Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe Chaintech CT-7NIF2 Summit

       
 43.876 Visualizações    Testes  
 7 comentários

Teste com a placa-mãe Chaintech CT-7NIF2 Summit, baseada no chipset NVIDIA nForce 2 IGP, para a plataforma soquete 462.

Placa-Mãe Chaintech CT-7NIF2 Summit
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Se você acompanha nossos testes de placas-mães, já sabe que a Chaintech divide seus produtos em três linhas: Summit, Apogee e Zenith. A série Summit, da qual a 7NIF2 faz parte, é uma série de baixo custo da Chaintech, vindo sem os trocentos adicionais que acompanham as demais séries da Chaintech. Ou seja, é uma série para quem quer uma placa-mãe de excelente qualidade mas não quer pagar caro.

Para conhecer mais sobre a Chaintech e sua linha de produtos, leia a nossa cobertura do evento Chaintech Reloaded 2003.

Nós estávamos mortos de curiosidade para testar a 7NIF2 por um motivo muito simples: ela usa o chipset nForce 2 IGP, que é a versão do nForce 2 com vídeo on-board. Segundo a NVIDIA, o motor gráfico do nForce 2 IGP é o mesmo do GeForce 4 MX, e queríamos ver se isto era verdade ou não, já que normalmente placas-mães com vídeo integrado ao chipset têm um péssimo desempenho. Sendo a Chaintech uma marca que só produz placas de alto desempenho, seria de se estranhar que a 7NIF2 fugisse a esta regra, e daí a nossa curiosidade e suspeita que esta placa-mãe, apesar do vídeo on-board, seria de alto desempenho.

O nForce 2 IGP mantém as demais características do nForce 2, sendo que a versão do IGP usado na 7NIF2 é a Ultra 400, suportando o barramento externo de 400 MHz (200 MHz) e o esquema DDR Dual Channel. Neste esquema a memória é acessada a 128 bits e não a 64 bits, dobrando a taxa de transferência máxima teórica. No caso de usarmos módulos DDR400, a taxa máxima pula de 3.200 MB/s para 6.400 MB/s. Para isso, é necessário usar pelo 2 módulos de memória e instalar cada módulo em um canal diferente. Nessa placa-mãe, assim como na maioria das placas-mães baseadas no nForce 2, os soquetes 1 e 2 compatilham o canal A e o soquete 3 representa o canal B. Ou seja, no caso de dois módulos, instale um módulo no soquete 1 ou 2 e o outro módulo no soquete 3.

 



Figura 1: Placa-mãe Chaintech CT-7NIF2 Summit.

Apesar de ter vídeo on-board, ela tem um slot AGP 8x, permitindo que você instale no futuro uma placa de vídeo de alto desempenho. Suas demais características incluem 6 portas USB 2.0, portas IDE ATA-133, barramento externo de 400 MHz (200 MHz DDR), som on-board de quatro canais (codec C-Media CMI9738) – o que representa um áudio on-board com qualidade melhor das demais placas-mães com "tudo on-board" (com exceção da M810 v. 7.5A da PCChips, que usa o mesmo codec que a 7NIF2) e rede on-board (chip ICS 1893Y).

Um recurso que esta placa-mãe tem e que não vimos em nenhuma outra placa-mãe com "tudo on-board" é uma saída de vídeo S-Vídeo, permitindo que você conecte a placa-mãe a um videocassete ou televisão. E o mais importante: esta saída pode ser configurada para o padrão PAL-M! Ou seja, funciona 100% no Brasil, sem a necessidade de qualquer tipo de transcodificador!

 



Figura 2: Saída S-Video da Chaintech CT-7NIF2 Summit.

Na Figura 2 nós vemos a saída S-Vídeo da 7NIF2. Por conta da posição escolhida para o plugue – a mesma da porta serial COM1 –, a porta serial está disponível através de plugue adaptador que acompanha a placa-mãe.

Outro recurso extra fantástico desta placa-mãe é o diagnóstico POST no vídeo. Ela coloca no vídeo os códigos POST, da mesma forma que uma placa de diagnósticos POST. Assim, se o micro travar durante o boot, você saberá onde está o problema (processador, placa de vídeo, placa-mãe, etc). Veja na Figura 3.

 



Figura 3: Diagnóstico POST na tela da Chaintech CT-7NIF2 Summit.

Vale a pena destacar que esta placa-mãe tem entrada para leitor de cartões de memória e conector para saídas SPDIF, embora ela não veja com adaptadores SPDIF nem o leitor de cartões de memória.

Como esta placa-mãe tem "tudo" on-board, nós estaremos comparando ela a outras placas da mesma categoria para processadores AMD, como as populares M810 da PCChips e da AsRock e da K7VM2 da AsRock, além da nova M851 da PCChips.

Antes de irmos aos testes, vamos dar uma recapitulada em todos os recursos que essa placa-mãe possui.

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


ja usei muito uma dessas na casa de meu amigo e acho ela muito boa. apesar de falar que o video dela não é estão bom para jogos de ultima geração, funcionou muito bem com o jogo far cry, numa qualidade boa!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por mlk18@05 de janeiro de 2005, 04:05

Meu deos, não consigo achar uma dessas pra comprar, alguem pelamor sabe onde eu encontro ?

:tantan:

Tb estou a procura !!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Comprei a minha na Tigerdirect, www.tigerdirect.com . Meu objetivo não era games 3d e o que tenho a dizer é que ela é muito boa nesse quesito, jogo Battlefield Vietnam em 1024X768 na boa.

Mas tem alguns problemas, a versão da minha não veio com os conectores para som digital e o som onboard da C-media, q é muito bom, tem as saídas e na placa tem o lugar para os plugs mas a Chaintech tirou os pinos... Nas versões mais antigas vinha.

Uso ela com um Barton 2600 de baixa tensão, não mobile, e coloco em 400 FSB na boa. Mas acho que não dá para colocar mais FSB, apesar da placa ir até muito mais, porque não tem V-core. Mas nem tentei porque as minhas memórias PC3200 não agüentariam mesmo e ficaria muito instável. Normalmente eu uso ela com o FSB na casa de uns 380 porque fica mais estável e gelada. B) Não sou rico e pretendo que ela dure pelo menos uns 6 anos, até eu ter grana para migrar para os 64 bits.

Prós

Vídeo onboard muito bom

Pequena, cabe em barebones reduzidos

Relativamente barata

Contra

Não tem ajustes de V-core

Não tem SATA, parece que uma versão mais nova vem com ele

Não tem porta firewire

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pagou muitos impostos lá no tigerdirect ???

to querendo comprar umas coisas lá... mas to

com receio.

Poderia me instruir ao menos como seria a

base da taxa de entrega para o RJ ?

Cordialmente

Moacir Junior

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×