Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

IDF Spring 2004 - 2º Dia

       
 35.440 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Veja a cobertura completa do segundo dia de eventos da IDF Spring 2004, leia sobre as tecnologias de Áudio de Alta Definição e Memórias FB-DIMM.

IDF Spring 2004 - 2º Dia
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Áudio de Alta Definição

Começamos o nosso segundo dia de IDF assistindo a uma apresentação do novo sistema de áudio que a Intel estará implementando em seus próximos chipsets, Grantsdale e Alderwood. Antigamente chamado Azalia, o nome comercial deste sistema de áudio é HD ou High Definition (alta definição). Este áudio on-board tem duas novas características: o multi-streaming (permite enviar mais de um sinal de áudio a mais de um receptor de áudio distinto, por exemplo, assistir um DVD na sala transmitindo o áudio via wireless e fazer uma conexão de voz sobre IP no computador) e a alta qualidade.

A alta qualidade é possível hoje, mas para isto a placa-mãe tem que ter um controlador a parte, como o VIA Envy24, por exemplo. Com esta nova tecnologia, o áudio de qualidade (7.1, taxa de amostragem de 192 kHz e resolução de 24 bits) será produzido pelo próprio chipset (ponte sul), necessitando apenas de um codec externo para efetuar a conversão digital/analógica e analógica/digital necessária. Inclusive a C-Media anunciou ontem um codec compatível com o áudio HD da Intel, o C-Media 9880.

A Intel está promovendo o áudio de alta definição em parceria com o famoso laboratório Dolby, que criou três "níveis" de áudio para o PC em conjunto com o áudio HD da Intel: Dolby Sound Room, Dolby Home Theater e Dolby Master Studio representando o usuário iniciante, o usuário intermediário e o usuário avançado, respectivamente (classificações de acordo com o uso de áudio digital). As características são as seguintes:

  • Dolby Sound Room: áudio de 2 canais com capacidade para as tecnologias Dolby Virtual Speaker e Dolby Head Phones. Estas duas tecnologias simula o áudio 5.1 usando apenas 2 caixas de som, baseado no Dolby Pro Logic II. Relação sinal/ruído mínima de 75 dB.
  • Dolby Home Theater: áudio no formato 5.1 com relação sinal/ruído mínima de 85 dB, baseado no Dolby Pro Logic II.
  • Dolby Master Studio: áudio no formato 7.1 com relação sinal/ruído mínima de 95 dB, baseado no Dolby Pro Logic IIx, e tecnologia Dolby Digital Live.

Algo muito interessante sobre a tecnologia Dolby Pro Logic II é que ela permite simular áudio 5.1 (ou 7.1 no caso do Dolby Pro Logic IIx) mesmo que a fonte de entrada tenha apenas 2 canais (como é o caso do CD, por exemplo), usando um sistema de filtros.

Já a tecnologia Digital Live é a tecnologia de streaming dos laboratórios Dolby, usada na transferência de uma música que esteja no computador para um aparelho de som localizado na sala via wireless, por exemplo.

A idéia é que os usuários, apenas olhando para a caixa da placa-mãe, já saibam qual é a qualidade do áudio da placa, observando apenas qual é a logomarca Dolby presente (Sound Room, Home Theater ou Master Studio).

Vimos (ou melhor, ouvimos) alguns demos e ficamos impressionados com a tecnologia Dolby Pro Logic IIx, que separa em oito canais (formato 7.1) músicas de CDs, que são gravados em apenas dois canais. O resultado é realmente impressionante, fica até parecendo que o CD foi originalmente gravado no formato 7.1

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×