Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-mãe ASRock FM2A88X-ITX+

       
 20.376 Visualizações    Primeiras Impressões  
 5 comentários

Vamos examinar a ASRock FM2A88X-ITX+, uma placa-mãe Mini-ITX soquete FM2+ baseada no chipset A88X, com interface de áudio topo de linha, voltada a computadores compactos.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A FM2A88X-ITX+ é uma placa-mãe soquete FM2+ Mini-ITX da ASRock, baseada no chipset mais topo de linha para esta plataforma, o A88X. Ela é voltada aos processadores soquete FM2+ “Kaveri”, como o A10-7800 (que nós testamos recentemente), mas também é compatível com processadores série A de segunda geração, soquete FM2. Vamos ver o que essa pequena placa-mãe tem a oferecer.

Os processadores soquete FM2+ têm um controlador PCI Express 3.0, com uma porta PCI Express 3.0 x16 e quatro portas PCI Express 2.0 x1. É importante entender que este é um recurso do processador, não do chipset. Assim, embora placas-mãe soquete FM2+ suportem processadores FM2, quando um processador soquete FM2 está instalado, as pistas PCI Express são apenas compatíveis com o padrão 2.0.

Na Figura 1, podemos ver a placa-mãe ASRock FM2A88X-ITX+, que é baseada no formato Mini-ITX, medindo 170 mm x 170 mm.

ASRock FM2A88X-ITX+
Figura 1: a placa-mãe ASRock FM2A88X-ITX+

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


pena que no brasil só se encontra cpu fm2 com vídeo integrado , seria bom se tive-se no mercado o athlon 860 

 

Esse Athlon 860K é na verdade apenas um A10-7850K com o vídeo integrado desabilitado. Ou seja, se você instalar um A10-7850K e desabilitar o vídeo integrado, o resultado será o mesmo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Esse Athlon 860K é na verdade apenas um A10-7850K com o vídeo integrado desabilitado. Ou seja, se você instalar um A10-7850K e desabilitar o vídeo integrado, o resultado será o mesmo.

problema é que o a10-7850k custa mais de 600 reais , o vídeo integrado é cobrado e é caro para ser desabilitado , não sei o por que da amd desabilita este vídeo e vende-lo como athlon 860k , sera por defeito na fabricação , ou somente para atender quem tem em mente de usar uma outra gpu 

assim como antigamente um athlon 640 custava bem menos que um phenon 925 por não ter cache l3 , se o athlon 860k custa-se um pouco menos que o fx 4300 , seria uma boa para usar com uma gtx 750 ti ou r9 265 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Provavelmente são chips com defeito na GPU, ou então é para suprir demanda de mercado mesmo. Porque para quem não quer vídeo integrado é só pegar um FX.

 

problema é que o a10-7850k custa mais de 600 reais , o vídeo integrado é cobrado e é caro para ser desabilitado , não sei o por que da amd desabilita este vídeo e vende-lo como athlon 860k , sera por defeito na fabricação , ou somente para atender quem tem em mente de usar uma outra gpu 

assim como antigamente um athlon 640 custava bem menos que um phenon 925 por não ter cache l3 , se o athlon 860k custa-se um pouco menos que o fx 4300 , seria uma boa para usar com uma gtx 750 ti ou r9 265 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Lembrando que o processo de fabricação dos chips são imprimidos wafers com vários dies, e porventura alguns dies  podem apresentar alguma imperfeição ou defeito, dai vários processadores iguais mas com clocks diferentes, se dá pelos detalhes próprios de cada die que é utilizado para se fazer a CPU, pois o processo não oferece controle de qualidade sobre os dies. Em caso de defeito, diferente da Intel, que dispensa os chips defeituosos, a AMD bloqueia a parte defeituosa, desde os Athlons e Phenons II, daí termos processadores saidos do mesmo wafer x4, x3 e x2 núcleos, e no caso dos A-series, quando o núcleo gráfico apresenta defeito, o mesmo se torna um Athlom, mas vale lembrar que nem sempre o defeito é impedimento ao funcionamento do núcleo, e pode-se habilitar o mesmo ao funcionamento, via config da placa mãe, caso o núcleo seja capaz de funcionar, mas assumindo os riscos de ter problemas no funcionamento.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário







Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×