Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Ultra X4 500 W

       
 31.190 Visualizações    Testes  
 14 comentários

Desta vez nós testaremos o modelo de 500 W da nova série X4 da Ultra, que vem com um sistema de cabeamento modular completo e barramento único.

Teste da Fonte de Alimentação Ultra X4 500 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Ultra recentemente lançou uma nova série de fontes de alimentação, a X4, com sete modelos equipados com um sistema de cabeamento modular completo e projeto com um único barramento. Nós já testamos o modelo de 850 W desta série e agora iremos dissecar o modelo de 500 W.

As fontes da série X4 são fabricadas pela Andyson.

Fonte de alimentação Ultra X4 500 W
Figura 1: Fonte de alimentação Ultra X4 500 W.

Fonte de alimentação Ultra X4 500 W
Figura 2: Fonte de alimentação Ultra X4 500 W.

A Ultra X4 500 W mede 16 cm de profundidade, usa uma ventoinha de 135 mm em sua parte inferior e tem circuito PFC ativo, é claro.

Como mencionamos, a Ultra X4 tem um sistema de cabeamento modular completo, o que significa que até o cabo principal da placa-mãe é removível. Os cabos inclusos são:

  • Cabo principal da placa-mãe com um conector de 24 pinos (sem suporte para 20 pinos) (59 cm).
  • Um cabo EPS12V (59 cm).
  • Um cabo ATX12V (60 cm).
  • Um cabo com um conector de alimentação auxiliar de seis pinos para placas de vídeo (60 cm).
  • Um cabo com um conector de alimentação auxiliar de seis/oito pinos para placas de vídeo (60 cm).
  • Três cabos de alimentação SATA com três conectores cada (45 cm entre a fonte de alimentação e o primeiro conector, 15,5 cm entre os conectores).
  • Um cabo de alimentação para periféricos com três plugues cada (44 cm entre a fonte de alimentação e o primeiro conector, 15 cm entre os conectores).
  • Dois cabos de alimentação para periféricos com dois plugues e um conector de alimentação para a unidade de disquete cada (44 cm entre a fonte de alimentação e o primeiro conector, 15 cm entre os conectores).
  • Um adaptador para converter qualquer plugue de alimentação para periféricos em dois conectores para ventoinhas.

Todos os fios são 18 AWG, que é a bitola correta a ser usada, exceto os fios no cabo principal da placa-mãe, que são mais grossos (16 AWG).

A quantidade de cabos e conectores é perfeita para um produto de 500 W.

Fonte de alimentação Ultra X4 500 W
Figura 3: Cabos.

Vamos agora dar uma olhada no interior desta fonte de alimentação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não acho que pecou pelos componentes utilizados. Ela entrou como uma fonte para fornecer 500w com boa eficiencia e foi o obtido. Alias a certificação 80 Plus a batizou de "bronze" e o teste ainda de acordo com o Gabriel foi obtido. Ou seja, uma das primeiras rotulações pertinentes e parecidas com o resultado final. Isso é otimo para nós consumidores.

Isso mostra que há equilibrio de uso na fonte com menor ou maior temperatura. E o fato de usar os capacitores chineses nesse caso denota que necessariamente não são ruins e que no caso dessa fonte fornece muito mais que as demais de 500w.

Abraços

Edson

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Alguém questionou o desempenho dela?

Em tempos modernos, com a tecnologia de fontes avançando cada vez mais para componentes de alta qualidade é ruim ver uma fonte como essa utilizando capacitores pra lá de ultrapassados. Capacitores Chineses vazam, os Japoneses não.

Basta ver muitas Zalman 460APS e 360APS parando de funcionar após 2 anos de uso por causa dos capacitores chineses que a FSP usou nelas.

Que são boas fontes são, e isso é indiscutível. Porém os problemas vão aparecer com o tempo, e não é a longo prazo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

RooT,

Mas quando citei isso, você tem que lembrar que outras fontes no mercado também usam capacitores japoneses e pior, de marcas chinesas sem rotulo. Mas muitas ainda estão funcionando sem ter problema a longo prazo.

Conheço pessoas que possuem por exemplo Seventeam 420w modelo BKV e que ainda até hoje a fonte suporta tranquilamente sem fazer um barulho. Para mim isso está bem claro que tudo depende da forma que o componente é tratado.

E também se os capacitores chineses vazam mas por muito tempo de uso e não por 2 ou 3 anos. (alias, você deve saber que la fora geralmente as garantias usualmente tem durabilidade de 5 anos das principais como a Zalman, Corsair entre outras. Não faz sentido colocar um componente que "abre o bico" em menor tempo).

Abraços

Edson

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
RooT,

Mas quando citei isso, você tem que lembrar que outras fontes no mercado também usam capacitores japoneses e pior, de marcas chinesas sem rotulo. Mas muitas ainda estão funcionando sem ter problema a longo prazo.

Conheço pessoas que possuem por exemplo Seventeam 420w modelo BKV e que ainda até hoje a fonte suporta tranquilamente sem fazer um barulho. Para mim isso está bem claro que tudo depende da forma que o componente é tratado.

Da mesma forma que existem fontes genéricas que suportam configurações modernas por vários anos sem dar nenhum problema. Não significa que tendo capacitores de relativa baixa qualidade que essa fonte VAI dar problema após um tempo, mas sim que isso é muito provável.

Essa fonte tem alta qualidade em todos os outros aspectos, com o que há de melhor, mas gostaríamos de ver muita qualidade também nos capacitores da mesma, para acompanhar todo o restante do projeto. Nisso infelizmente essa fonte "errou".

E também se os capacitores chineses vazam mas por muito tempo de uso e não por 2 ou 3 anos. (alias, você deve saber que la fora geralmente as garantias usualmente tem durabilidade de 5 anos das principais como a Zalman, Corsair entre outras. Não faz sentido colocar um componente que "abre o bico" em menor tempo).

Abraços

Edson

Então por que tem aparecido muita gente relatando morte de fontes Zalman, por exemplo, após uma assustadora "coincidência" de 2 anos de uso? Após esses usuários abrirem essas fontes, constatou-se que quase todos os problemas foram com os infames capacitores chineses vazados.

Outra coisa a se lembrar é que essas garantias longas não são válidas para todos os países. Muitas vezes só valem na Europa (ou alguns países apenas) e nos EUA.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

RooT,

Mais ai é que está o problema. você está dizendo unicamente da Zalman, eu quis citar a Seventeam e principalmente o modelo de 420w que é um modelo obsoleto e mesmo assim com capacitores chineses você ve que ela não teve problemas e por isso necessariamente "gostaria" de ver outros tipos de capacitores é uma coisa, investimento em cima do lucro gerado é outro. Mas mesmo assim ainda nao deixou de ser otima fonte.

Entenda que o ponto de vista que passo para você, não é que devo aceitar simplesmente de ter um componente inferior, sendo que eles podeiram ter colocado outros componentes melhores e ainda assim o custo não seria grande a ponto de deixar de ter colocado, mas sim que o projeto certamente privilegia a evitar o estresse do componente.

E qto a Zalman, somente nos consumidores brasileiros nos damos mal. Lá fora essa fonte por ter mais tempo de garantia é trocada sem grandes problemas.

Abraços

Edson

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Escapou um erro na página 5:

Os capacitores eletrolíticos do secundário são da chinesa Teapo e JinFu rotulados a 105º C.

O correto seria:

Os capacitores eletrolíticos do secundário são da taiuanesa Teapo e da chinesa JinFu, rotulados a 105º C.

A Andyson pode ser considerada um pouco careira, mas não tanto quanto a Zalman. Vale o preço a mais. Parece que a Aerocool E85M usa o mesmo projeto dessa daí, mas falta confirmação.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Escapou um erro na página 5:

Os capacitores eletrolíticos do secundário são da chinesa Teapo e JinFu rotulados a 105º C.

O correto seria:

Os capacitores eletrolíticos do secundário são da taiuanesa Teapo e da chinesa JinFu, rotulados a 105º C.

Obrigado, corrigido!

A Andyson pode ser considerada um pouco careira, mas não tanto quanto a Zalman. Vale o preço a mais. Parece que a Aerocool E85M usa o mesmo projeto dessa daí, mas falta confirmação.

Estaremos testando essa Aerocool em breve e aí poderemos verificar se esta suspeita procede ou não.

Gabriel.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Aonde encontro a Ultra X4 500 W, quero comprar, mas não estou encontrando no Brasil!

Mas ela nem é uma opção interessante. Para os padrões modernos, isso daí é uma fonte de 430 W. Temos opções bem melhores de fontes aqui, como a Antec Neo ECO 520C, a Antec High Current Gamer 520 W, Seasonic S12II 520 Bronze, XFX Core Edition 550 W, que são fontes que priorizam mais a linha de +12 V. Essa Ultra só tem 384 W na linha de +12 V, enquanto as que eu citei têm pelo menos 480 W nessa mesma linha e utilizam capacitores melhores.

Em caso de dúvida sobre qual é a fonte que você deve usar no seu PC, poste a sua config neste tópico:

http://forum.clubedohardware.com.br/fonte-x-configuração/345017

Editado por ignacho

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ignacho escolhi a Ultra X4 500 W porq ela tem a opção de colocar os fios q vai usar.

Ela não tem aquela maçaroca de fios saindo dela.

Estou a procura de uma fonte o mais silenciosa possível.

E q tenha esta opção de plugar somente os fios que vou usar.

Se ela não é boa porq o CdH deu selo de ok para ela?

Pesquisei pelas fontes q você falo e não achei algumas aqui.

http://forum.clubedohardware.com.br/lista-todas-fontes/890895

Editado por erich8

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu não vejo motivo para se fazer questão de cabeamento modular. Basta apenas usar um prendedor que fica tudo bem arrumadinho dentro do gabinete. O uso de cabeamento modular se torna mais desnecessário ainda se o seu gabinete é daqueles onde a fonte dica na parte inferior.

Aqui você tem duas opções: ou você pega uma fonte de boa qualidade, ou você pega uma fonte de cabeamento modular. Mas as duas coisas não dá. Nessa faixa de potência, praticamente todas as fontes de cabeamento modular são inferiores às que não têm cabeamento modular.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Com cerca de 35cm de altura meu gabinete é pequeno, sei q fica difícil fazer um casemod com ele.

Não vai ficar legal se colocar uma fonte com cabos de sobra.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Qualidade é melhor do que estética. Poste sua config neste tópico, é a melhor opção do que procurar fontes desses jeito sem nem saber direito o que é adequado ao seu PC...

http://forum.clubedohardware.com.br/fonte-x-configuração/345017

bom, normalmente as fontes lá são indicadas por pad~roa de qualidade...

Fontes completamente modulares como essas assim de boa qualidade até tem, como a série ZX da OCZ, a série AX da Corsair e a série X da Seasonic. Mas são bem caras...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×