Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Teclado QuickFire Stealth da CM Storm

       
 18.532 Visualizações    Testes  
 5 comentários

Empresa lança teclado mecânico com corpo compacto e inscrições sutis de números e letras que lhe dão um aspecto furtivo, quase completamente negro. Confira nosso teste.

Teste do Teclado QuickFire Stealth da CM Storm

Introdução

Das duas novidades lançadas pela divisão CM Storm da Cooler Master para a linha QuickFire de teclados mecânicos, nós já testamos o XT e agora chega a vez do Stealth, um modelo muito compacto com um visual inusitado: as inscrições se encontram na lateral frontal das teclas, o que deixa o topo oculto, invisível, como sugere o nome em inglês. Comentaremos a respeito do design a seguir, na descrição do produto, e depois analisaremos o desempenho.

QuickFire Stealth
Figura 1: Teclado QuickFire Stealth

O QuickFire Stealth é basicamente um teclado normal sem o teclado numérico à direita. As letras e os números foram gravados na parte lateral frontal das teclas, de maneira que, visto de cima, ele é simplesmente um teclado totalmente escuro. Não há teclas iluminadas nem programáveis, mas uma tecla de função (Fn) ao lado do Ctrl direito aciona os controles multimídia (F5-F12). O produto é vendido com quatro opções de teclas mecânicas Cherry MX, dependendo da área de distribuição mundial; a CM Storm nos enviou o teclado com o modelo Cherry MX Blue, do qual falaremos depois.

QuickFire Stealth
Figura 2: Detalhe das teclas

QuickFire Stealth
Figura 3: Tecla Cherry MX Blue

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Infelizmente, cabe a mim desaconselhar qualquer consumidor a comprar um equipamento da Cooler Master no Brasil.

Adquiri há dois anos um mouse CM Storm Sentinel Advance que, com menos de um mês de uso, deixou de funcionar. Contatei a loja online onde comprei-o, e informaram-me que eu deveria procurar diretamente a Cooler Master.

Após semanas tentando um contato através dos e-mails que encontrei no site da CM sem que obtivesse resposta, restou-me arcar com o prejuízo de uma má escolha e migrar para um Logitech. O detalhe é que tentei até mesmo contato com a Cooler Master nos EUA, e igualmente não obtive resposta!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Infelizmente, cabe a mim desaconselhar qualquer consumidor a comprar um equipamento da Cooler Master no Brasil.

Adquiri há dois anos um mouse CM Storm Sentinel Advance que, com menos de um mês de uso, deixou de funcionar. Contatei a loja online onde comprei-o, e informaram-me que eu deveria procurar diretamente a Cooler Master.

Após semanas tentando um contato através dos e-mails que encontrei no site da CM sem que obtivesse resposta, restou-me arcar com o prejuízo de uma má escolha e migrar para um Logitech. O detalhe é que tentei até mesmo contato com a Cooler Master nos EUA, e igualmente não obtive resposta!

Mas o problema, no seu caso, também está na loja, e não só na Cooler Master. Infelizmente esta prática é bastante comum, depois que você compra o problema não é mais deles.

Mas, voltando ao assunto do tópico, não compraria esse teclado de jeito nenhum. A ideia que tiveram nesse teclado (das inscrições e sem teclado numérico) simplesmente não me agradou.

Editado por Excelsior

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Deve ser muito esquisito usar esse teclado tem ter as letras em cima das teclas.... da a impressão que se apagou de tanto usar... isso deve atrapalhar na hora de digitar algo em um ambiente mais escuro...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Primeiro gostaria de discordar dos colegas, o teclado é muito bom, ele é voltado para gamers e gamer que se preze não fica olhando para teclado para saber onde as teclas estão, se não te agrada é por que esse teclado simplesmente não é para você, compre um M$ da vida.

Quanto ao review devo deixar alguns comentários. Quando colocado que o fato de não se ter o teclado numérico é um contra eu discordo, a proposta do teclado não era ter tal extensão, facilitando justamente o movimento de mão entre o mouse e o teclado. E quanto ao barulho, isso é uma questão de escolha das keycap, no modelo testado é o MX Blue, mas vale destacar que existem outros modelos, com diferentes níveis de toque e ruído.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Esse é um teclado com o foco de ser pequeno, assim sobra mais espaço pra um mouse pad grande, pra quem joga FPS e não tem uma mesa gigante esse é um teclado otimo apenas por ser pequeno. O teclado não é pra digitação, não é um teclado de escritorio ou para um escritor, é um teclado para jogar, para gamer e no jogo você nem olha pro teclado, eu digito sem olhar pro teclado, por exemplo.

Ele tem versões no Switch, Red, Blue, Green e Brown. É só saber escolher.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×