Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Gabinete Fractal Design Define R4

       
 20.276 Visualizações    Testes  
 15 comentários

A Fractal Design está lançando hoje, nos EUA, o Define R4, um gabinete de torre média direcionado a usuários que procuram computadores silenciosos. Vamos dar uma olhada.

Teste do Gabinete Fractal Design Define R4
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Fractal Design está lançando hoje, nos EUA, o Define R4, um gabinete de torre média direcionado a usuários que procuram computadores silenciosos. Isto significa que o gabinete apresenta vários forros de espuma que absorvem o ruído produzido pelo micro. Vamos dar uma olhada neste gabinete.

Este gabinete está disponível em três cores: preto, branco ou cinza. Nós testamos a versão preta.

Fractal Design Define R4
Figura 1: Gabinete Fractal Design Define R4

Fractal Design Define R4
Figura 2: Gabinete Fractal Design Define R4

O painel esquerdo apresenta uma grade para você instalar uma ventoinha de 120 mm ou de 140 mm. No entanto, esta grade vem coberta com uma camada de espuma, de modo a reduzir o nível de ruído produzido pelo computador.

Fractal Design Define R4
Figura 3: Painel esquerdo

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Quando se testa um gabinete desses, deveria se testar também até que ponto essas espumas anti ruído, absorvem a propagação do som. Esse tipo de material, além de tornar o gabinete mais caro, dificulta a ventilação. A pergunta que não quer calar: Isso realmente adianta??? :unsure:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Quando se testa um gabinete desses, deveria se testar também até que ponto essas espumas anti ruído, absorvem a propagação do som. Esse tipo de material, além de tornar o gabinete mais caro, dificulta a ventilação. A pergunta que não quer calar: Isso realmente adianta??? :unsure:

O questionamento do jrjaguar pode vir a proporcionar uma boa matéria para o CDH, discussões no tópico e pode ou não comprovar um conceito que pensamos ser eficiente.

Ele mesmo, é um dos consumidores finais que andou buscando o silêncio, e encontrou diversos obstáculos, estou certo jrjaguar?

Moderador, encaminhe isso para o Gabriel.

abç, Cezar

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não gostei nem um pouco. Feio demais.

O Corsair Carbide Series 300R Black Steel está custando US$ 75,00, e se for o caso, gastando mais US$ 30,00 o Corsair Obsidian Series 550D Black Aluminum seria uma opção muito melhor.

Ambos os citados receberam o selo Golden Award from Hardware Secrets.

Opinião minha, é claro.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Ele mesmo, é um dos consumidores finais que andou buscando o silêncio, e encontrou diversos obstáculos, estou certo jrjaguar?

Isso mesmo! E não encontrei até agora nada em nunhum review ou fórum de discussão que me convencesse que essas espumas fizessem algo para deixar o gabinete menos ruidoso. O fato de o gabinete ser mais fechado pode sim contribuir para o silencio. Mas essas espumas ... Há controvérsias!!!

No entanto, há um recurso que esse gabinete tem que é essencial para quem foca silêncio: o amortecimento das baias de 3.5 e de 2.5. Isso sim é uma inovação excelente de se ver em um gabinete focado em silêncio. Eu aqui fiz das minhas para amortecer ruídos. Borrachas, material de silicone, vale tudo para amortecer esses bichinhos que rodam sem parar (digo, HDs, coolers), he he he.. :D:D

Corsair Obsidian Series 550D Black Aluminum seria uma opção muito melhor.

Posso estar sendo exagerado, mas pra mim esse Corsair 550D é o gabinete mais maneiro que pode ser encontrado por aqui no Brasil, com um preço realmente legal, e com recursos impressionantes. Ele, pra mim, seria o gabinete perfeito. É claro que tem gente que prefere algo mais parrudo, ou mais cheio de luzes. Mas, esse 550D beira a perfeição.

Editado por jrjaguar

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Posso estar sendo exagerado, mas pra mim esse Corsair 550D é o gabinete mais maneiro que pode ser encontrado por aqui no Brasil, com um preço realmente legal, e com recursos impressionantes. Ele, pra mim, seria o gabinete perfeito. É claro que tem gente que prefere algo mais parrudo, ou mais cheio de luzes. Mas, esse 550D beira a perfeição.

