Ir ao conteúdo

Placa-mãe ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4

       
 17.999 Visualizações    Primeiras Impressões  
 20 comentários

A ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4 é uma placa-mãe soquete AM4, voltada para os processadores Ryzen e baseada no chipset X370. Vamos analisar esta placa cujo foco é a relação custo/benefício.

Placa-mãe ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Principais Especificações

As principais especificações da ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4 incluem:

  • Soquete: AM4
  • Chipset: AMD X370
  • Super I/O: Nuvoton NCT6779D
  • ATA Paralela: nenhuma
  • ATA Serial: seis portas SATA-600, controladas pelo chipset (RAID 0, 1 e 10)
  • SATA externa: nenhuma
  • USB 2.0: quatro portas USB 2.0, disponíveis em dois conectores na placa-mãe
  • USB 3.0 (USB 3.1 Gen 1): dez portas USB 3.0, seis no painel traseiro e quatro disponíveis em dois conectores na placa-mãe
  • USB 3.1 (USB 3.1 Gen 2): duas portas USB 3.1 (uma tipo A e uma tipo C) no painel traseiro
  • FireWire (IEEE 1394): nenhuma
  • Thunderbolt: nenhuma
  • Vídeo on-board: saída HDMI (produzido pelo processador, se disponível)
  • Áudio on-board: produzido por um chip Realtek ALC1220 (7.1 canais, relação sinal/ruído de 120 dB para as saídas, sem mais informações disponíveis), saída SPDIF óptica on-board
  • Rede on-board: uma porta Gigabit Ethernet controlada por um chip Intel i211AT
  • Buzzer: não
  • Interface infravermelha: não
  • Fonte de alimentação: EPS12V
  • Slots: dois slots PCI Express 3.0 x16 (trabalhando em x16/x0 ou x8/x8), quatro slots PCI Express 2.0 x1, um slot M.2 SATA-600/PCI Express 3.0 x4 e um slot M.2 SATA-600/PCI Express 2.0 x2
  • Memória: quatro soquetes DDR4-DIMM (até DDR4-2933, máximo de 64 GiB)
  • Conectores para ventoinhas: dois conectores de quatro pinos para o cooler do processador e três conectores de quatro pinos para ventoinhas auxiliares
  • Recursos extras: iluminação RGB, mostrador de dois dígitos para códigos de erro do POST
  • Número de CDs/DVDs fornecidos: um
  • Programas incluídos: utilitários da placa-mãe
  • Mais informações: http://www.asrock.com
  • Preço médio nos EUA*: US$ 155

* Pesquisado na Newegg.com no dia da publicação deste artigo.

Compartilhar

  • Curtir 6


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


ótimo artigo, agora a duvida quando sair os ryzen novos 16 núcleos 32 threads nao ha garantia que sera esse socket ae pessoa compra placa-mãe nova dessa show mas nao pode usa cpu que logo sairia porque mudou socket né esse é pior coisa que se pode acontecer pra quem compra placa assim, e é o que talvez aconteca né, antigamente os sockete duraravam mais ate fabricante de cpu mudar hj é 1 ou 2 anos maximo e ja pulam pra novo socket, o que me dizem disso estou certo?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Cara esses "novos" Ryzen não são para uso doméstico, seria como os Xeon da vida.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Maicolao disse:

Cara esses "novos" Ryzen não são para uso doméstico, seria como os Xeon da vida.

Os R7 sim , já os R5 são uma ótima opção , principalmente os R5 1600 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

na parte de áudio da placa vem a logo da Creative, no artigo não cita nada a respeito do som ser dela, apenas cita o Codec de áudio.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho difícil essa placa bater as placas da Gigabyte AORUS, espero que o Clube do Hardware coloque aquelas placas pro teste , estamos aguardando :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
23 horas atrás, Maicolao disse:

Cara esses "novos" Ryzen não são para uso doméstico, seria como os Xeon da vida.

 

Xeon pode ser usado em micro doméstico também, e em alguns casos, com boa relação custo/benefício.

 

O que você disse não tem absolutamente nenhuma procedência.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-24 às 08:18, xmauro disse:

ótimo artigo, agora a duvida quando sair os ryzen novos 16 núcleos 32 threads nao ha garantia que sera esse socket ae pessoa compra placa-mãe nova dessa show mas nao pode usa cpu que logo sairia porque mudou socket né esse é pior coisa que se pode acontecer pra quem compra placa assim, e é o que talvez aconteca né, antigamente os sockete duraravam mais ate fabricante de cpu mudar hj é 1 ou 2 anos maximo e ja pulam pra novo socket, o que me dizem disso estou certo?

 

É certo que os Ryzen ThreadRipper não utilizarão o soquete AM4, visto que possuem controlador de memória de quatro canais e nada menos do que 44 linhas PCIE. A AMD fará uma segmentação similar à que a Intel faz com os soquetes LGA 1151 e 2011.

 

Desta forma as placas AM4 ainda tem uma longa vida pela frente, até mesmo pois os Ryzen ThreadRipper e a nova plataforma da AMD serão bem mais caros (ainda mais aqui no HuehueBr...), assim como ocorre com os Intel LGA 2011.

 

Em tempo, eu tenho um Ryzen 7 1700 montado nesta ASRock. Realmente esta placa tem um ótimo custo x benefício e suporta um bom overclock. Meu Ryzen roda em 4 GHz com apenas 1,368 V, e a 1,39 V ele chega a 4,1 GHz. O codec de áudio realmente é excepcional e a qualidade do som impressiona, mesmo com um fone de ouvido simples como o que eu uso. Chama a atenção também a grande estabilidade da placa, mesmo em overclock.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 5/25/2017 às 09:53, ederiff disse:

na parte de áudio da placa vem a logo da Creative, no artigo não cita nada a respeito do som ser dela, apenas cita o Codec de áudio.

 

Oi ederiff, trata-se de uma solução de software (programa) e não uma característica de hardware. A placa não usa nenhum chip da Creative; ela suporta o software Sound Blaster Cinema 3: http://www.creative.com/oem/products/software/cinema3.asp

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, Gabriel Torres disse:

 

Oi ederiff, trata-se de uma solução de software (programa) e não uma característica de hardware. A placa não usa nenhum chip da Creative; ela suporta o software Sound Blaster Cinema 3: http://www.creative.com/oem/products/software/cinema3.asp

sim, eu vi no site da asrock, obrigado pela resposta. Acaba que essa logo é mais comercial, ate pensei em se tratar de uma solução da creative, ate mesmo por ela usar este codec da realtek nas placas delas.

adicionado 7 minutos depois
Em 2017-5-25 às 07:56, Evandro disse:

 

Xeon pode ser usado em micro doméstico também, e em alguns casos, com boa relação custo/benefício.

 

O que você disse não tem absolutamente nenhuma procedência.

ate pode, porém nao é recomendado, servidores trabalham com  processamento preferencial em segundo plano, pois as maquinas da rede estão acessando banco de dados, estão em constante comunicação com o active directory, dentre varias outras coisas, logo os processadores sao voltados a esse trabalho, o que nao seria o caso de um usuario domestico, mas... poder usar pode, nao significa que ira ficar uma carroça, porém se comparara dois processadores compativeis em modelos de xeon e core i, para o uso domestico o core i sera mais rápido, e ate mesmo o preço da linha domestica sera melhor.

 

edit: perdão acabei generalizando, a gente acaba sempre pensando no perfil gamer, porém o xeon e3 por exemplo tem com 4 cores e 8 threads e 4 cores 4 threads, o e5 tem ate com 23 cores e 44 threads, e o e7 tem ate com 24 cores, 48 threads, e no caso de quem quer trabalhar com automação, edições ou virtualização (principalmente virtualização) , vale mais a pena.

Editado por ederiff

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, ederiff disse:

edit: perdão acabei generalizando, a gente acaba sempre pensando no perfil gamer, porém o xeon e3 por exemplo tem com 4 cores e 8 threads e 4 cores 4 threads, o e5 tem ate com 23 cores e 44 threads, e o e7 tem ate com 24 cores, 48 threads, e no caso de quem quer trabalhar com automação, edições ou virtualização (principalmente virtualização) , vale mais a pena.

