Entre para seguir isso  
Seguidores 0

A Intel Não Colabora Mais Conosco

       
 51.433 Visualizações    Editoriais  
 145 comentários

Um pouco sobre os bastidores do Clube do Hardware e a recusa da Intel em nos enviar processadores para testes.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Atualizado em 05 de junho de 2006: Recebemos um retorno da Intel a respeito deste editorial, a resposta está ao final. Por favor, leia-o antes de tecer seus comentários.

Quem acessa o Clube do Hardware há mais tempo lembra-se como foi difícil conseguir o apoio dos fabricantes de processadores. Por diversos motivos, entre os quais a falta de apoio da matriz (no exterior ainda tem muita empresa que pensa que atravessamos a rua de cipó) e a falta de entendimento por parte das pessoas responsáveis pela relações públicas dos fabricantes da importância das mídias especializadas independentes que querem continuar sendo imparciais, a AMD e a Intel se recusavam a nos enviar material para testes. Basta ler esse nosso editorial de junho de 2002 para lembrar-se das cláusulas sem pé nem cabeça que a Intel exigia para o envio de material para testes.

Finalmente em 2003 entrou na Intel um novo diretor de marketing que teve uma reunião pessoalmente conosco e compreendeu a complexidade do nosso trabalho e reconheceu a importância de todo o trabalho que desempenhamos, através do Clube do Hardware, através do jornal O DIA e através dos meus livros. A partir de então a Intel colaborou conosco de forma esplêndida. Não só através do empréstimo de material para testes (tanto processadores quanto placas-mães), mas através de viagens regulares aos EUA para o Intel Developer Forum (IDF), onde pudemos ver todas as novidades muito antes delas chegarem ao mercado. A nossa relação com a Intel estava tão boa que a colaboração ia até mesmo para a doação de programas de teste de desempenho (o SYSmark2002 que usávamos em nossos testes foi doação da Intel – só este programa custava US$ 500 na época – deixando claro que o SYSmark2004 que usamos atualmente tivemos de comprar do nosso próprio bolso). Todos nós ganhamos com isso, já que passamos a ter artigos e tutoriais mais aprofundados sobre processadores e também mais testes de desempenho. Afinal, o que todos nós queremos no Clube do Hardware é justamente isso: mais conteúdo técnico imparcial.

Lembrando que um fabricante nos ajudar nos enviando para apresentações no exterior, enviando programas e produtos não influencia em absolutamente nada nos resultados de testes que executamos. Todos os dias ouvimos casos de outras publicações que não falam a verdade ou omitem informações (ou seja, são parciais) para não ficarem “mal” com o fabricante, com medo de perderem alguma “bocada” como viajar para o exterior. Um exemplo é não publicar um teste quando o produto se saiu mal, só para não “chatear” o fabricante. Não é o nosso caso. A gente rasga o verbo. Nosso único compromisso é com a verdade. O maior exemplo que podemos dar é o da ECS/PCChips, mesmo eles sendo um dos nossos principais anunciantes há produtos deles que são ruins e nós detonamos em nosso teste. E eles continuam anunciando conosco pois respeitam a nossa imparcialidade.

Mas em meados do ano passado as coisas mudaram na Intel, entrando uma nova pessoa para cuidar das relações públicas. Desde então perdemos praticamente todo o apoio que tínhamos da Intel. Mas isso significou que paramos de falar da Intel? De maneira alguma. Eu fui à Israel para o IDF Tel Aviv e para visitar a fábrica da Intel em Kiryat Gat pagando do meu próprio bolso*. Afinal, ver uma fábrica de chips por dentro era um sonho de infância, além disso como a próxima geração de chips da Intel foi desenvolvida em Israel, eu estava certo que aprenderia mais a fundo sobre a microarquitetura agora chamada Core. Eu fui ao IDF Spring 2006 em San Francisco também pagando do meu bolso*, porque a Intel dessa vez não me convidou (desde fevereiro de 2003 que eles me convidavam para todas as edições do IDF). Afinal, sabia que a Intel iria anunciar a nova microarquitetura Core, e eu mais uma vez estava preocupado em trazer a todos os leitores informações detalhadas sobre a futura geração de chips antes de todo mundo.

