Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Thermaltake Toughpower 800 W (W0296RU)

       
 37.247 Visualizações    Testes  
 5 comentários

O novo modelo de 800 W da série Thermaltake Toughpower tem certificação 80Plus Silver e promete alta eficiência. Vejamos se esta nova fonte é realmente um bom produto.

Teste da Fonte de Alimentação Thermaltake Toughpower 800 W (W0296RU)
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A série de fontes de alimentação Toughpower já está no mercado há algum tempo e agora a Thermaltake adicionou dois novos modelos a esta série: 700 W (W0295RU) e 800 W (W0296RU). Esses novos modelos possuem certificação 80 Plus Silver, prometendo eficiência de pelo menos 88% em carga típica (ou seja, 50% da carga) e utilizam um projeto interno totalmente diferente do usado em outras fontes desta mesma série. Na verdade, esses dois modelos são fabricados por uma empresa diferente, a FSP, enquanto que os outros modelos Toughpower são fabricados pela CWT. Esta é a primeira fonte de alimentação de 800 W da Thermaltake, mas você deve prestar atenção porque agora eles têm dois modelos de 700 W na mesma série, com o modelo “antigo” (W0105RU) apresentando eficiência menor do que o modelo novo (W0295RU).

Fonte de alimentação Thermaltake Toughpower 800 W
Figura 1: Fonte de alimentação Thermaltake Toughpower 800 W.

Fonte de alimentação Thermaltake Toughpower 800 W
Figura 2: Fonte de alimentação Thermaltake Toughpower 800 W.

A Toughpower 800 W é uma fonte de alimentação relativamente grande, medindo 17,5 cm de profundidade. Ela tem uma ventoinha de 135 mm em sua parte inferior, circuito PFC ativo, mas não tem sistema de cabeamento modular. Normalmente as fontes de alimentação da série Toughpower estão disponíveis em duas versões: “Standard”, sem sistema de cabeamento modular, e “Cable management”, com sistema de cabeamento modular. Desta vez, no entanto, os novos modelos de 700 W e 800 W não têm equivalentes com cabeamento modular.

Todos os cabos têm uma proteção de nylon. Os cabos inclusos na Toughpower 800 W são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 20/24 pinos.
  • Um cabo EPS12V.
  • Um cabo ATX12V.
  • Dois cabos com um conector de alimentação auxiliar de seis pinos e um de oito pinos para placas de vídeo.
  • Dois cabos de alimentação SATA com três plugues cada.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com dois plugues de alimentação padrão e um conector de alimentação para a unidade de disquete.
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues padrão.

Os cabos são relativamente curtos, medindo 47 cm entre a carcaça da fonte e o primeiro conector no cabo, e 14 cm entre os conectores nos cabos com mais de um conector. O comprimento dos cabos pode dificultar o uso desta fonte em gabinetes “full-tower” ou até mesmo em gabinetes torres-médias onde a fonte de alimentação é instalada na parte inferior do gabinete.

Nós ficamos desapontados com a configuração dos cabos desta fonte de alimentação, especialmente com os cabos para placas de vídeo. A fonte tem dois cabos com dois conectores de alimentação para placas de vídeo cada (a configuração recomendada é ter cada conector de alimentação para placas de vídeo em cabo individuais) e, além disso, dois dos conectores são modelos de oito pinos sem opção para serem convertidos para modelos de seis pinos. Isto torna impossível a instalação de duas placas de vídeo topo de linha que necessitem de dois conectores de alimentação de seis pinos cada no modo SLI ou CrossFire (por exemplo, GeForce GTX 260 e GeForce GTX 285) – esta instalação é possível apenas com o uso de adaptadores para converter plugues de alimentação para periféricos em conectores de alimentação para placas de vídeo de seis pinos.

A quantidade de conectores de alimentação SATA (seis) e para periféricos (cinco) também está abaixo do que esperávamos para um produto de 800 W, que é claramente voltado os usuários que vão instalar duas placas de vídeo e vários discos rígidos.

Fonte de alimentação Thermaltake Toughpower 800 W
Figura 3: Cabos.

Praticamente todos os fios são 16 AWG, ou seja, mais grossos do que o normal. Isto é bom de se ver. Os únicos fios que são 18 AWG são os de +5 V no cabo principal da placa-mãe e os fios usados nos cabos de alimentação SATA e para periféricos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


no teste diz que não tem como recomendar por causa do preço, mas recebeu selo de produto recomendado, merece ou não?

Acho que ela recebeu por conta da eficiência.

De qualquer forma me espantei com o possível valor dela por aqui. 680 é muuuita grana. :eek:

Me pergunto se não vale mais a pena comprar 2 fontes de 450 e associar.

Editado por lupellini

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
no teste diz que não tem como recomendar por causa do preço, mas recebeu selo de produto recomendado, merece ou não?

Último parágrafo:

Para o mercado brasileiro vai restar a dúvida de qual preço o importador vai se basear. Portanto nosso selo de produto recomendado vai com a ressalva de que “somente se chegar ao Brasil custando menos de R$ 680”. Acima disso não vale à pena, pois você pode comprar outra fonte de maior potência com desempenho similar.

;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Agora ela é uma das fontes 80 Plus Silver de verdade. Há outras testadas que merecia apenas o 80 Plus Bronze de acordo com os testes do GT. Alias em 220v certamente ela entrega mesmo em 50º provavelmente a eficiencia prometida em 80 Plus silver mesmo não sendo os 23º feito pelos testes dessa empresa.

Abraços,

Edson

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É uma boa fonte, com um belo projeto, mas deve chegar aqui custando os olhos da cara, mas quem precisar de uma fonte com essa potencia, com certeza conseguirar pagar uma dessas, embora temos outras opções com a mesma qualidade, ou até superior, mais em conta.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×