Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe ASUS P3W

       
 51.642 Visualizações    Testes  
 1 comentário

Teste com a placa-mãe ASUS P3W, baseada no chipset Intel 810, para a plataforma slot 1.

Placa-Mãe ASUS P3W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

 Fazia tempo que nós não testávamos placas-mães da ASUS (http://www.asus.com.br), um fabricante tido como de primeira linha. Nossos testes comprovam isso, já que o desempenho obtido pela P3W foi similar ao de outras placas-mães de primeira linha que testamos recentemente, como a Gigabyte GA-6OXM7E e a Chaintech CT-6OJV. O ponto fraco da P3W foi o seu desempenho de disco, como veremos adiante.

Esta é uma placa-mãe slot 1 que usa o chipset Intel 810 e é uma placa extremamente simples se comparada a estas outras placas-mães. O único recurso diferente que essa placa-mãe apresenta e que vale a pena destacar é a existência de um jumper para aumentar a tensão de alimentação da memória RAM e, com isso, aumentar as chances de funcionamento de um bom overclock. A existência desse jumper junto com as diversas configurações possíveis de clock que essa placa apresenta sugeriam que iríamos conseguir um overclock fantástico. Mas quebramos a cara: o máximo que conseguimos foi colocar o nosso Celeron-566 rodando externamente a 75 MHz, enquanto que em todas as outras placas que testamos conseguimos colocar esse processador funcionando acima disso.

O manual é muito bem feito e o CD-ROM que acompanha a placa não traz nenhum programa extra (o único é o antivírus PC-Cillin). Um programa da ASUS que vale a pena destacar é o ASUS Probe, que identifica o hardware e monitora o estado das ventoinhas, temperatura e tensão de alimentação da fonte, traçando um gráfico da variação do estado desses itens ao longo do tempo.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Apesar do chipset i810 não te feito tanto impacto, acho sim que rendeu bom modelos de placas-mãe suportando Memória SDRAM, pelo menos até o lançamento do i815.

Acho bastante adequado associar essa placa-mãe á Pentium III ou Celeron de FSB 100MHz, já que o máximo de freqüência de operação da RAM que o i810 admite é 100Mhz, formando um conjunto barato e estável.

O desempenho do vídeo on-board i752 (Semelehante ao i740) surpreendeu. Desponta como uma excelente opção pra quem só lida com aplicativos de escritório, internet e Photoshop.

Mas a maior fraqueza de chipset é falta de um slot AGP... Mas o i815 sana essa desvantagem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×