 

Exatamente, até porque, ainda não saíram os Ryzen servidores ainda. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A placa pode até ser magnífica e possuir uma qualidade excepcional, mas se vermos o cuidado com a estética, vejo uma assincronia dos componentes que formam o circuito regulador de tensão, que ao retirar o dissipador, não agrada muito, dando uma impressão de descuido por parte da AsRock com o acabamento, deixando uma impressão desagradável.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-25 às 11:36, Michael Rigo disse:

 

É certo que os Ryzen ThreadRipper não utilizarão o soquete AM4, visto que possuem controlador de memória de quatro canais e nada menos do que 44 linhas PCIE. A AMD fará uma segmentação similar à que a Intel faz com os soquetes LGA 1151 e 2011.

 

Desta forma as placas AM4 ainda tem uma longa vida pela frente, até mesmo pois os Ryzen ThreadRipper e a nova plataforma da AMD serão bem mais caros (ainda mais aqui no HuehueBr...), assim como ocorre com os Intel LGA 2011.

 

Em tempo, eu tenho um Ryzen 7 1700 montado nesta ASRock. Realmente esta placa tem um ótimo custo x benefício e suporta um bom overclock. Meu Ryzen roda em 4 GHz com apenas 1,368 V, e a 1,39 V ele chega a 4,1 GHz. O codec de áudio realmente é excepcional e a qualidade do som impressiona, mesmo com um fone de ouvido simples como o que eu uso. Chama a atenção também a grande estabilidade da placa, mesmo em overclock.

 

O Soquete PGA AM4 possui 1331 pinos e suporta apenas um conjunto Zeppelin (8\16) da arquitetura Ryzen, com 2 canais de memória DDR4.

 

 O novo soquete LGA SP3r2  possui 4094 pinos e suporta teoricamente até 4 conjuntos (ZP)Zeppelin  (8\16) da arquitetura Ryzen, com 8(2+2+2+2) canais de memória DDR4. Inicialmente na linha ThreadRipper a AMD está utilizando apenas 2 conjuntos ZP (8/16) com 4(2+2) canais de memória DDR4.

 

O soquete LGA SP3r2 é derivado do soquete SP3 da linha EPYC para servidores com pequenas mudanças nos requisitos de energia e de alguns componentes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quanto tempo demora o boot dessa placa-mãe? Eu comprei uma MSI B350 Tomahawk e o boot da placa-mãe demora 20-22 segundos. Depois desse tempo é que o sistema operacional começa a iniciar.

 

No fórum da MSI me informaram que esse tempo é normal para a plataforma AM4.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Então quer dizer que se eu comprar uma memória DDR4 8GB 3000Mhz não irá funcionar nessa placa?

 

Encontrei uma placa-mãe ASROCK X370 KILLER SLI que na descrição aponta 3200Mhz máximo.

 

porque uma placa superior suporta menos RAM do que uma "inferior"? Quase comprei essa K4, mas estou pensando seriamente nisso, pois vou usar o pc para renderização e modelagem 3D.

 

Abraço e parabéns pelo artigo!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho, me surgiu uma dúvida aqui que não consegui enxergar nas fotos:

 

como ligo antenas no "cartão" de rede?

Existem trilhas na placa ou precisa de uma solução improvisada?

E as antenas, podem ser parafusadas na borda da placa, onde há o espaço ali no espelho traseiro?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 11/19/2017 às 01:22, Evandro disse:

como ligo antenas no "cartão" de rede?

 

Normalmente as placas de rede miniatura têm pequenos conectores onde são encaixados um fio que faz a conversão desses conectores para o padrão de conectores usados por antenas (conectores de rosca). Esses conectores de rosca devem ser aparafusados no espelho traseiro. Aí as antenas são aparafusadas no lado de fora, nos conectores de rosca. Era essa a sua dúvida?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres quase.

 

Eu não enxerguei na placa as trilhas entre a "plaquinha de rede" e a parte das antenas, imaginei então que quem tem que fazer os fios e colocar as antenas em rosca sou eu, mas aí os fios ficam soltos entre a paca e as antenas ou tem alguma canaleta ali naquele plástico decorativo?

Fica estranho uma solução elaborada como o wi-fi integrado com cara de tabajara.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×