Concordo plenamente com você jrjaguar, você não está sendo exagerado, porque ele realmente é um case fantástico, com a qualidade Corsair que estamos acostumados a ver.

O que impressiona nesses gabinetes da Corsair é a qualidade do material utilizado, o design interno e externo e a facilidade na montagem da máquina.

Quanto ao Corsair 550D, como eu me amarro em luzes, é óbvio que eu iria colocar todos os meus fans vermelhos nele...Hehehe...Ficaria também chocante.

Abração.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom dia

Eu também gostei bastante deste gabinete, eu não curto esses gabinetes cheio de frescura com a frente toda arredondada com cooler aparecendo gosto de algo bem clen, apesar do meu gabinete atual ser bem cheio dos leds mais isso é por causa do cooler do processador e da MB; mais ele é muito silencioso já tenho ele uns 4 ou 5 anos e já passou três máquinas por eles .

centurion.jpg:wub:

Abs Frederico

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Quanto ao Corsair 550D, como eu me amarro em luzes, é óbvio que eu iria colocar todos os meus fans vermelhos nele...Hehehe...Ficaria também chocante.

Abração.

He he ...

Eu também gosto de leds nos fans, mas desde que não pareça uma árvore de natal. De vez em quando ligo os leds do Scout (que por sinal são vermelhões) quando quero impressionar alguém. Quando vou dormir, desligo eles. Eita praticidade!! :D:D

Quanto ao Define R4 ...

Foi testado acusticamente pelo pessoal do Ananda e do SPCR, ambos os reviews deixaram os caras impressionados com a capaciidade de supressão de ruídos. Resta saber se a espuma tem algo a ver com isso. O 300R foi tido no Ananda como um dos mais silenciosos e não tem essas espumas. O 550D foi dado como muito silencioso, e tem as espumas ...

Iiihh ... Como disse o amigo acima, já está na hora de alguém começar a testar essas benditas espumas anti ruído.

Abraços!!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
He he ...

Eu também gosto de leds nos fans, mas desde que não pareça uma árvore de natal. De vez em quando ligo os leds do Scout (que por sinal são vermelhões) quando quero impressionar alguém. Quando vou dormir, desligo eles. Eita praticidade!! :D:D

Quanto ao Define R4 ...

Foi testado acusticamente pelo pessoal do Ananda e do SPCR, ambos os reviews deixaram os caras impressionados com a capaciidade de supressão de ruídos. Resta saber se a espuma tem algo a ver com isso. O 300R foi tido no Ananda como um dos mais silenciosos e não tem essas espumas. O 550D foi dado como muito silencioso, e tem as espumas ...

Iiihh ... Como disse o amigo acima, já está na hora de alguém começar a testar essas benditas espumas anti ruído.

Abraços!!!!

O moderador poderia por favor , ao menos, informar se encaminhou este tópico para o Gabriel Torres.

Grato, Cezar

Obs: Quem sabe, se todos nós pedirmos, teremos uma resposta.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Com licença a todos, sou novato. Achei este gabinete muito bom, mas pergunto: com tantas "opções anti ruido", como uso de espumas, este gabinete não pode se tornar "quente" demais para os componentes internos, ou ser pouco eficiente na dissipação de calor (mesmo com o uso de coolers) ?

Agradeço a atenção, att.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Com licença a todos, sou novato. Achei este gabinete muito bom, mas pergunto: com tantas "opções anti ruido", como uso de espumas, este gabinete não pode se tornar "quente" demais para os componentes internos, ou ser pouco eficiente na dissipação de calor (mesmo com o uso de coolers) ?

Agradeço a atenção, att.

Olá Thor, ele foi testado acusticamente e testado na capacidade de refrigerar pelo AnandTech. Lá se concluiu que ele é eficiente na refrigeração, e supre bem os ruídos. Claro que a especialidade dele não é alto fluxo de ar, e sim silencio. Mas ele não será uma "Armadilha" como foi concluído sobre o NZXT H2. Olha o teste acústico e de refrigeração dele no link abaixo. Se o inglês não for dos bons, uso o famoso google tradutor que quebra um galho.

http://www.anandtech.com/show/6102/fractal-design-define-r4-case-review-evolution-not-revolution

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

OPS! Atrasado mas tô postando! XD

@jrjaguar

Não calma, o NZXT H2 não chega a ser tanto uma armadilha, ele só não lida muito bem com calor proveniente das placas de vídeo. Se não há alguma ou uma de baixa/média performance não há problema. Já se forem alta performance e/ou mais de uma, aí sim é desrecomendado. Não é um gabinete lá tão bom igual...

Quanto as espumas... Lá vou eu:

Existem 3 problemas quanto as espumas utilizadas dentro de gabinetes para fins de supressão de ruído:

- Temperatura

Espumas obviamente não são boas condutoras de calor. Quem já entrou em estúdios e/ou auditórios com acústica baseada em carpete sabe que a diferença é grande. O dilema no emprego das espumas nos gabinetes é que se este atrapalha na refrigeração, isso fará com que os coolers trabalhem mais, logo, produzam maior ruído. Pode ocorrer o caso até de que a ausência das espumas facilite a refrigeração ao ponto do ruído ser menor que com elas.

- Manutenção

Mesmo que este não atrapalhe muito a performance do sistema, de fato sujeira e poeira atrapalham o desepenho dos sistemas de refrigeração em geral. Espumas são características por terem furos minúsculos que podem ser sujeitos a permitir a entrada e acúmulo de sujeira na espuma. Como se não fosse o suficiente, elas são difíceis de limpar, requerendo uma atenção mais especial com elas. Mesmo que seu uso acabe por ser mais benéfico pro sistema, será que compensará pela manutenção difícil?

- Supressão de ruído provenientes do gabinete

Bem, nesta área sou expert.

Resumidamente, as espumas são utilizadas porque possuem superfície que é capaz de absorver o som. Isso se deve porque não só o som (ar) é refletido pelos furos quase microscópicos de forma a se dispersarem de diversas formas, ou seja, diminuindo intensidade até valores inaudíveis, como também as ondulações na espuma (geralmente presentes) agem de acordo com as frequências mais graves, numa absorção de som mais eficiênte por trabalhar com base no comprimento de onda do som.

O detalhe no caso é o comprimento de onda. Espumas em estúdios tem aquele tamanho de ondulação ou "gominhos" pra poder lidar melhor com os comprimentos de onda (ou o inverso da frequência) mais comuns nesse tipo de ambiente, que são notas musicas e voz.

Porém, não são vozes ou notas musicais que são produzidas dentro de um gabinete. O ruído proveniente de dentro de um gabinete é mais rico em frequências mais altas e de forma ou constante (o agudo das ventoínhas) como intermitentes e mais graves (HDs trabalhando). Mesmo que mais grave, essas frequências ficam muito acima da voz humana mundana (300~3400Hz).

É muito contraintuitivo portanto ter espumas idênticas ou similares as de estúdios dentro dos gabinetes. Embora nossos ouvidos sejam mais sensíveis nestas mesmas frequências da voz humana, o simples fato do ruído do sistema ser incômodo em diversos casos prova que a sensibilidade fica subjetiva.

Outra questão é que como frequências mais altas possuem comprimentos de ondas menores, e possuem poder de "penetração" por objetos menor, ou seja, refletem com maior facilidade, talvez uma espuma "lisa" seja mais eficiente no geral.

Como sugiro testar:

Temperatura e ruído em carga e idle:

Sem espuma alguma ou qualquer outro procedimento (controle)

Com diferentes tipos de tamanhos de "gominhos" (em teoria quanto menor, melhor)

Com espuma lisa

Com produtos específicos pra gabinetes

Com carpete designado para filtragem de som em paredes (cuidando que pode liberar fiapos que podem danificar algum componente)

Com algo que aumente a eficiência da refrigeração do sistema

Com a vedação de boa parte das saídas de ar externas (grades, espaços vazios de coolers, partes de acrílico/vidro, furos para refrigeração líquida e remoção e vedação dos coolers laterais, superiores e traseiros, ou talvez não os traseiros para não sacrificar demais)

Se quizerem explicações mais aprofundadas, posso dar, só fica mais difícil praqueles que não possuem conhecimento mais aprofundado de som, como refração, difração, FFT, etc.. A explicação que dei é bastante superficial ainda.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por acaso alguém sabe se ele é vendido aqui no Brasil? Ou algum site do exterior que tenha frete para o Brasil?

Procurei aqui, mas está difícil achar. :huh:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×