Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe Biostar K8VHA Pro

       
 50.224 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Teste com a Placa-mãe Biostar K8VHA Pro, baseada no chipset VIA K8T800, para a plataforma soquete 754.

Placa-Mãe Biostar K8VHA Pro
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Depois de bastante tempo sumida do mercado brasileiro, é um prazer testarmos esta placa-mãe, visto que as placas-mães da Biostar em geral são mais baratas do que placas-mães de marcas do primeiro time, fazendo com que seja uma marca perfeita para o nosso mercado.

A K8VHA Pro é a primeira placa-mãe da Biostar para Athlon 64 baseada no chipset VIA K8T800, sendo uma placa-mãe mais simples do que as outras placas-mães soquete 754 que testamos até o momento (MSI K8T Neo, Chaintech ZNF3-150 e Gigabyte K8NNXP).

 



Figura 1: Placa-mãe Biostar K8VHA Pro.

Esta placa só tem dois soquetes de memória, ao contrário das demais placas, que têm três soquetes. Com isto, ela aceita até 2 GB de memória até DDR400/PC3200.

É sempre bom lembrar que há uma diferença fundamental entre a arquitetura das placas soquete 754 e das placas-mães de outras gerações. O processador Athlon 64 possui integrado o controlador de memória. Em placas-mães para todos os outros processadores, este dispositivo estava no chipset, integrado no circuito ponte norte. Trocando em miúdos, o chipset usado por placas-mães soquete 754 não influi no desempenho no acesso à memória, o que significa que placas-mães soquete 754 devem obter desempenhos muito similares entre si. Veremos em nossos testes se isto realmente ocorre ou não.

Por conta disso, a capacidade máxima de memória e o tipo de memória que a placa-mãe aceita dependem do processador, e não mais do chipset.

Em termos de recursos, ela pode até ter menos recursos que outras placas que testamos, mas eles não ficam devendo em nada às placas-mães de outras marcas, já que esta placa-mãe tem som de seis canais, rede Gigabit Ethernet, portas FireWire e portas Serial ATA – enfim, tudo o que um bom micreiro precisa.

A K8VHA Pro tem duas portas serial ATA, controladas pelo próprio chipset (mais especificamente pela ponte sul VT8237). A placa tem local para que a Biostar, no futuro, lance um modelo contendo um chip RAID e duas portas IDE RAID adicionais. O manual diz que estes recursos são opcionais, mas no site da Biostar não informa esta possibilidade de opcional.

 



Figura 2: Portas Serial ATA da Biostar K8VHA Pro e chip VIA VT8237.

Ela tem rede on-board Gigabit Ethernet controlada pelo novo chip Realtek RTL8110, e som on-board de seis canais produzido pelo próprio chipset em conjunto com o codec C-Media CMI9739A, que tem resolução de 20 bits.

Esta placa tem duas portas FireWire (chip VIA VT6307), sendo que uma das portas está soldada diretamente sobre a placa e a outra está disponível através de cabo adaptador, e oito portas USB 2.0, sendo que quatro estão soldadas sobre a placa-mãe, e a placa vem com cabo adaptador para duas portas (duas ficam sobrando, podendo ser usadas na conexão de portas USB no painel frontal de gabinetes que tenham portas USB frontais).

 



Figura 3: Porta FireWire soldada na própria placa-mãe.

Esta placa-mãe tem também os conectores para o painel frontal do gabinete coloridos, facilitando a identificação dos plugues na hora da montagem do micro. Pena que cada fabricante use uma codificação de cores própria.

 



Figura 4: Conectores do painel frontal coloridos.

Esta placa vem com dois CDs. Em um CD há os drivers e utilitários da Biostar, enquanto no segundo CD há um pacote contendo vários programas de graça: Norton Ghost 2003 e Norton Internet Security 2003 (pacote contendo os seguintes programas: Norton AntiVirus, Norton Personal Firewall, Norton Spam Alert e Norton Parental Control).

Antes de irmos aos testes desta placa-mãe, vamos recapitular as suas principais características.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×