Placa-mãe ASRock Z270 Extreme4

        7.752 Visualizações     8 comentários     Primeiras Impressões   

Confira a ASRock Z270 Extreme4, placa-mãe da ASRock baseada no novo chipset Intel Z270, voltada a processadores Core i de sexta e sétima gerações.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A ASRock  Z270 Extreme4 é uma placa-mãe intermediária soquete LGA1151 baseada no novo chipset Intel Z270, suportando os processadores Core i de sexta geração (“Skylake”) e os futuros processadores de sétima geração “Kaby Lake”. Ela traz três slots PCI Express 3.0 x16, oito portas SATA-600, oito portas USB 3.0 e duas portas USB 3.1, sendo uma do tipo C. Vamos dar uma boa olhada nela!

O recém-lançado chipset Z270 é o modelo mais topo de linha para o soquete LGA1151, voltado aos processadores Core i de sexta (“Skylake”) e sétima (“Kaby Lake”) gerações. A principal diferença do Z270 em relação ao seu antecessor, o Z170, é o suporte a 24 pistas PCI Express 3.0 controladas pelo chipset, enquanto o Z170 tem 20 pistas PCI Express 3.0. Outra novidade no Z270 é o suporte à futura tecnologia Optane da Intel, que é um novo padrão para SSDs de alto desempenho.

Assim como o Z170, o Z270 suporta seis portas SATA-600 e oferece suporte às tecnologias Smart Response versão 15 (que permite utilizar um SSD como cache para o disco rígido principal), Smart Connect (que permite que o computador receba e-mails e atualize páginas mesmo em modo de suspensão) e Rapid Start (inicialização mais rápida).

Você confere a placa-mãe ASRock Z270 Extreme4 na Figura 1. Ela usa o padrão ATX, medindo 305 x 244 mm.

asrock-z270extreme4-01.jpg

Figura 1: placa-mãe ASRock Z270 Extreme4

Compartilhar




Comentários de usuários


Placa sensacional, pena que aqui custará uma fortuna.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho Dois por um hoje, hein :thumbsup:

Pois bem agora surgiu uma duvida. Eu gostei desse modelo da AsRock, mas dando um pesquisada pelo Google, vi umas sugestões de preço absurdas se convertidos para BRL (preço em U$$).

Eu tenho i5-6500 com uma Asus B150M pro gaming aura, e fiquei decepcionado com ela,principalmente por não conter slot's PCI-e X16 de 3.0 para poder fazer um crossfire com uma outra RX470.E ocasionalmente, os módulos de RAM sempre fazem downclock automático, irritando as vezes (sem opção na BIOS).

Eu estou esperando o i7-7700K/Ryzen para migrar de vez e passar ela para frente. E caso for de Intel, já estava em mente ir de H270 ou Z270.

Não sei vale a pena fazer um investimento desse sendo que 90% das noticias que se tem do KabyLake é de "mais do mesmo". Seria melhor manter e esperar mais ainda pela 8ª gen?

Como o @NascarBR disse, aqui vai ter o triplo de uma da 6ªgeração.

Só aguardar para ver.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Placa bem legal, só estranhei o conector vga nela a esta altura do campeonato.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Cícero Rodrigues disse:

Placa bem legal, só estranhei o conector vga nela a esta altura do campeonato.

colcaram o conector vga por questão de compatibilidade

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sou fã da Asrock, vou esperar a versão M dela.

Embora feliz com a Z170 não vou resistir.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 03/01/2017 às 22:47, Cícero Rodrigues disse:

Placa bem legal, só estranhei o conector vga nela a esta altura do campeonato.

Concordo. É um daqueles "recursos" que os fabricantes colocam sem pensar. Pode-se até falar em compatibilidade, porém eu penso que quanto menos recursos desnecessários, menos chances de problemas de incompatibilidade, e não o contrário. Bem, ao menos é a minha opinião.

Agora, quem iria comprar uma placa com Z270 e usar um monitor com conexão VGA? ;-)

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Darkmana disse:

Concordo. É um daqueles "recursos" que os fabricantes colocam sem pensar. Pode-se até falar em compatibilidade, porém eu penso que quanto menos recursos desnecessários, menos chances de problemas de incompatibilidade, e não o contrário. Bem, ao menos é a minha opinião.

Agora, quem iria comprar uma placa com Z270 e usar um monitor com conexão VGA? ;-)

Vocês têm razão. Conector VGA em placas básicas fazem sentido porque em muitos casos serão usadas em PCs de escritório ou comércio, onde os monitores antigos ou baratos são aproveitados. Mas numa placa-mãe com potencial para um PC topo de linha...

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora