Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-mãe ASUS Z97M-PLUS/BR

       
 97.652 Visualizações    Primeiras Impressões  
 2 comentários

Vamos dar uma olhada na ASUS Z97M-PLUS/BR, uma placa-mãe intermediária soquete LGA1150 baseada no novo chipset Intel Z97, fabricada no Brasil pela Cal-Comp.

Placa-mãe ASUS Z97M-PLUS/BR
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

A ASUS Z97M-PLUS/BR é uma placa-mãe intermediária soquete LGA1150 baseada no novo chipset Intel Z97 que oferece suporte a processadores Intel Core i de quarta geração, bem como os futuros processadores de quinta geração. Ela traz um codec de áudio topo de linha, oito portas SATA-600 e seis portas USB 3.0. Vamos dar uma boa olhada nesta placa-mãe, que é fabricada no Brasil pela Cal-Comp.

Note que a placa é idêntica ao modelo Z97M-PLUS, sendo que a única diferença é que o modelo Z97M-PLUS/BR é fabricada no Brasil, enquanto o outro modelo é importado.

O “novo” chipset Intel Z97 é um Z87 remarcado por razões mercadológicas. Eles são idênticos e, assim, têm exatamente as mesmas especificações. Algumas placas-mãe baseadas nesse chipset suportam os novos conectores SATA Express e M.2 (sucessor do mSATA), mas essas são características mecânicas oferecidas pelas placas-mãe, não pelo chipset.

Assim como o Z87, o Z97 oferece suporte a seis portas USB 3.0, seis portas SATA-600 e às tecnologias Smart Response (que permite utilizar um SSD como cache para o disco rígido principal), Smart Connect (que permite que o computador receba e-mails e atualize páginas mesmo em modo de suspensão) e Rapid Start (inicialização mais rápida).

Você confere a placa-mãe ASUS Z97M-PLUS/BR na Figura 1. Ela usa o padrão MicroATX, medindo 224 x 244 mm.

ASUS Z97M-PLUS/BR
Figura 1: placa-mãe ASUS Z97M-PLUS/BR

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Engraçado é que mesmo sendo uma Z97, essa placa parece ser bem mais básica do que a H97-PRO GAMER também analisada aqui no CdH.

 

Estranhas escolhas da ASUS em colocar esses chipsets nestas duas placas-mãe.

 

No caso da Z97M-Plus/BR, custaria menos colocar um H97 no lugar do Z97, e praticamente nem haveria diferença nesse caso. Porque convenhamos, quem é entusiasta de overclock não vai comprar uma Z97M-Plus/BR.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se ela tem preço sugerido de R$600,00 isso é a ganância do fabricante, que faz uma placa mediana/ruim por um valor desses 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×