* Só um parêntese. Antes de me acusarem de baba-ovo da Intel, devo deixar claro que faria a mesmíssima coisa pela AMD. Eu pedi autorização para visitar a Fab36 em Dresden na Alemanha, a autorização me foi dada mas em cima da hora a AMD mudou a política de visitas às suas fábricas e não permitem mais a entrada de pessoas de fora na área de produção. Estou esperando a reversão dessa política para fazer essa visita. A AMD é uma empresa bem menor do que a Intel e não tem um evento regular como o IDF. Eu fui convidado para ir a um evento similar neste ano mas tive de recusar por motivos puramente pessoais (era no mesmo dia da entrega da minha faixa-preta no Tae Kwon Do, um evento que já estava marcado há séculos – depois de 14 anos treinando e ter que esperar mais seis meses para receber a minha faixa-preta seria dose).

Estamos pedindo à Intel um Pentium D e um Pentium 4 de mesmo clock há tempos para podermos fazer um teste para vermos qual é o ganho real de desempenho que um usuário comum pode esperar em usar um processador de núcleo duplo em vez de um processador comum. Quando a AMD disse que ia nos mandar um Athlon 64 X2 e um Athlon 64 de mesmo clock para fazermos essa mesma análise, reforçamos o pedido para a Intel, e a resposta, datada de 19 de abril de 2006, foi de que a Intel não tinha processadores Pentium D disponíveis para teste.

Tudo bem, vamos desconsiderar que a Intel fabrica o tal chip e vamos considerar que realmente a Intel Brasil não recebeu processadores Pentium D da matriz para testes e que a Intel Brasil não tem orçamento para comprar um processador desses no mercado interno para enviar para testes. Também vamos nos esquecer por um momento que o valor de mercado da Intel é de 121 bilhões de dólares.

Mas aí recebi no início de maio um convite para participar do Intel Editor’s Day (aliás de hoje até o próximo domingo). Puxa. Que bacana. Me convidaram para passar quatro dias em um resort em Muro Alto, Pernambuco escutando propaganda da Intel. Bacana, quanto será que a Intel está gastando para mandar uma porção de jornalistas para um resort de luxo no nordeste?

Aí fiquei pensando com os meus botões e mandei o seguinte e-mail para a Intel:

“Olá,

Estava pensando sobre essa questão e sobre o Editor's Day. Como vocês vão gastar uma grana para me levarem para este encontro, preferiria não ir
e que vocês usassem o dinheiro economizado para comprarem um Pentium D para enviar para mim para eu fazer um teste. Afinal, acredito que meus leitores estão mais interessados em um teste do Pentium D do que saber que eu fiquei 4 dias em uma praia escutando propaganda da Intel. O que acham da ideia?

Beijos e abraços,
Gabriel.”

A resposta, datada do dia 5 de maio, foi a seguinte:

“Olá Gabriel:

Na época em que o produto nos foi solicitado não o havíamos recebido para poder emprestá-lo. Porém, a situação agora é diferente e estamos  providenciando para que vc receba uma unidade para teste. A Burson está coordenando o processo e precisará saber por quanto tempo vc precisará da máquina para o teste, para onde devemos enviar, entre outros detalhes.

Um abraço,
Michelle”

Bacana, já se passaram 20 dias e nada. Já mandei e-mails cobrando e eles não deram qualquer tipo de resposta. O pior não é isso. Pelo e-mail acima dá para sentir um pouco do drama: em vez de me mandarem processadores eles querem nos mandar máquinas inteiras, montadas.

Eu não fui para o tal Editor’s Day. Acho que é uma questão de coerência. Não estava com a menor paciência de ficar quatro dias ouvindo a baboseira de sempre e no final das contas não ter acesso ao que precisamos: processadores para teste.

