Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Novos Chipsets Para Pentium 4

       
 30.448 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Intel lança novos chipsets para o Pentium 4, saiba mais em nosso artigo.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

A Intel acabou de lançar dois novos circuitos para placas-mães de Pentium 4, chamados i845E e i845G. A grande novidade desses dois chipsets é poderem trabalhar externamente a 133 MHz, freqüência de operação dos novos processadores Pentium 4 que serão lançados em breve no mercado. Observe que você verá em outros locais a informação dizendo que esses chipsets operam a 533 MHz. Na verdade isso não ocorre. O Pentium 4 opera transferindo quatro dados por pulso de clock, em vez de um, como é o normal. Com isso, ele operando externamente a 100 MHz tem um desempenho externo como se estivesse operando a 400 MHz, e, operando a 133 MHz, um desempenho externo como se estivesse operando a 533 MHz. Só que isso não aumenta tanto o desempenho do processador, como pode parecer, já que as memórias normalmente usadas com o Pentium 4 (SDRAM e DDR-SDRAM) não conseguem trabalhar tão rapidamente. A segunda novidade desses chipsets é aceitar o uso de memórias DDR-SDRAM DDR266 (PC2100). Observe que esse tipo de memória atinge um desempenho máximo de 2.100 MB/s, enquanto que o Pentium 4 a 100 MHz transfere dados a 3.200 MB/s e a 133 MHz a 4.256 MB/s. Como dissemos, a memória é mais lenta que o processador e esse é um dos grandes entraves para que esse processador consiga atingir o topo de seu desempenho. A situação fica ainda mais crítica quando usamos outros tipos comuns de memórias, como a DDR200 (PC1600), que opera a 1.600 MB/s, a PC133, que opera a 1.064 MB/s e a PC100, que opera a 800 MB/s. O máximo de memória RAM que esses chipsets aceita é 2 GB.

As características de hardware de uma placa-mãe são baseadas no chipset usado. Assim, em placas-mães baseadas nesses dois chipsets você encontrará seis portas USB 2.0, som on-board de seis canais gerado pelo próprio chipset e duas portas IDE ATA-100.

A diferença entre o i845E e o i845G é que este último tem ainda vídeo on-board, mas permite o uso do barramento AGP, para caso você queira desabilitar o vídeo on-board e usar uma placa de vídeo de alto desempenho.

E a concorrência, o que anda fazendo? A SiS já lançou há algum tempo o SiS 645DX, que tem como grande vantagem aceitar memórias DDR333 (PC2700) - o que alivia bastante o problema de desempenho que comentamos no início - e um máximo de 3 GB de memória RAM. Suporta também o novo barramento externo de 133 MHz e seis portas USB (1.1, porém) e áudio on-board de seis canais.

Já para o mercado de PCs baratos, a SiS lançou o SiS 650, que tem vídeo e áudio on-board. Ele aceita até 3 GB de memória RAM DDR266 (PC2100), discos rígidos ATA-100 e seis portas USB 2.0. Ele trabalha externamente somente a 100 MHz.

Já a VIA lançou o P4X333, um chipset para Pentium 4 muito superior aos da Intel, pois além de aceitar memórias DDR333 (PC2700) e discos rígidos ATA-133, como o chipset SiS 645DX, aceita o novo barramento AGP 8x (duas vezes mais rápido do que o barramento AGP usado atualmente, 4x - desde que a placa de vídeo seja 8x, é claro), além das demais características apresentadas pelo i845E, como operação externa a 133 MHz, som on-board e seis portas USB 2.0. E ainda aceita um máximo de 32 GB de memória RAM, um limite bem maior do que o apresentado pela Intel e pela SiS.

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora