Entre para seguir isso  
Seguidores 0

ASRock Beebox

       
 26.212 Visualizações    Primeiras Impressões  
 6 comentários

O ASRock Beebox é um computador semimontado ultracompacto com um processador Celeron N3000 de dois núcleos, uma baia de 2,5” e que traz uma porta USB 3.0 tipo C. Vamos dar uma boa olhada neste minúsculo PC.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Analisamos o ASRock Beebox, um kit de computador ultracompacto com um processador Intel Celeron N3000, dois soquetes para módulos de memória DDR3L, uma baia de 2,5 polegadas para disco rígido ou SSD, saídas HDMI e DisplayPort, e que vem com quatro portas USB 3.0, sendo uma delas do novo tipo C.

Computadores de mesa compactos não são novidade: há inúmeros modelos compactos e ultracompactos. Mas o Beebox é, segundo a ASRock, o primeiro modelo do mercado com porta USB 3.0 tipo C. Esse novo padrão de porta é muito interessante pois, é reversível (você pode instalar o conector em qualquer posição) e suporta alimentação de até 100 W, permitindo uma carga mais rápida para smartphones. A porta USB tipo C foi lançada siultaneamente com o padrão USB 3.1 e muita gente pensa que toda porta tipo C é do tipo USB 3.1, o que não é o caso. No Beebox sua porta tipo C é USB 3.0.

O Beebox pode ser encontrado completo (com memória e SSD instalado, com ou sem sistema operacional) ou na forma de kit (sem memória nem unidade de armazenamento), que é a versão que nós analisamos.

Ele pode ainda ser encontrado na versão com processador Celeron N3150 (quatro núcleos, clock de 1,6 GHz, clock turbo de 2,08 GHz, TDP de 6 W) ou Celeron N3000 (dois núcleos, clock de 1,04 GHz, clock turbo de 2,08 GHz, TDP de 4 W), que é a versão que analisamos. O modelo de quatro núcleos usa uma ventoinha, mas o de dois núcleos não tem nenhuma ventoinha, o que significa que ele é completamente silencioso.

Na Figura 1, nós podemos ver a caixa do ASRock Beebox.

ASRock Beebox
Figura 1: embalagem

A Figura 2 mostra os acessórios que vêm com o computador: uma fonte de alimentação externa de 36 W, manual, disco com drivers, controle remoto, adaptador para instalação de uma unidade SATA de 2,5 polegadas, parafusos e um suporte VESA, que permite que ele seja instalado atrás do seu monitor.

ASRock Beebox
Figura 2: acessórios

A Figura 3 revela o ASRock Beebox, que mede 46 x 110 x 118,5 mm. Há três cores disponíveis: branco (que nós analisamos), preto e dourado.

ASRock Beebox
Figura 3: o ASRock Beebox

Nas próximas páginas, nós daremos uma olhada no Beebox em detalhes.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Há um erro conceitual no artigo, 100W a porta USB 3.0 tipo C pode fornecer segundo as suas especificações liberando 20 volts e 5 Amperes, no caso dos smartphones não, porque a maioria usa carregador de 5 volts, vezes 5 amperes que a porta pode fornecer, seria então 25 Watts pra carregar smartphone...   

Editado por Gabriel Torres
Remoção de citação desnecessária

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Há um erro conceitual no artigo, 100W a porta USB 3.0 tipo C pode fornecer segundo as suas especificações liberando 20 volts e 5 Amperes, no caso dos smartphones não, porque a maioria usa carregador de 5 volts, vezes 5 amperes que a porta pode fornecer, seria então 25 Watts pra carregar smartphone...   

 

Mesmo considerando que, na tensão de 5 V, a potência máxima é de 25 W, ainda assim essa porta permite uma carga mais rápida em smartphones. Assim, não há erro.

De qualquer forma, o limite de 100 W é teórico da especificação da porta, não significando que toda porta tipo C de qualquer aparelho seja capaz de fornecê-los.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mesmo considerando que, na tensão de 5 V, a potência máxima é de 25 W, ainda assim essa porta permite uma carga mais rápida em smartphones. Assim, não há erro.

De qualquer forma, o limite de 100 W é teórico da especificação da porta, não significando que toda porta tipo C de qualquer aparelho seja capaz de fornecê-los.

 

Pode ser que no futuro, todo smartphone venha com um cabo USB 3.0 tipo C capaz de transformar os 20 volts por 5 amperes em 5 volts por 20 amperes pra ai sim ter os 100 watts no carregamento, mas que carrega mais rápido com 25 watts, claro que carrega, até hoje só vi carregador de smartphone com no máximo 2,5 amperes (era um apple), quer dizer 12,5 Watts... 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pode ser que no futuro, todo smartphone venha com um cabo USB 3.0 tipo C capaz de transformar os 20 volts por 5 amperes em 5 volts por 20 amperes pra ai sim ter os 100 watts no carregamento, mas que carrega mais rápido com 25 watts, claro que carrega, até hoje só vi carregador de smartphone com no máximo 2,5 amperes (era um apple), quer dizer 12,5 Watts... 

 

Exato. A potência típica de um carregador de celular (e de uma porta USB tipo A) é de 5 W.

Outro detalhe é que um celular nunca poderia utilizar tanta energia, as próprias baterias atuais de íons de lítio têm um limite, em geral não podem ser carregadas em menos de 1 hora, para não degradar a vida útil.

A especificação de 100W só faz sentido para notebooks.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não é só aumentar a potência capaz da fonte que significa carga mais rápida, pois depende das características da bateria tb! Além disso, ir aumentando essa potência sem levar em conta os limites físicos da bateria poderia fazê-la explodir.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não é só aumentar a potência capaz da fonte que significa carga mais rápida, pois depende das características da bateria tb! Além disso, ir aumentando essa potência sem levar em conta os limites físicos da bateria poderia fazê-la explodir.

 

Faz uns tempos eu montei um carregador alternativo por aqui, juntei em paralelo dois carregadores antigos da Motorola de 5,9 Volts x 1 amper e depois coloquei dois CIs reguladores de tensão 7805 sem dissipador (aguenta 1,5 amper cada) na saida com duas portas USB, ficou um carregador de 5 volts x 2 amper, e dá pra carregar dois smartphones ao mesmo tempo, o tempo de carregamento diminuiu bem, mas não tanto, a diferença no tempo é beeeem menor se liga-lo no 220 volts, mas nunca menos que 1 hora...mesmo assim liguei ele nesse Apple que havia falado do meu sobrinho e demorou muito pra carregar, mas o carregador dele é 5 volts x 2,5 amper. 

Editado por lark2

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora