Imprimir artigo
Entendendo Mensagens de Erro de E-mail
por em Tutoriais
Última atualização:
40.872 visualizações
Página 1 de 5

Introdução

É muito frustrante enviar um e-mail para alguém e ver que a mensagem voltou. Neste tutorial, nós explicaremos o significado das mensagens de erro mais comuns, mostraremos onde está o problema e como resolvê-lo..

Por alguma razão, a maioria dos usuários não lê as mensagens de erro; eles nos ligam dizendo “a mensagem que eu te mandei voltou”. Isto não ajuda, pois sem ler a mensagem de erro, é impossível saber o que deu errado e como consertar o problema. O fato de as mensagens de erro serem, em sua maioria, em inglês, também não ajuda, já que a maioria dos brasileiros não entende este idioma.

Para piorar a situação, não existe um padrão para a maneira com que as mensagens de erro são escritas, já que cada programa servidor de e-mail utiliza um palavreado diferente. Em outras palavras, a mensagem que diz “esta caixa postal não existe” pode ser escrita em uma dúzia de maneiras diferentes, dependendo do programa usado pelo servidor de e-mail do destinatário.

No entanto, cada mensagem de erro é acompanhada de um código de erro de três dígitos, que é padronizado – pelo menos em teoria. Infelizmente, alguns servidores utilizam o código errado para descrever o erro. Por exemplo, o código 550 significa “caixa postal não disponível” (ou seja, o endereço de e-mail não existe naquele servidor), mas alguns servidores utilizam, incorretamente, o código 554 para isto.

Antes de prosseguirmos, uma informação importante. Você precisa ver se realmente enviou a mensagem que gerou a mensagem de erro. Existem vírus e programas de spam que enviam e-mails para endereços aleatórios e algumas vezes o endereço que eles usam no campo “De” (“From”) pode ser o seu endereço de e-mail. Se isso acontecer, você receberá uma mensagem de erro quando o programa de spam ou o vírus mandar uma mensagem para um endereço de e-mail inválido, já que o seu e-mail era o listado no campo “De” (“From”).

Então, em vez de ver uma mensagem de erro legítima, você poderá estar diante de uma mensagem de erro com um spam ou vírus anexado. Nestes casos, simplesmente apague a mensagem de erro, já que ela não foi gerada por um e-mail verdadeiro que você enviou.

Existem três maneiras com que o seu e-mail pode ser usado para mandar um vírus ou spam. O mais comum é através de um gerador de endereço de e-mail aleatório, o que significa que o vírus ou programa de spam usou o seu endereço no campo “De” (“From”) do e-mail, mas o e-mail não foi enviado do seu computador ou do seu webmail – você apenas teve o azar de seu e-mail ser idêntico ao endereço de e-mail criado pelo vírus ou programa de spam. Neste caso, não há com que se preocupar.

No entanto, o spam ou vírus pode ter sido enviado do seu computador, se você tiver um vírus instalado em seu computador que faça isso. Assim, nós recomendamos que você passe um antivírus se você vir uma mensagem de erro na sua caixa de entrada contendo spam ou vírus.

A terceira maneira de um vírus ou spam ter sido enviado usando seu e-mail é se alguém hackear o seu webmail, como yahoo ou gmail. Se você utiliza um webmail e vir uma mensagem de erro com um spam ou vírus anexado, nós recomendamos que você troque a sua senha.

Vamos agora descrever os erros mais comuns, o que eles significam, onde o problema está e como solucioná-lo. 

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
530.018 usuários cadastrados
303 usuários on-line