Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Mouse Vengeance M90 da Corsair

       
 38.517 Visualizações    Testes  
 1 comentário

Testamos o periférico voltado para jogos de RPG e estratégia online com 15 botões programáveis recentemente lançado pela Corsair. Leia nossa avaliação.

Teste do Mouse Vengeance M90 da Corsair

Introdução

Finalmente chegamos ao mouse M90 dentro da nova linha Vengeance da Corsair, depois de passarmos pelo combo mouse/teclado para jogos FPS M60/K60 e o teclado K90 para MMORPG e RTS. O M90 faz par exatamente com esse último. Ele tem 15 botões programáveis, um laser de 5.700 dpi de resolução e capacidade para até 50 perfis diferentes. Vamos ver como ele é fisicamente, para depois testá-lo.

mouse M90
Figura 1: Mouse M90

Assim como o M60, o Vengeance M90 também tem um corpo de plástico preto emborrachado na parte superior sobre um chassi de alumínio com alguns detalhes aparentes. O mouse não chega a ser tão  robótico quanto o modelo de FPS, mas ainda assim é futurista. No lado direito não há botão algum, e na lombada superior ficam apenas a roda de navegação (feita em alumínio com um “pneu” de borracha), um botão logo abaixo dela e dois pequenos bem no canto superior esquerdo, dividindo espaço com o botão de clique esquerdo.

mouse M90
Figura 2: Lado direito

É no lado esquerdo que acontece tudo no M90: ali ficam nove botões ao alcance do polegar, que tem um pequeno espaço para ficar pousado entre eles. Os botões acompanham a curva do lado esquerdo e têm formatos e tamanhos diferentes.

mouse M90
Figura 3: Lado esquerdo

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×