A assessoria de imprensa da Intel sugeriu que eu fosse até lá só para conversar com eles pessoalmente e tentar convencê-los a mandarem material. Sinceramente. Nós somos a maior publicação sobre informática da América Latina e uma das maiores do mundo. Não acho que a gente tem de ficar “mendigando” material para testes, como se fosse um favor enorme colaborar conosco, nos enviando material.

Para nós ainda pior é a política adotada no Brasil. A Intel, assim como outros fabricantes, não dá o material para teste, apenas emprestam. O problema todo é que vira e mexe precisamos refazer o teste com uma nova metodologia e aí temos de pedir o material emprestado novamente. E tome custo com Sedex. E tem vezes que eles não têm mais o material (como assim?). No exterior a Intel dá os processadores para as mídias. Aí ficamos em um caso curioso. Sites menores que o nosso porém localizados nos EUA recebem material antes do lançamento e ficam com o material para eles. Como costumo dizer, com todos esses obstáculos precisamos ser três vezes melhores que os americanos para termos sucesso. As coisas no Brasil já não são nada fáceis e esse tipo de política só piora as coisas.

Eu poderia comprar um Pentium D e um Pentium 4 de mesmo clock para efetuar este teste. Só que não concordamos, afinal deveria ser interesse do fabricante ter o produto divulgado (e de graça, note bem). Você também não acha que o custo de um processador desses é desprezível comparado só ao que a Intel gastou com o Editor’s Day? Sem contar que eu não fui, ou seja, o dinheiro que eles economizaram ainda está por lá dentro do orçamento deles, de bobeira. O que daria fácil para providenciar os processadores solicitados (e como doação e não como empréstimo).

No frigir dos ovos eu tenho é que agradecer à AMD, que tem agido com um profissionalismo ímpar para conosco. Eles não só enviaram os processadores que pedimos para testes como nos enviaram o Athlon 64 X2 5000+ antes do lançamento oficial, para que a gente pudesse publicar o teste na data do lançamento. Sensacional. Sem qualquer burocracia, bastou um único e-mail. E a gente nem teve que ficar quatro dias babando o ovo de alguém para conseguir isso.

Sei que com este editorial corremos o risco de sermos excluídos da lista da Intel e não recebermos mais o apoio deles. Mas, peraí. Já não estamos recebendo mesmo... Sinceramente, o que vocês preferem que eu faça: tire fotos de resort pernambucano ou faça testes de processadores?

Eu pensei 10 vezes antes de publicar este editorial. Optei por publicá-lo, pois acredito que todos vocês têm o direito de saber o que realmente acontece nos bastidores do Clube do Hardware, e entenderem que a nossa vida não é tão fácil quanto parece.

Também não concorda com a posição da Intel? Também está chateado por não ter lido ainda testes do Pentium D? Reclame com a Intel Brasil.

Atualizado em 05 de junho de 2006: Retorno da Intel

A pessoa responsável pelas relações públicas da Intel me ligou para conversar a respeito de tudo o que foi exposto neste editorial. Ela foi extremamente acessível e aberta, explicando cada ponto que sinalizei acima, inclusive concordando com várias das minhas colocações. O resumo dessa conversa segue abaixo.

Vários fatores culminaram para a falta de envio de processadores para testes, todos decorrentes de uma grande reestruturação que a Intel (matriz e filial) passou. Primeiro, as pessoas da Intel nos EUA responsáveis pelo envio de material mudaram, e as que entraram acham que o Brasil é um mercado pequeno (sim, ela também está tendo problemas explicando para gringo que não falamos espanhol e que não atravessamos a rua de cipó), e com isso a quantidade de material enviado caiu. Como houve mudanças internas também na Intel Brasil, esse material acabava caindo nas mãos das pessoas erradas. Em vez de mandarem o material para testes em nosso site, o material acabou sendo enviado para clientes da Intel para testes internos. Esse problema acabou de ser detectado e corrigido e, segundo ela, não teremos mais problemas no recebimento de material daqui para frente.

Como vários leitores aventaram, não é interesse da Intel no momento o envio do Pentium D para testes com o Core 2 Duo (“Conroe”) saindo do forno. Aliás, ela nos prometeu de pés juntos o envio do Core 2 Duo para testes assim que a Intel tiver o mesmo disponível. Vamos, portanto, aguardar.

Quanto ao fato de não ter sido convidado para o IDF Spring 2006, ela me deu a explicação que a assessoria de imprensa da Intel já tinha me dado, que a Intel estava priorizando pessoas que nunca tinham ido a um IDF e convidando somente mídia impressa. Deixei claro o seguinte. Entendo a posição da Intel, mas não concordo, o que é bem diferente. Por exemplo, teve jornalista de revista de 10.000 leitores/mês sendo convidado. Sinceramente, um artigo publicado aqui no Clube do Hardware é mais lido do que se fosse publicado em todas as mídias que foram convidadas SOMADAS. Deixei isso claro e ela, da mesma forma, entendeu meu ponto de vista.

O mais importante é que o canal de comunicação com a Intel foi re-aberto e o bacana é que ela entendeu perfeitamente que neste editorial eu estava publicando a minha opinião, o que eu penso, e que em momento algum estava levando esta questão para o lado pessoal, ou seja, não era um ataque à Intel ou a ela, mas somente o que eu pensava sobre a política que estava sendo adotada.

Ao que tudo indica ela entendeu tudo e as coisas irão mudar. Vamos esperar para ver.

Atualizado em 09 de junho de 2006: Intel Research Day

Nesta semana a Intel convidou alguns jornalistas para ir à sede da Intel em Santa Clara, CA, EUA para um evento chamado "Intel Research Day", para mostrar as tecnologias que a Intel está desenvolvendo. Não fui convidado.

Atualizado em 14 de julho de 2006: Teste do Core 2 Duo

No ar em http://www.clubedohardware.com.br/artigos/processadores/teste-dos-processadores-core-2-duo-e6700-e-core-2-extreme-x6800-r34674/

Atualizado em 21 de julho de 2006:

"A Intel convida você para o maior lançamento da empresa em 2006. O evento será realizado no próximo dia 02 de agosto em São Paulo e
contará com a presença e Keynote de Anand Chandrasekher, vice-presidente sênior de Marketing e Vendas da Intel." - Não fui convidado. Esta é uma cópia do convite enviado a um amigo.

Em compensação fui convidado para o IDF Fall 2006 em São Francisco, EUA, que ocorrerá no final de setembro deste ano.

Atualizado em 03 de setembro de 2007:

A Intel me fez dois convites este ano: ir para o Editor's Day, que foi dessa vez realizado em um resort em Mogi das Cruzes/SP, e ir ao IDF Fall 2007, mais uma vez realizado em São Francisco em setembro. Tive que declinar ambos os convite por motivos pessoais, visto que já tinha outros compromissos pessoais marcados para as mesmas datas.

Lembrando que não estamos de maneira alguma boicotando a Intel, pelo contrário. Desde a publicação deste editorial nós fizemos testes de vários processadores topo de linha conseguindo o material por outros meios:

Fora diversos tutoriais:

No final das contas, apesar da minha "indignação", vi que podemos nos virar muito bem, obrigado.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários




Por isso que gosto do CdoH, imparcial, verdade nua e crua. Tá certo você Gabriel, não temos que babar pra empresa nenhuma. Isso de acharem que passamos a rua de cipó, é até irritante, mas é assim mesmo, tenho um amigo que veio do Japão, ele me disse que tem gente lá que não acredita que temos celular nem internet aqui :muro:

De minha parte, esta apoiada a sua iniciativa. :-BEER :palmas: :bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom esse artigo, realmente o Clube do Hardware pode estar indo para a lista negra da intel, você fez muito bem em publicar esse artigo, afinal este é um site sério e competente, eles não colaboram porque não dao importancia para o Brasil, bem como você falo q sites menores e de menos importancia recebem os produtos antes mesmo do lançamento, não vamos nos rebaixar para uma "grande", continue com seu trabalho, mostrando a realidade do mercado de informatica e das poderosas empresas do ramo. Nosso país não tem apenas carnaval e futebol, também tem gente que pensa e luta por um mundo mais igual.

Parabens...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como os cara falarao ai em cima eles pensao q aqui so tem futebol e floresta amazonica

deixa os bandido q tem aqui se rebela contra o mundo e vocês vão ve

so vai sobra o Brasil no planeta

uahuah brinksss

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É ridículo o apoio da Intel Brasil às midias online. Se eles acham que o Brasil não merece atenção, então tire seus processadores do mercado. Acho que a Intel deve revisar seus conceitos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá amigos do clube!!!

Sou cliente intel há alguns anos (muitos inclusive) sempre defendi a marca com unhas e dentes, pois sempre teve (passado) os melhores produtos. mas esta estória vem mudando há alhuns anos, e seus produtos (diga-se processadores atendimento ao cliente, respeito ao consumidor) vem a cada dia caindo em meu conceito. Por serem a maior empresa do genêro a intel acredita que não precisa de meros consumidores como eu, como você usuário comum. Assim eu prometi para mim mesmo já a algum tempo que meu último processador da marca é este da assinatura, um p4 540j. Se eles não prescisam de mim eu não presciso deles, ganhei a minha vida sem a intel e daqui para frente não vai ser diferente. Impérios inteiros ruiram a hsitória está aí para não esquecermos, mas quem sou eu para dar consenhos a alguem? sou apenas um simples usuário final.

Gabriel, te apoio incondicionalmente, é através do clube diariamente que acompanho a evolução tecnológica, entre outras dúvidas que são sandas no dia a dia. Continue sempre assim.

Leonardo Diniz

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bem feito Gabriel! Já mandei um email pra Intel jogando a verdade na cara... porque eles não mandam os processadores??? tão com medo de que os da AMD sejam melhores??? se não mandarem os processadores, problema deles, o Clube do Hardware vai fazer testes somente com a AMD e vai bota-la lá em cima! como diz o ditado, "quem fala o que quer, ouve o que não quer!"

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se assim a Intel quer,terá.

Ignore a Intel,mas continue sendo imparcial,quando a Intel vier com processador Celeron d pra testes 1 dia antes do lançamento do conroe diga que não se interessa :tantan:

A Intel não quer nada com nada aqui no Brasil,os processadores aqui são muito mais caros do que os da AMD,lá fora já estão no mesmo patamar de preços..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Enviado para a Intel...

Cliquei naquele linkzinho que tem lá e mantei a mensagem abaixo pro dono da Intel Corporations dos EUA :P

"Fico extremamente infeliz com as atitudes da Intel do Brasil não enviar equipamentos para testes para o maior site do Brasil de avaliações de hardware. Fica claro desde já que para sites de menor expressividade dos EUA os processadores são doados (enquanto no Brasil, os mesmos são EMPRESTADOS), talvez isto porque um vivente dos Estados Unidos da América valha mais que um brasileiro.

Só queremos a verdade, se durante os testes seus processadores aparecerem com um desempenho inferior aos processadores o problema é de vocês, trabalhem mais para conseguir mais qualidade.

Eu pensava que dois processadores para teste não seriam problemas para a maior fabricante do mundo de chips.

Desde já, grato pela atenção."

Espero assim que o Brasil seja visto como uma potencia mundial de informação, não como um mercado de terceiro mundo em crescimento.

falou e disse Gabriel.

:bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Puxa fiquei surpreso em ver o tópico, tem q ter peito pra postar ahuhau tinha uma expressão boa pra isso mais num vou por não ahuahauahu

É essas atitudes mostram um pouco do "Salto Alto" que a Intel usa...

MASSSS não me surpreenderia se eles (INTEL) mandassem vários processadores Core Duo e Core 2 Duo pra vocês testarem.. acho que tem jogadas estratégicas por trás disso... talvez não interesse pra eles o resultado dos processadores atuais diante do que eles estão pra lançar... ou eu viajei demais ou eles realmente estão com um big salto alto(mais provável)...

Parabéns pelo tópico!!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

meu sem comentários.....nota 10 pra vocês por terem publicado este topico, eu nunca fui fã da intel, e agora menos ainda.....parabens pela atitude....

valeu

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Aê galera!

Estive pensando aqui: porque não mandamos - tdos no mesmo dia - emails p/ a Intel condenando a atitude deles? Seria uma pressão e tanto. O que eles estão pensando, q o Brasil não compra produtos deles? Ou que eles são a única empresa a fabricar processadores? Vamos todos mandar emails ao mesmo tempo p/ eles! Se isso não servir p/ chamar a atenção deles pelo menos serve p/ chatiar hehehe!

Alguém poderia marcar um dia ai?

Valeu pessoal!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho o seguinte: - Quem tem o melhor produto não teme.

Só acho um teste valido, quando o que esta em teste, condiz com a realidade da maioria dos consumidores, acho que o Clubedohardware tenta fazer isto, pra mim não adianta um fabricante mostar seu testes com seu programas e suas peças, que na maior parte dos casos não estão disponiveis para a maioria dos consumidores.

Acho a iniciativa do Clubedohardware louvável.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Apoiadíssimo, Gabriel. E a Intel que se ###### sozinha.

É uma pena que eu não tenho nem conhecido em loja de hardware. Senão, colocava em prática uma ideia de anos que eu acompanho o site: fornecer material pra vocês testarem, Em troca das melhores configurações pra se vender com um baita selo de "Computador Aprovado pelo Clube do Hardware". No princípio ía fazer pouco sucesso com quem não conhece, mas eu sinceramente acho que em em póuco tempo implicaria num boom de acessos pra vocês e outro boom de vendas pra quem tivesse isso fechado com vocês.

Óbvio, todas as marcas teríam que ser registradas pra se impor. ;)

Pena que eu não tenho bala na agulha pra isso. Mas fica aí a dica, até pra quem conhece alguém de loja mais forte (e quente, porque o Clube do Hardware imagino que não queira ser envolvido num processo por contrabando) tentar propor isso por exemplo.

Só espero que se algum dia eu tiver bala na agulha não se esqueçam que eu tive a ideia e me deixem entrar no barco por mais lotado que esteja! :D

Mais apoiadíssimo o movimento, Gabriel, e tem mesmo que postar esses podres. A AMD, sabendo disso, vai é te entupir ainda mais de processadores que nunca.... Quem sabe assim a Intel se mexe? :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom, a gente só dá valor quando perde né! Então vamos esperar para ver o que a intel vai achar de perder o APOIO da maior publicação de informática da américa latina!!!!! Como eu vou saber que o core Duo 2 é bom mesmo se não tem como testar!!! Vou usar o que sei que é bom, o que é testado. Se o Clube do Hardware testa um produto e afirma que ele é bom de maneira imparcial porque vou me arriscar a comprar outro cujo fabricante tem até medo de submeter a testes comparativos!!!! Acho que o mercado brasileiro já é grande o suficiente para mercer mais respeito por parte dos fabricantes estrangeiros!!!! Apoiado GDH ( e de uma certa forma a AMD e todos os outros que mandam seus produtos para teste prontos para o que der e vier)!!!!!!

:bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que o maior problema da Intel seja o orgulho, que sabemos muito bem, até hoje não levou ninguém a lugar algum, ou melhor dizendo até levou mas foi pro fundo do poço.É uma pena mesmo, uma empresa desse porte, tomando atitudes como essa que para mim seria uma vergonha sem tamanho.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Antes de tudo, quero ser mais um a apoiar a atitude tomada por Gabriel Torres! Parabéns amigo! É através de pessoas como você que o País vai pra frente!

Agora, concordo com o pensamento de todos que postaram acima. Dentre tudo, destaco a ideia de que "A gente só dá valor quando se perde".

O Clube do Hardware é uma gigantesca fonte de informática na América Latina (e o melhor de tudo que é imparcial e comprometido apenas com a verdade), logo, maior que a de qualquer uma dos EUA. Se a Intel não doou os processadores solicitados, é porque prova que não leva em conta o valor do mercado consumidor brasileiro.

Portanto se realmente a Intel pensa que o Brasil não vale a pena, que uma gigante como ela não precisa do mercado consumidor brasileiro, nós, brasileiros imparciais e justos, devemos mostrar a Intel que não é bem assim!

Devemos todos reclamar com a Intel Brasil, sobre essa postura (principalmente a atitude de, com o dinheiro que ela ia pagar o Editor's Day, ela bem que poderia adquirir os Pentium 4 e Pentium D, solicitados pelo Clube do Hardware, mas não...).

Mais uma vez, parabéns Gabriel, parabéns pela atitude e coragem de postar o artigo, mesmo sabendo que poderia ir para a lista negra da Intel, mas que preferiu mostrar a nós a verdade nua e crua. :joia:

:bandeira::bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Aff... Depois do que eu vi resolvi participar ativamente do fórum, situação critica heim amigos, é a mesma coisa que beber um refrigerante e perguntar perdeu o gás... é ruim né! Eu sou a favor de um contato em massa para a mesma empresa enviar para o conceituado clube o material que vós é solicitado, o porque? já gastei bastante dinheiro comprando Intel e adoro a qualidade mais em termo de quantidade... de ajudar à nós, tá complicado, tá igual papai noel só da presente fim de ano! Vamos ver ai pessoal do clube se ficar muito difícil, nós usuários podemos ajudar de alguma forma $

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

olha Gabriel, eu te apoio ate a morte com essa sua decisão. Eu nunca fui com a cara da Intel (não sei porque) e agora, mais do que nunca, eu desaprovo essa empresa, que acha que tem um rei na barriga, quando tem no maximo o bobo.

Eu sempre achei a AMD mais simpatica, e agora boto fé que a Intel não vai se dar bem com essa desvalorização para com a gente. Eles estão achando que a gente num consome né, pois então eu queria so ver a tabela com a quantidade de grana que eles ganham so do Brasil com a venda de processadores.

Apoio a atitude do Clube do Hardware, e estou do lado de vocês. Depois de muito tempo so observando o forum, não aguentei e tive que postar uma opnião a respeito disso

E intel, meu tel é 9819-2030, quem quiser ligar aqui pra mim pode ligar que eu vou falar na cara com vocês o que vocês devem ouvir.

falou

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Diante desta lamentável postura da Intel, só nos resta congratular o Gabriel pela sua atitudade firme e independente. Visito diariamente o Clube do Hardware e sempre utilizo os seus testes como parâmetro para a compra de novos produtos. Pior pra Intel se ficar fora dos próximos testes, pois isso só contribui para a consolidação da liderança da AMD no mercado brasileiro. E logo agora que a Intel está lançando chips com a real possibilidade de suplantar a concorrente. Sem dúvida uma decisão pouco inteligente dessa tal nova equipe de marketing. Desse jeito, terão vida curta nos cargos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como os muitos usuários vale ressaltar os parabens a equipe do Clube do Hardware por esse artigo.

Eles estão menosprezando o Brasil ou estão com medo dos teste com a AMD, não tem outra opção.

Pessoal, pensen duas vezes antes de comprar produto da Intel.

Viva a AMD.!!!

vlwzz :bandeira:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal,

Mais uma vez agradeço demais pelo apoio de vocês. Acho que todos entenderam muito bem que não estou de birra só porque não recebemos os processadores para teste, mas a questão é toda uma política que está por trás disso.

Teorias da conspiração a parte, o que disseram aqui que a Intel talvez não queira mandar produtos pois estão esperando o Core 2 Duo ("Conroe") faz até sentido. Mas não muda tudo o que falei.

Apenas uma resposta sobre a ideia "Computador Aprovado pelo Clube do Hardware", nós já pensamos em fazer isso, mas é uma coisa complicada. As pessoas poderiam confundir alhos com bugalhos, por exemplo, a gente poderia recomendar uma configuração, mas não a loja. Se recomendamos loja, outras se sentirão preteridas. Além disso, se essa loja atender mal a um cliente que seja, o pessoal cai de pau na gente. O Laércio Vasconcelos chegou a tentar essa ideia uma época, chamava-se CompuPro, mas não foi para frente.

Devo contar em breve outras histórias nessa mesma linha. Acho que vocês têm o direito de saber o que rola nos bastidores e os absurdos que temos que passar para defender a nossa imparcialidade.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa noite !

É lamentável a atitude da INTEL, porém acho que no Brasil a INTEL deve estar com sérios problemas, seu marketing não funcionou como esperavam. Não se vê mais propaganda da INTEL como aconteciam com frequência e acho que a coisa começou a piorar depois do sucesso do excelente soquete 462 da AMD.

a partir do k7, a AMD confirmou uma tendência que já vinha ganhando espaço desde os tempos dos K6, o custo x benefício tornou-se algo essêncial no mundo da informática no Brasil, preços altos do pentium IV e desempenho medíocre dos celerons contribuiram para que esta relação custo x benefício colocasse a AMD no orçamento de muitos técnicos e micreiros de plantão. Sem nenhuma propaganda em TV ou rádio, simplesmente propaganda de boca e testes como realizados no Clube do Hardware colocaram a AMD no devido lugar no mercado brasileiro, não que pentium seja ruim , bem pelo contrário, mas em se tratando de custo um AMD cai como uma luva no orçamento brasileiro.

Um golpe pior estava por vir, o lançamento do A64 e Sempron 64. A AMD ao colocar um Sempron soquete 754 para concorrer com celeron D praticamente tirou a INTEL do mercado low-end, afinal quem compra celeron D podendo montar um Sempron 64 com ótimo desempenho e preço que respeita seu bolso. Porém o golpe de misericórdia veio com o soquete 939, quando dizem que a INTEL deve estar esperando para enviar processadores CORE DUO para teste em vez dos pentium IV e D :( , acho que há sentido nisso. Talvez prevendo que o pentium D não fosse páreo para AMD ou novamente o velho custo x benefício "queimando o filme da INTEL" enfim , seja lá o que for assim como a propaganda de boca-a-boca ajudou a AMD, com esta atitude da INTEL, a mesma propagando poderá arruiná-la, pelo menos no Brasil, onde nem sempre o barato sai caro... de qualquer forma ficar sem testes da INTEL será ruim para o consumidor final ! :(

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Galera é por ai mesmo que a coisa se desenrola no exterior. America pra eles é a mesma de 500 anos atrás. Sempre fui cliente Intel, e como já foi dito no fórum, sou visto por eles como nada, alguem sem opinião valida, sem alternativa se não usar os processadores deles. Estava a visitar o Clube do Hardware (coisa que adoro fazer!) e vi o a materia "A Intel Não Colabora Mais Conosco", estava para comprar um processador P4, coisa de estar com o dinheiro na mão. Depois de ficar ciente da atitude tomada, terei que pensar bem antes de comprar o processador deles. Espero que AMD valorize o mercado Brasileiro, que está longe de ser pequeno e sem importancia!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tambem fiquei chateado com a decisão da intel !!!

mas vamos ser realistas o que a intel tem a perder ?????

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora