Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

CREA: Mais Opiniões

       
 32.579 Visualizações    Editoriais  
 0 comentários

Opiniões de Gabriel Torres a respeito do mercado de informática.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O assunto continua despertando muita polêmica - e com razão. Um de nossos visitantes questiona: "Gabriel, se até os seus cursos não são registrados no CREA, você não está incentivando a prática ilegal da profissão?"

Volto a repetir o que disse no editorial passado: ser simplesmente um engenheiro ou um técnico em eletrônica não transforma o profissional em um técnico em manutenção de micros. Atualmente a manutenção de micros não envolve somente a parte eletrônica. Por esse motivo, acredito que aqueles que puderem fazer um curso técnico em eletrônica que o façam, mas não acho que seja 100% necessário. É apenas um "plus" no currículo, um diferencial no mercado de trabalho. Ademais, o curso técnico em eletrônica é uma excelente pedida se você realmente curte o assunto. Resumindo, faça o curso somente se você quiser se aprofundar no assunto. Acho que todos o que quiserem realmente ser bons técnicos tem de pensar em outras questões, como ética e profissionalismo, que são pontos que a maioria dos cursos não aborda e que tentamos abordar aqui no Clube do Hardware. Leia a enquete que fizemos sobre a qualidade das assistências técnicas brasileiras para entender melhor essa questão.

Em relação a cursos, o mais importante é procurar cursos que sejam ministrados por instituições idôneas. Gostaria de lembrar que a instituição onde ministro meus cursos (Instituto de Tecnologia ORT) é devidamente registrada no CREA e no MEC, além de ser a maior organização não governamental de ensino técnico profissionalizante do mundo.

Recebemos o seguinte e-mail do nosso visitante Ronald, que analisa o outro lado da moeda:

"Em relação à regulamentação de profissionais pelo CREA estou em desacordo, pois até hoje não vi nada de útil que o CREA tivesse feito a não ser política e cobrar dos já tão paupérrimos profissionais que esta entidade deveria regulamentar. Creio que o momento é de competência e já existem dois orgãos federais (Ministério da Educação e Ministério do Trabalho) para cuidarem do aspecto legal das profissões. O pessoal que normalmente administra o CREA é aquele mesmo pessoal que quando acadêmicos pertenciam a diretórios e coisa e tal.O Brasil precisa é de gente que sabe realmente das coisas! Papel não projeta ou conserta coisa alguma. Não vamos colocar mais uma dificuldade na vida do profissional de informática. Deixemos o CREA bem longe de nossa atividade. Desculpe o desabafo, mas imagino que muita gente pensa como eu. Não queremos ter de engolir goela abaixo o Sr. CREA. A melhor fiscalizaçao é feita pelo livre mercado, pela concorrência, pela competência técnica. Chega de papel, precisamos de profissionais que dominem a área, que resolvam problemas."

Para saber mais:

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


para o nosso amigo ai que não tem o CREA, sugiro: a próxima vez que seus filhos ficarem doentes ou sua mulher!!!! voce leva eles em qualquer lugar tá ?

que já esta bom.... tem um medico aqui perto da minha casa ele não tem diploma nem estudo mas sabe tudo !!!! aplica injeção com vaselina, corta dedo de crianças, algumas vezez ele amputa o braço todo de uma pessoa mas depois viram que não precisava, prédio de 30 andares cai mas o engenherio e burro né ? ou os peões não seguem as normas ? mas voce pode trazer seus filhos como voce disse... interessa no Brasil os que mexem em tudo micros redes, iguais a voce que se negam a estudar

por favor não responda meu exploramanto apenas leia isso sempre e raciocine:

RAMIREZ: Engº Eletricista registrado no CREA-SP

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário







Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×