim como serve de comparativo com outros testes pra sabermos como é um produto de boa qualidade.

Não é porque outros testes são mais "urgentes" que eles serão realizados, isso depende da disponibilidade da peça pra teste, e da disponibilidade da equipe pra realizar os testes.

Não entendi uma coisa do teste..

O PFC ativo não elimina a necessidade de varistor ?

Ah, o preço dessa fonte passou meio longe da previsão, ele beira R$ 500.. Silverstone no Brasil é bem caro infelizmente.

Editado por Evandro

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

se realmente chegar ao brasil com este preço , como o proprio teste informa "Esta é uma excelente fonte para o mercado brasileiro. Mesmo com o tradicional “custo Brasil” ela deve chegar aqui custando na faixa de R$ 250 – desde que, é claro, não haja nenhum empresário ganancioso no meio do caminho –, "

Teremos que aguarda quando chega..porém parece ser mesmo uma boa fonte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
(_( Teste sem noção do Clube do Hardware, fica um desapontamento aqui, modelo de fonte totalmente desconhecido no Brasil, não conheço ninguem que use ou venda, existem dezenas de fontes para serem testadas que são muito usadas no Brasil como a Famosa Satellite 600W, HUntkey 550, :muro:

Nao sei porque sem noção!

Por pessoas que acham sem-noção esses testes é que os produtos bons acabam nao se popularizando aqui no Brasil.(_(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Antes fossem só as fontes, e os gabinetes ? :eek:

Uma outra coisa que não gostei nessa fonte foi o cooler de bucha, isso diminui uma titica no preço, seria bem melhor um rolamentado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
(_( Teste sem noção do Clube do Hardware, fica um desapontamento aqui, modelo de fonte totalmente desconhecido no Brasil, não conheço ninguem que use ou venda, existem dezenas de fontes para serem testadas que são muito usadas no Brasil como a Famosa Satellite 600W, HUntkey 550, :muro:

Aí é que está o "x" da questão. Porque empresários gostam de importar produtos ruins? Será que justamente não é por causa de usuários como você que não conhecem produtos de melhor qualidade e não fazem pressão para que os empresários parem de empurrar produtos de baixa qualidade e passem a vender bons produtos?

O nosso objetivo é fazer alguma diferença no mercado brasileiro e não sermos passivos aceitando calados tudo o que acontece por aqui.

Acho que atingimos o nosso objetivo com este teste: mostrar que há uma fonte de boa qualidade e mais barata que poderia ser vendida no Brasil enquanto nos empurram produtos piores e mais caros.

Lembre-se: no Brasil o pessoal só importa e empurra produtos ruins (em geral sobra de produtos que os fabricantes não conseguiram vender nos EUA ou Europa) porque as pessoas compram.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
(_( Teste sem noção do Clube do Hardware, fica um desapontamento aqui, modelo de fonte totalmente desconhecido no Brasil, não conheço ninguem que use ou venda, existem dezenas de fontes para serem testadas que são muito usadas no Brasil como a Famosa Satellite 600W, HUntkey 550, :muro:

desculpe, mas sem noção foi esse seu comentário... se você quer ver suas fontes favoritas em ação, acredito que o CDH aceita doações viu.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

250,00 reais preço sugerido pelo CDH ainda acho caro.

A seventeam 420 BKV custa em torno de 160,00 pode não ter mais componentes e projeto obsoleto mais passou por todos os testes e todas as proteções funcionaram não sei porque não deram um selo pra ela...orgulho...rss...brincadeira..rss..

Se essa fonte custar aqui no máx. uns 170,00 ai sim valeria a pena.

e mandava as hunkey pro inferno da china.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
poderiam testar esse modelo Fonte ATX 2.01 akasa AK-P350G-BK , afinal tem sido muito comprado e recomendado,porém sem nenhum teste do gabarito do Clube do Hardware.Será que oferece mesmo 350w?

Ela já está na lista de sugestões. O Gabriel Torres pediu para concentrar todas as sugestões no tópico abaixo:

http://forum.clubedohardware.com.br/sugestoes-fontes-alimentacao/516084

É a primeira da lista de sugestões. O nome está esquisito porque ficou grudado ao da AVC AVS-350.

O correto da lista seria como abaixo:

A fonte parece ser bem feita, apenas tem linhas +12 V algo fracas (apenas 16 A combinados) e falta saber a sua eficiência real.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vou postar lá!Tomara que saia,comprei uma e quero ver se é confiável!hehe!Por fora é bonita,mass beleza engana,visto as leadership que são lindas!hehe!

Editado por jeffxy

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Aí é que está o "x" da questão. Porque empresários gostam de importar produtos ruins? Será que justamente não é por causa de usuários como você que não conhecem produtos de melhor qualidade e não fazem pressão para que os empresários parem de empurrar produtos de baixa qualidade e passem a vender bons produtos?

O nosso objetivo é fazer alguma diferença no mercado brasileiro e não sermos passivos aceitando calados tudo o que acontece por aqui.

Acho que atingimos o nosso objetivo com este teste: mostrar que há uma fonte de boa qualidade e mais barata que poderia ser vendida no Brasil enquanto nos empurram produtos piores e mais caros.

Lembre-se: no Brasil o pessoal só importa e empurra produtos ruins (em geral sobra de produtos que os fabricantes não conseguiram vender nos EUA ou Europa) porque as pessoas compram.

Abraços,

Gabriel Torres

Eu concordo com isso que você falou, mais por exemplo eu gostaria de ver testes de fontes que o povo brasileiro usa, e não uma fonte americana, entendeu meu ponto de vista, essa fonte pode ser boa, mais mesmo se ela chegasse no brasil a 250 reais eu nao compraria, eu preferiria comprar uma Zalman de 450, ou uma OCZ, a proposito essa fonte silverstone eu achei para vender por 500 reais na Santa Ifigenia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

cade a fonte vcom ap450x para testar essa fonte e popular tambem poream acho que nao e mas fabricada para venda infelizmente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Me desaponta ao invés das pessoas fazerem comentarios de criticas construtivas ficar negativando... bom primeiro... vocês sabem o qto o cara pode disponibilizar de teste para uma fonte? O Gabriel deixou bem claro que ele iria mostrar fontes boas utilizadas para a maioria das pessoas e não testar fontes "conhecidas" para alegrar a todos. O cara mostra para vocês fontes novas antes nao vistas para ficarmos de olho e vocês ja reclamam... eu hein...

Segundo... vocês reclamam... abre um site por ai... compra os equipamentos que o Gabriel possui... compra as fontes que TODOS querem testar e pronto... se é estão simples façam vocês mesmos os testes!!!

Desculpe a grosseria moderadores... é que me deixa revoltado pessoas que só reclamam ao invés de pensar: "puxa fonte nova no mercado..." "quem sabe nao seja uma solução para as fontes carissimas a preços praticaveis" mas agora ter que ler que o cara prefere uma Zalman por causa do nome... perai né...

Eduardo,

Não entendo o porque disso... se essa fonte utiliza o mesmo projeto da zalman qual seria a diferença? se você encontra essa fonte por 200~250 sendo que uma zalman 460w APS 350~450 você ainda ficaria de zalman pela marca que você conhece, sendo que o Gabriel mostrou a qualidade da fonte?

Pessoal, abra seus horizontes... não é porque é uma marca que nem todos conheçam q ela nao deve fazer a diferença... ate hj vejo pessoas brigando por ai... dizendo que uma huntkey é superior a uma Seventeam... veja testes, analizem antes de simplesmente criticarem algo por nao procurar informação de verdade. Não sou tecnico em eletronica muito menos o melhor tecnico em informatica (nem espero que seja) mas pelo menos quando vejo algo vou atras para saber que o que estou comprando é bom para meu PC. Apesar de meu pc ser velhinho e utilizar uma fonte generica... estou ciente que meu prox sera uma boa fonte como essa que foi apresentada.

E pessoal, a fonte só recebeu selo porque simplesmente é boa de eficiencia e supre a necessidade de muitas pessoas... eu mesmo nao passaria acima de uma zalman 360w(nao utilizaria nem 80% da potencia dela). porque digo dessa potencia...? porque conta de luz eu pago e sei o qto pago... e uma economia no final de cada mes se justifica pagar mais caro por uma boa fonte, seja ela de marca conhecida de todos ou nao.

Otimo teste Gabriel continue sempre nos orientando e mostrando otimos produtos.

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que vocês estão sendo um pouco intolerantes com o eduardo_mant. No que diz respeito ao fato dele achar que o teste foi "sem noção", concordo com as críticas: é mesmo ridículo. Até porque todos os testes são bem vindos, uma vez que, se descobrirmos que uma marca praticamente desconhecida no mercado brasileiro produz boas fontes a preços competitivos, somente virá a trazer maiores opções para nós aprendermos a comprar e afastar os produtos ruins que nos são empurrados pelos importadores.

Porém, concordo com ele no que diz respeito ao preço da SilverStone no Brasil. Como o colega Kayke salientou, o modelo de 560W custa R$ 379,00! O modelo testado chega a valer R$ 500,00 em algumas lojas! Ora, por esse preço eu compraria uma Zalman ZM460B-APS, que no Mercado Livre pode ser encontrada por R$ 299,00 nesse link. Se as duas utilizam o mesmo projeto, como o próprio teste ressaltou, não há razão para adquirirmos uma fonte que adota soluções para ser mais barata (não utiliza malha em todos os fios, ventoinha de bucha etc.), mais cara e desconhecida ao invés de outra cuja marca é comprovadamente reconhecida, mais bem acabada e mais barata!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Timmy,

eu entendo que por nao ser uma marca conhecida de todos ser mais caro não da. O que eu quis dizer com meu texto..rs, é que nao podemos julgar o desconhecido como ruim e muito menos criticar um teste com essa marca... agora infelizmente td no Brasil sai caro e realmente ser mais caro que a propria Zalman... ai é sacanagem....

Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Timmy,

eu entendo que por nao ser uma marca conhecida de todos ser mais caro não da. O que eu quis dizer com meu texto..rs, é que nao podemos julgar o desconhecido como ruim e muito menos criticar um teste com essa marca... agora infelizmente td no Brasil sai caro e realmente ser mais caro que a propria Zalman... ai é sacanagem....

Abraços

Claro, eu entendo! Também acho que não devemos rotular aquilo que não conhecemos como ruim porque podemos estar cometendo uma grande injustiça, como é o caso da fonte analisada, comprovadamente boa. O que eu acho a maior sacanagem é essa fonte custar mais caro que uma Zalman do mesmo nível de potência no Brasil...

Esse tal de custo Brasil é uma piada mesmo viu! Rsrs!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×