Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Gabinete Corsair Carbide 300R

       
 51.061 Visualizações    Testes  
 7 comentários

Vamos dar uma olhada no gabinete mais simples da Corsair, o Carbide 300R, voltado para usuários com pouca grana que querem um gabinete de boa qualidade e com várias ventoinhas.

Teste do Gabinete Corsair Carbide 300R
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

O 300R é o mais novo gabinete torre média da série Carbide da Corsair, que é a série de gabinetes mais simples deste fabricante. Apesar de ser o gabinete mais barato da Corsair, ele oferece boa qualidade de fabricação e suporte para até sete ventoinhas, sendo ideal para o usuário com pouca grana interessado em um bom gabinete. Vejamos o que o Carbide 300R tem a nos oferecer.

Corsair Carbide 300R
Figura 1: Gabinete Corsair Carbide 300R

Corsair Carbide 300R
Figura 2: Gabinete Corsair Carbide 300R

No painel esquerdo, o Corsair Carbide 300R suporta a instalação de duas ventoinhas de 120 mm ou 140 mm. Ver Figura 3.

Corsair Carbide 300R
Figura 3: Painel esquerdo

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Um ponto fraco que faltou comentar é o fato dos furos não terem tampas de borracha por onde passam os cabos por trás da bandeja da placa-mãe. Não acredito que isso iria encarecer.

Abç, Cezar

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por 90 dólares ele é concorrente direto do CM 690 II. O usuário precia ponderar as características dos dois e ver qual é aquele que melhor se adaptda às suas necessidades.

O único ponto negativo do CM 690 II é não permitir a instalação de dois FANs na parte frontal.

Ótimo artigo. Só vem a comprovar a excelente qualidade dos gabinetes da Corsair.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma dúvida: os conectores frontais são USB 3.0, tudo bem, mas se eu espetar eles num conector interno USB 2.0 da minha placa-mãe, ele funciona? Encaixa?

Eu sei que dispositivos USB 3.0 funcionam como 2.0, mas a dúvida é se é possível usar conectores USB 3.0 ligados num conector interno de uma placa-mãe que seja USB 2.0.

ps.: a minha placa-mãe não tem USB 3.0

Alguém sabe?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uma dúvida: os conectores frontais são USB 3.0, tudo bem, mas se eu espetar eles num conector interno USB 2.0 da minha placa-mãe, ele funciona? Encaixa?

Eu sei que dispositivos USB 3.0 funcionam como 2.0, mas a dúvida é se é possível usar conectores USB 3.0 ligados num conector interno de uma placa-mãe que seja USB 2.0.

ps.: a minha placa-mãe não tem USB 3.0

Alguém sabe?

Sim, o USB 3.0 é retro-compatível.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma dúvida comparando este review com o do modelo 400r.

O 300R realmente suporta placa de video maior do que o modelo acima que seria o 400R?

Pelo review, o 300R aceita placa de video de até 45cm de comprimento.

Já o 400R aceita no máximo uma placa de video de 31,6cm de comprimento.

Tem como esclarecerem esta duvida?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×