Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Novo servidor do Clube do Hardware

       
 22.776 Visualizações    Editoriais  
 0 comentários

Gabriel Torres fala do novo servidor que hospedará o Clube do Hardware.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Os últimos dois meses foram pauleira para o Clube do Hardware. Nossos acessos têm crescido cada vez mais, sendo que desde agosto temos transferido mais de 200 GB por mês. Mês passado batemos em 4 milhões de pageviews e 800.000 visitantes. Estamos a poucos passos de atingirmos a histórica marca de 1 milhão de visitantes por mês.

Todo esse aumento no tráfego impactou diretamente o desempenho do site, por isso resolvemos montar um novo servidor. A troca de servidores ocorreu no dia 28 de setembro e, por esse motivo, alguns dos recursos do site não estavam funcionando corretamente até ontem, como o Fórum. Pedimos desculpas pelo inconveniente, mas foi para o melhor proveito de todos!

Nosso novo servidor tem a seguinte configuração:

  • Processador: Pentium 4 1,6 GHz
  • Memória RAM: 1 GB DDR266/PC2100 Samsung
  • Discos rígidos: Dois discos rígidos Maxtor DiamondMax Plus D740X (20 GB, 7.200 rpm, ATA-133) operando em RAID 1 (espelhamento).

Vocês devem ter reparado que o site está agora muito mais rápido. Fizemos vários testes e ele está entregando dados pelo menos duas vezes mais rápido que o antigo servidor.

Levamos um mês montando essa máquina. Apesar do hardware ter sido montado no mesmo dia em que compramos as peças, dureza foi instalar e configurar o Linux, já que ele não reconhecia o chip HighPoint HPT372, que controla as portas IDE onde os HDs estão conectados. Mas, enfim, no final deu tudo certo (com a instalação de um patch fornecido pelo pessoal da Red Hat) e o novo servidor está aí, permitindo que todos tenham acesso agora mais rápido ao maior site independente sobre informática da América Latina.

Após termos colocado esse editorial no ar, vários leitores mandaram e-mails perguntando o porque de termos escolhido um Pentium 4 e não um Athlon XP para o nosso servidor. A escolha não foi baseada no processador, mas sim na placa-mãe. Queríamos uma placa-mãe de alto desempenho, com portas RAID ATA-133 e com vídeo on-board (já que servidores não precisam de vídeo). Das placas-mães que tínhamos aqui, a que respondeu por esses requisitos foi a EPoX 4G4A+. Como essa placa-mãe é para processadores Intel, então nossa escolha foi por um Pentium 4. Se tivéssemos escolhido um Athlon XP, teríamos ainda de comprar uma placa-mãe, o que iria tornar o nosso servidor mais caro. A escolha do processador foi, portanto, uma simples conveniência, não tendo uma razão técnica pela escolha do Pentium 4 e não pelo Athlon XP.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora