Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Mouse Xenon da Ozone

       
 19.766 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Com design ambidestro e apenas três botões programáveis, modelo é lançado como alternativa mais simples de mouse para jogos. Confira nossa avaliação.

Teste do Mouse Xenon da Ozone

Introdução

Com tantos modelos de mouse para jogos que oferecem mais de sete botões programáveis e passam dos 8.000 dpi de resolução, o Xenon da Ozone provoca estranheza por ter apenas três botões programáveis e chegar ao máximo de 3.500 dpi de resolução. Com um design ambidestro e três opções de cores (corpo preto emborrachado e corpo lustroso de plástico branco ou vermelho), ele certamente não é uma opção para o usuário que exige muitos recursos. Recebemos o modelo branco do Xenon para testar, juntamente com um mousepad Shooter L, da mesma Ozone. Vamos falar do aspecto físico dos dois produtos para depois avaliar as características e o desempenho em jogo.

Mouse Xenon
Figura 1: Mouse Xenon

O Xenon é um mouse de tamanho médio com corpo ambidestro. Tanto do lado direito quanto do esquerdo, há dois apoios emborrachados para o polegar. Não existem botões laterais. Na parte de cima encontramos os botões principais, a roda emborrachada com saliências que lembram a textura de um pneu e, embaixo dela, o botão (não reprogramável) para troca de sensibilidade.

Mouse Xenon
Figura 2: Visão lateral esquerda

Mouse Xenon
Figura 3: Visão lateral direita

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×